A história do Enem

Enem — Escrito por

Muitos que conhecem o atual modelo e aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não imaginam quando e qual o motivo inicial de sua invenção. Desde sua criação em 1998, muitas mudanças ocorreram. O seu objetivo inicial era avaliar a qualidade do ensino médio no Brasil.
O responsável pela formulação e direcionamento deste Exame é o Ministério da Educação (MEC) que aos poucos elevou o papel do Enem para a melhor forma de ingressar no ensino superior. A princípio, apenas algumas universidades particulares aceitavam a nota do Enem como processo de seleção. Posteriormente, com o surgimento do Programa Universidade para Todos (ProUni) e a necessidade de um bom desempenho no Enem para garantir esta bolsa, houve uma grande procura, sendo que em 2005 aproximadamente 3 milhões alunos realizassem a prova.
A proposta atual é que o Enem seja a única forma de ingresso nas universidades públicas. A cada ano que passa mais alunos tem buscado no Enem a oportunidade democrática de concorrer a uma vaga em uma universidade de boa qualidade. Com isso o Enem tem ganhado credibilidade entre as Instituições de ensino superior e grande parcela utiliza a nota total do Enem, ou uma porcentagem no processo seletivo.
O MEC busca criar uma prova multidisciplinar, que não exija que o aluno fique decorando fórmulas, regras e conceitos. O ideal é relacionar atualidade, fatos cotidianos e os diversos conteúdos trabalhados no ensino médio.
Outra utilidade do Enem é servir como certificado de conclusão do Ensino Médio, muitas pessoas que pararam de estudar sem ter concluído este nível escolar, podem realizar ao Exame e conquistar seu certificado, mas só vale para pessoas com mais de 18 anos.

O MEC gerencia o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que é um método onde o aluno se cadastra e pode fazer buscas por cursos e universidades públicas de seu gosto, das quais tenham aderido o Enem como forma de seleção dos candidatos. Assim que o candidato fizer sua escolha, ele passa a concorrer a uma vaga. O SiSU é a forma de selecionar os candidatos de acordo com quantidade de vagas e as notas obtidas no Enem. Para maiores informações, acessar o site do SiSU.
O Enem acontece todos os anos e a proposta do MEC é que para 2013 sejam realizadas até duas edições do Exame, aumentando as chances de ingresso no ensino superior.
Para participar do Enem o aluno precisa ter concluído o Ensino Médio, ou concluir no ano que estiver realizando o Exame. As inscrições são realizadas somente pela internet no site do Instituto Nacional de Estudo e Pesquisa (Inep). Para os alunos que realizaram o Ensino Médio em escolas públicas, não é cobrada a taxa de inscrição, outros alunos deverão analisar as possibilidades ou efetuar o pagamento, que costuma ser no valor de 35 reais.
O Enem vem crescendo a cada ano e tem levado muitas pessoas a conquistarem seus sonhos. Este Exame é visto como a democratização do processo seletivo, deixando o velho método de seleção para trás.

Tags:

Comente