Descubra se a Anhanguera é reconhecida pelo MEC

Vestibular — Escrito por

Será que os quase 500 mil alunos matriculados no Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) atualmente teriam coragem de estudar em uma instituição sem o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC)?

Ou que as mais 60 unidades espalhadas pelo Brasil e os mais de 300 polos de apoio da Anhanguera nunca passaram pela avaliação do Ministério?

Com essa dúvida na cabeça, a gente foi atrás das respostas – afinal, a Anhanguera é uma das maiores faculdades do Brasil e é vista, hoje, como uma excelente porta de entrada para o mundo profissional.

Descubra a seguir se a Anhanguera é reconhecida pelo MEC e aproveite para ficar por dentro de tudo o que a instituição oferece!

 

A Anhanguera tem o reconhecimento do MEC?

Pode respirar aliviado: a Anhanguera é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) sim e todas as suas unidades têm autorização para funcionar.

E além do reconhecimento, tivemos a boa surpresa de saber que a instituição recebeu uma nota excelente diante dos rigorosos critérios de análise do MEC.

Vamos explicar melhor:

Periodicamente, o MEC avalia todas as instituições de ensino superior do país. O objetivo é verificar se as faculdades, tanto as públicas quanto as particulares, são capazes de manter um determinado padrão de qualidade educacional.

A avaliação do MEC envolve tanto a estrutura curricular quanto a inspeção de elementos como infraestrutura, qualidade das salas, nível de equipamento dos laboratórios, formação dos professores, desempenho dos alunos e tantos outros fatores.

Todos esses itens são aglomerados em dois grandes indicadores – e são eles que atestam a qualidade geral da faculdade.

Conheça:

Conceito Institucional (CI) – O conceito institucional é definido após uma visita presencial dos técnicos do MEC à faculdade. Eles observam aspectos estruturais e didáticos da unidade e de todos os cursos que ela oferece.

Índice Geral de Cursos (IGC) – É uma média criada a partir da nota de cada um dos cursos da instituição (que também são avaliados isoladamente pelo MEC).

Cada um desses indicadores recebe uma nota de 1 a 5, sendo:

1 – Péssimo

2 – Insuficiente

3 – Bom/Satisfatório

4 – Ótimo

5 – Excelente

 

Quando se trata de uma instituição tão grande como a Anhanguera, o MEC faz uma avaliação fragmentada. Cada unidade tem sua estrutura e seus cursos analisados separadamente.

Por isso, a unidade de Campinas pode ter uma nota diferente da unidade de Niterói, por exemplo, mesmo que as duas pertençam à mesma instituição.

A notícia boa vem agora:

Todas as unidades da Anhanguera são consideradas boas ou ótimas pelo MEC, com notas 3 ou 4 nos dois indicadores: CI e IGC.

Se você estava com receio, pode relaxar. Quem estuda na Anhanguera faz um curso que atende aos rigorosos critérios do Ministério da Educação e terá o diploma aceito para ingressar no mercado de trabalho.

 

Unidades da Anhanguera que receberam melhor avaliação do MEC

Das mais de 60 unidades da Anhanguera avaliadas pelo MEC, 14 receberam medalha de ouro pelo excelente desempenho. Elas têm uma nota considerada ótima em pelo menos um dos quesitos avaliados.

Elas estão nas seguintes cidades:

  • Brasília – DF
  • Caxias do Sul – RS
  • Goiânia – GO
  • Indaiatuba – SP
  • Jundiaí – SP
  • Leme – SP
  • Pelotas – RS
  • Ribeirão Preto – SP
  • Rio Claro – SP
  • Rio Grande – RS
  • São José dos Campos – SP
  • Sorocaba – SP
  • Sumaré – SP
  • Taubaté – SP

 

Se a Anhanguera da sua cidade não está na lista, pode ficar tranquilo. A faculdade também recebeu uma boa avaliação nos seguintes locais:

