Formas de utilizar o ENEM para ingressar na faculdade

Enem — Escrito por

Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é a prova aplicada aos estudantes que estão cursando, já concluíram ou pretendem concluir o ensino médio. A prova é aplicada em dois dias e abrange todas as áreas abordadas no ensino médio, é composta por 180 questões de múltipla escolha e uma prova de redação. As questões de múltipla escolha são separadas em quatro áreas, Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Matemática com 45 questões em cada.

Em 1998, quando foi criado, o ENEM tinha como objetivo apenas medir o conhecimento dos alunos do ensino médio, porém com o passar dos anos se modernizou e hoje é um dos principais meios de ingressar em um curso superior, principalmente em instituições públicas de ensino. Na primeira edição, o ENEM contou com pouco mais de 157 mil inscritos, já na última edição, em 2012, o número ultrapassou os 5,7 milhões de candidatos inscritos, um recorde.

A nota obtida no ENEM pode ser utilizada de diversas maneiras para ingressar em uma faculdade, confira como.

– SiSU:

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é a forma mais popular de utilização das notas do ENEM, nesse sistema são disponibilizadas vagas em cursos superiores do ensino público e o estudante pode escolher a vaga em qualquer lugar do Brasil utilizando sua nota.

Na última edição, em 2012, foram disponibilizadas mais de 129 mil vagas em 3,7 mil cursos de 101 instituições públicas de ensino superior. O processo de seleção registrou quase dois milhões de inscrições.

– Prouni:

O Programa Universidade para Todos (Prouni) é um programa do governo federal que oferece bolsas de ensino em instituições privadas de ensino superior de todo o Brasil. A seleção é bastante parecida com o SiSU e também utiliza-se das notas alcançadas no ENEM para a classificação.

Nesse programa são oferecidas bolsa integrais (100%) e parciais (50%) à estudantes autodeclarados de baixa renda. Neste ano mais de 162 mil bolsas foram oferecidas e foram registradas mais de um milhão de inscritos.

– Fies:

A partir deste ano o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) também tornou obrigatória a participação no ENEM para poder solicitar o financiamento. As notas são utilizadas como critério para conseguir o financiamento e apenas é exigido para os estudantes que tenham concluído o ensino médio em 2010 ou em anos posteriores.

Esse financiamento é destinado aos alunos que não tem condições de arcar com a mensalidade do curso, são oferecidos financiamentos de 50%, 75% e 100% da mensalidade dos cursos e o pagamento é feito apenas 18 meses após o estudante se formar.

– Primeira fase:

Como ainda não são todas as Universidade que aderiram ao SiSU, algumas ainda utilizam a nota do ENEM como a primeira fase do vestibular.

Outras opções

As notas obtidas no ENEM ainda podem ser utilizadas de outras formas, entenda como.

– Conclusão do Ensino Médio:

Àqueles estudantes que abandonaram os estudos, independente do motivo, ou não tiveram a oportunidade de concluir o ensino médio, podem utilizar a nota do ENEM para conseguir o certificado de conclusão do Ensino Médio. Para isso é necessário que o candidato consiga nota superior a 450 pontos nas provas de múltipla escolha, em cada uma das áreas avaliadas e nota acima de 500 pontos na prova de redação.

– Ciência Sem Fronteiras

É um programa que oferece bolsas a estudantes do ensino superior para a realização de intercâmbios, de modo que os estudantes de graduação e pós-graduação realizem estágios no exterior e expanda seus conhecimentos em sistemas educacionais mais competitivos em relação à tecnologia e inovação.

Nesse caso a nota do ENEM utilizada é a partir do ano de 2009 e somente nos casos em que a oferta de vagas seja menos que o numero de interessados em ocupa-la.

 

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]

 

Tags: , , , , , , , ,

Comente