Como realizar inscrição no Pronatec

Carreiras, Sisutec — Escrito por

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado em 2011 pelo Governo Federal e tem como objetivo oferecer a oportunidade de uma educação profissional e tecnológica, principalmente para jovens. São cursos gratuitos que visam a capacitação para o mercado de trabalho e que já registraram mais de 4,6 milhões de beneficiados em todo o Brasil, atingindo mais de 3.200 cidades.

Pretende-se ainda investir R$ 14 bilhões até o final deste ano para atingir a meta de 8 milhões de alunos matriculados, o que traz mudanças significativas aos que se desejam ser profissionais experientes no futuro. Preparamos este post com todas as informações sobre quem se encaixa nas modalidades e como realizar sua inscrição, confira:

Modalidades direcionadas a cada público

Três modalidades são ofertadas aos interessados: dois cursos técnicos e um de qualificação profissional. O primeiro foi criado para alunos ainda matriculados no ensino médio, com duração mínima de um ano. O segundo é direcionado às pessoas que já concluíram o ensino médio, também com duração mínima de um ano. O de qualificação profissional, ou Formação Inicial e Continuada, por sua vez, é direcionado às pessoas que já estão no mercado trabalho, alunos do ensino médio e beneficiários de programas federais de transferência de renda, tendo duração mínima de dois meses.

Vasta gama de opções que amplia oportunidades

As pessoas aptas a se candidatarem ao programa podem escolher suas opções conforme as vagas oferecidas por estado e cidade, disponíveis no ramo de saúde, infraestrutura, negócios, segurança, turismo, entre outros, que podem ser acessados no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

No total, são 644 opções distintas de cursos oferecidos, agrupados em 13 eixos tecnológicos. Alguns exemplos são os de assistente de vendas, auxiliar administrativo, operador de caixa, operador de telemarketing, cuidador de idoso, eletricista industrial, agente de aeroporto, auxiliar de confeitaria, padeiro, costureiro, vigilante, entre diversas outras oportunidades que podem ser conferidas no Guia Pronatec de Cursos Fic.

Onde os cursos são oferecidos

Os cursos são oferecidos em 403 unidades de escolas técnicas federais e estaduais e nas sedes do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), Sesc (Serviço Social do Comércio), Sesi (Serviço Social da Indústria), Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio) e Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), espalhadas pelo Brasil.

Quem pode participar

Podem participar aqueles que se enquadram na Lei No. 12.513, de 26 de Outubro de 2011: indígenas, agricultores, pessoas portadoras de deficiência, desempregadas ou que fazem parte dos programas sociais do Governo Federal. Também estão habilitadas as que foram dispensadas do Serviço Militar, do Exército e Aeronáutica e alunos do ensino médio que são matriculados em escolas públicas.

Como se inscrever no programa

Não há um sistema unificado para acessar todas as vagas, o que proporciona maior autonomia a cada uma das instâncias para que apresentem seus próprios critérios de inscrição, cabendo aos interessados a tarefa de selecionar informações sobre as medidas específicas adotadas em cada estado. As inscrições podem ser realizadas portanto junto às Secretarias Estaduais de Educação ou pelo portal oficial do Pronatec na internet.

Um exemplo é a Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro, que costuma lançar editais com as datas de inscrição no programa (disponíveis apenas online) e critérios de ingresso e classificação, nos quais o candidato precisa possuir CPF próprio e um dos principais itens classificatórios é a média de notas escolares nas disciplinas de Português e Matemática.

Além do contato com as secretarias estaduais, há ainda a possibilidade de procurar vagas no site oficial do Pronatec e realizar a inscrição online. Para conferir os cursos disponíveis no portal basta acessar http://pronatec.mec.gov.br/inscricao e filtrar as oportunidades desejadas por estado, município e nível de escolaridade. Após escolher o curso – que apresenta turno, carga horária, data de início e data da término -, basta continuar o cadastro através do botão “inscreva-se” ao lado da vaga, que irá direcioná-lo para uma nova página onde serão pedidos seus dados pessoais (CPF, data de nascimento e escolaridade são obrigatórios). Em seguida você deverá confirmar que sua candidatura obedece à legislação em vigor.

Gostou de saber mais sobre o Pronatec e como fazer sua inscrição? Se ainda restou alguma dúvida ou se você quer nos contar sobre sua experiência, deixe um comentário!

 

Tags: , ,

Comente