  • Anápolis – GO
  • Bauru – SP
  • Campinas – SP
  • Campo Grande – MS
  • Dourados – MS
  • Guarulhos – SP
  • Itapecerica da Serra – SP
  • Jacareí – SP
  • Jaraguá do Sul – SC
  • Joinville – SC
  • Limeira – SP
  • Matão – SP
  • Niterói – RJ
  • Osasco – SP
  • Passo Fundo – RS
  • Pindamonhangaba – SP
  • Piracicaba – SP
  • Porto Alegre – RS
  • Santa Bárbara d’Oeste – SP
  • Santo André – SP
  • São Bernardo do Campo – SP
  • São Caetano do Sul – SP
  • São Paulo – SP
  • Sertãozinho – SP
  • Taboão da Serra – SP
  • Valinhos – SP
  • Valparaíso de Goiás – GO
  • Votorantim – SP

 

E se o seu plano é estudar na Anhanguera mas sua cidade não está na lista acima, procure saber se a instituição oferece algum polo de apoio com cursos a distância perto de você.

Os polos contam com toda infraestrutura para o aprendizado. Eles têm salas de aula, laboratórios e bibliotecas e podem ser tanto um espaço da própria Anhanguera quanto de outras instituições parceiras.

A Anhanguera oferece tantos polos que nem conseguiríamos listar aqui. São mais de 330 espalhados por todo o Brasil.

Os moradores dos estados abaixo pode pesquisar a disponibilidade na sua cidade:

  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Pará
  • Paraíba
  • Paraná
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio de Janeiro
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Santa Catarina
  • São Paulo
  • Sergipe
  • Tocantins

 

Cursos da Anhanguera reconhecidos pelo MEC

Pode ter certeza: se a Anhanguera está oferecendo um curso é porque ele foi reconhecido e obteve autorização do MEC para estar ali.

A grande maioria tem, no mínimo, nota boa/satisfatória, mas outros obtiveram também avaliação máxima.

Primeiro, conheça alguns cursos oferecidos pela Anhanguera e na sequência descubra como consultar a avaliação de cada um deles.

  • Administração
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Artes Visuais
  • Automação Industrial
  • Biomedicina
  • Ciência da Computação
  • Ciências Biológicas
  • Ciências Contábeis
  • Comércio Exterior
  • Comunicação Social
  • Design
  • Design de Interiores
  • Design de Moda
  • Direito
  • Educação Física
  • Empreendedorismo
  • Enfermagem
  • Engenharia Ambiental
  • Engenharia Civil
  • Engenharia da Computação
  • Engenharia de Controle e Automação
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia de Produção Mecânica
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Eletrônica
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Química
  • Estética e Cosmética
  • Eventos
  • Fabricação Mecânica
  • Farmácia
  • Fisioterapia
  • Geografia
  • Gestão Ambiental
  • Gestão Comercial
  • Gestão da Produção Industrial
  • Gestão da Qualidade
  • Gestão da Segurança Privada
  • Gestão da Tecnologia da Informação
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Gestão de Segurança Privada
  • Gestão Financeira
  • Gestão Hospitalar
  • Gestão Pública
  • História
  • Jornalismo
  • Letras
  • Logística
  • Marketing
  • Marketing Digital
  • Matemática
  • Mecatrônica Industrial
  • Medicina
  • Medicina Veterinária
  • Nutrição
  • Pedagogia
  • Processos Gerenciais
  • Produção Audiovisual
  • Psicologia
  • Química
  • Radiologia
  • Rede de Computadores
  • Relações Públicas
  • Secretariado
  • Segurança do Trabalho
  • Segurança Pública
  • Serviço Social
  • Sistemas de Informação
  • Sociologia

 

Na Anhanguera você vai encontrar três tipos de graduação: tecnólogos, bacharelados e licenciaturas. Entenda melhor:

  • Cursos superiores de tecnologia (tecnólogos) – São formações mais rápidas, de alta empregabilidade. Aqui a duração varia entre 2 e 3 anos, em média. O diploma é de nível superior. Alguns exemplos desses cursos na Anhanguera: Gestão Ambiental, Gestão Comercial, Radiologia e Sistemas de Informação.
  • Bacharelados – São cursos mais amplos, com tempo de formação maior. Preparam o aluno para trabalhar em diferentes áreas de uma mesma profissão. A duração varia de 4 a 6 anos. Entre alguns bacharelados da Anhanguera, podemos citar todas as engenharias, Direito, Nutrição, Comunicação Social, Enfermagem e Medicina.
  • Licenciaturas – São cursos que formam professores para atuar no ensino fundamental e médio. A duração varia de 3 a 4 anos. Entre as licenciaturas disponíveis na Anhanguera, podemos encontrar Pedagogia, Letras, Geografia, Matemática e Educação Física.

