Veja a nota de corte de Arquitetura no Enem

Enem — Escrito por

Uma das maiores curiosidades de quem vai fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é que nota deve tirar para garantir uma vaga na faculdade dos sonhos.

É importante lembrar que a prova do Enem em si não é um processo seletivo – ninguém é aprovado ou reprovado neste exame.

O que acontece é que o participante do Enem pode usar sua nota para se inscrever em diversos programas do Governo Federal e concorrer a vagas em universidades públicas, bolsas de estudo, financiamentos estudantis e até entrar na universidade privada sem fazer vestibular.

A nota de corte não é única. Ela depende do processo seletivo em que o candidato está participando e também do curso e universidade escolhidos.

Para o curso de Arquitetura, por exemplo, as notas de corte mais altas podem ficar acima de 750 pontos.

Se você está pensando em estudar Arquitetura, saiba como usar a nota do Enem para entrar na faculdade e qual pontuação pode garantir uma vaga.

 

Como entrar em Arquitetura com a nota do Enem

O resultado do Enem costuma ser divulgado no mês de janeiro. É quando os participantes têm acesso ao seu boletim de desempenho individual e ficam sabendo que nota tiraram em cada uma das provas.

Com esta nota é possível se inscrever nos processos seletivos que serão abertos ao longo do ano. Confira os principais:

  • Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – classifica candidatos para universidades públicas de todas as regiões do País.
  • Programa Universidade para Todos (ProUni) – distribui bolsas de estudo em universidades particulares.
  • Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) – concede financiamentos a juros baixos para ajudar pessoas de baixa renda a pagarem a faculdade.
  • Ingresso direto em universidades privadas sem fazer vestibular.

 

Como funciona a nota de corte do Enem para Arquitetura

A nota de corte é a pontuação mínima que um candidato deve ter para ser aprovado em um processo seletivo. Funciona da seguinte maneira:

  • Quando o processo seletivo é aberto, os interessados devem escolher suas opções de vaga, informando o curso, turno, universidade, cidade e modalidade de concorrência (ampla concorrência ou cotas).
  • A disputa só ocorre entre os candidatos que selecionaram exatamente as mesmas opções.
  • Quando o período de inscrição é encerrado, as vagas são distribuídas para aqueles que têm as notas mais altas no Enem.

A nota de corte depende muito do desempenho dos outros candidatos inscritos, da reputação da universidade escolhida e se o curso desejado é muito concorrido ou não.

No caso de Arquitetura, existem notas de corte próximas a 500 pontos e outras que chegam a superar os 750 pontos.

Não é possível saber com exatidão qual será a nota de corte de um processo seletivo. Somente após o encerramento do período de inscrição é que esta pontuação será conhecida.

No entanto, podemos ter uma boa ideia da nota de corte de Arquitetura observando as últimas edições destes processos seletivos. Confira alguns exemplos:

 

Nota de corte de Arquitetura para passar no Sisu

Para se inscrever no Sisu, basta não ter zerado na redação do Enem mais recente. Não existe nenhum critério de renda para participar do programa e a inscrição é totalmente gratuita.

A disputa por uma vaga em Arquitetura costuma ser acirrada. Em alguns casos a nota chega a ficar acima de 750 pontos.

Veja alguns exemplos de notas de corte recentes do Sisu para Arquitetura:

Universidades com notas de corte acima de 750 pontos:

  • Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)

 

Universidades com notas de corte entre 700 e 750 pontos:

  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
  • Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
  • Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

 

Universidades com notas de corte entre 650 e 700 pontos:

  • Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
  • Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Universidade Federal do Tocantins (UFT)
  • Universidade Federal de Sergipe (UFS)

 

Universidades com notas de corte até 650 pontos:

  • Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)
  • Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  • Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)
  • Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IF FARROUPILHA)

 

Nota de corte de Arquitetura para passar no ProUni

Para concorrer a uma bolsa de estudo pelo ProUni é preciso ter atingido no mínimo 450 pontos na média geral das provas do Enem mais recente e nota superior a zero na redação. Mas, para ser aprovado, muitas vezes é preciso ter uma nota bem mais alta que isso.

Confira algumas notas de corte recentes do ProUni para Arquitetura:

Universidades com notas de corte acima de 600 pontos:

  • Centro Universitário de Anápolis (UNIEVANGÉLICA)
  • Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais (CESCAGE)
  • Universidade Regional Integrada (URICER)
  • Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)
  • Faculdade Paraíso do Ceará (FAPCE)
  • Centro Universitário da Faculdade de Saúde, Ciências Humanas e Tecnológicas do Piauí (UNINOVAFAPI)
  • Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy (UNIGRANRIO)
  • Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
  • Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH)

 

Universidades com notas de corte até 600 pontos:

  • Universidade Braz Cubas (BRAZ CUBAS)
  • Centro Universitário da Fundação Educacional Guaxupé (UNIFEG)
  • Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE)
  • Centro Universitário Central Paulista (UNICEP)

 

Nota de corte de Arquitetura para ser aprovado no FIES

O FIES passou por várias mudanças e agora é obrigatório ter feito o Enem para concorrer a um financiamento.

Os interessados devem ter uma pontuação mínima de 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação.

Uma forma de acompanhar a nota de corte para Arquitetura é ficar atento à divulgação da nota de corte parcial.

Enquanto o período de inscrição estiver aberto, o sistema do FIES calcula uma nota de corte parcial considerando os candidatos inscritos até o momento. Diariamente este cálculo é atualizado e os candidatos podem verificar suas reais chances de conseguir uma vaga.

 

Ingresso direto em universidades particulares

Em muitas universidades particulares é possível entrar sem fazer vestibular. Basta apresentar o desempenho obtido no Enem e fazer a matrícula.

As regras de como isso vai acontecer, o número de vagas e a nota mínima exigida dependem de cada universidade. Para saber mais detalhes procure a instituição de seu interesse.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Arquitetura que aceitam a nota do Enem para ingresso direto:

 

Veja também:

Quem pode participar do ProUni?

 

Vai tentar uma vaga em Arquitetura? Conte para a gente em qual processo seletivo você deseja usar a nota do Enem.

Comente