 

Como verificar a avaliação dos cursos da Anhanguera

Para achar a avaliação do curso da Anhanguera (e de outras faculdades também) que você quer fazer, basta acessar o portal do e-MEC.

Faça o seguinte:

  1. Entre no e-MEC.
  2. Clique na aba “Consulta Avançada”.
  3. Clique na opção “Curso de Graduação”.
  4. No campo “Nome ou Sigla da Instituição”, escreva “Anhanguera”.
  5. No campo “Curso”, coloque o nome do curso desejado.
  6. Escolha o estado e a cidade onde você mora ou quer estudar.
  7. Informe o código de verificação.
  8. Clique em “Pesquisar”.

 

O sistema vai trazer todos os cursos relacionados e a avaliação correspondente. Lembre-se de que as melhores notas são sempre de 3 para cima. Quando o curso ainda não foi avaliado, a nota aparece como um traço ( – ) ou “SC” (Sem Conceito).

 

Pós-graduações da Anhanguera reconhecidas pelo MEC

Embora só possam ser oferecidos por instituições que tenham autorização do MEC para funcionar, os cursos de pós-graduação em nível de especialização (lato sensu) não passam pelo crivo do Ministério da Educação.

Os de mestrado e doutorado, por outro lado, são monitorados por outro órgão ligado ao MEC, a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). O sistema de avaliação é diferente do dos cursos de graduação.

Na Anhanguera você vai encontrar centenas e centenas de cursos de especialização e MBAs. Os cursos duram entre um ano e um ano e meio, são super em conta e podem ter um impacto bacana no seu currículo. Você vai encontrá-los aos montes nas seguintes áreas do conhecimento:

  • Agricultura e Veterinária
  • Ciências Sociais
  • Ciências Exatas e Tecnologia
  • Comunicação, Artes e Humanidades
  • Direito
  • Educação
  • Engenharia e Arquitetura
  • Esporte, Estética e Saúde
  • Negócios

Os de mestrado e doutorado – chamados de scrito sensu – são mais complexos. Têm um critério de seleção mais elevado e um tempo de formação que pode ir de 2 a 4 anos. São essenciais para uma carreira acadêmica de sucesso.

Na Anhanguera você encontra cursos deste nível nas áreas de Humanas e Saúde.

 

Como garantir seu lugar na Anhanguera

Existem diversas formas de entrar nessa que é uma das maiores redes de ensino do Brasil.

Confira:

  1. Vestibular – Quem quer entrar na Anhanguera pela via tradicional terá que encarar uma prova objetiva com 40 questões e uma redação.
  2. Nota do Enem – Quem já fez o Enem pode tentar vaga na Anhanguera apresentando a nota no Exame. Caso tenha a pontuação mínima para passar, já está dentro.
  3. Transferência – Quem está regularmente matriculado em uma faculdade pode pedir transferência para Anhanguera. Não é preciso fazer um novo vestibular. Esta opção está sujeita à disponibilidade de vagas.

Além disso, a Anhanguera participa dos dois grandes programas de incentivo à formação superior do governo federal: o ProUni, que distribui bolsas de estudos, e o FIES, que facilita o financiamento de uma graduação.

 

Não tem Anhanguera na sua cidade? Tente estas opções

Se não tiver uma unidade ou polo da Anhanguera na sua cidade, tente verificar se as faculdades a seguir estão disponíveis.

Elas são igualmente bem avaliadas pelo MEC e oferecem cursos em diversas áreas do conhecimento:

 

 

Veja também:

Descubra quanto custa fazer seu curso na Anhanguera

 

Está com planos de entrar na Anhanguera? Conte para a gente aqui nos comentários!

Comente