Veja o calendário do Fies e fique atento às datas

Fies — Escrito por

Desde 2001, o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) tem ajudado milhares de estudantes a realizar o sonho de uma formação no ensino superior.

E mesmo com mudanças recentes em 2018, o Novo Fies ainda é a opção de muitos brasileiros para ingressar em uma faculdade particular.

Se você tem interesse nesse programa de incentivo oferecido pelo Ministério da Educação (MEC)l, fique atento às dicas!

Como funciona o FIES

Após modificações na gestão do fundo financeiro, o Novo Fies, em vigor desde 2018, oferece alternativas com juros baixos e em diferentes porcentagens, de acordo com a renda familiar e perfil do inscrito.

As parcelas do financiamento só são cobradas após a graduação e com longos prazos para pagamento. Isso permite que o recém-formado consiga se programar e, de maneira mais estável, dar início à quitação da dívida do FIES — sempre com valores baixos.

Quem pode participar do FIES 2019?

Atualmente, o programa está dividido em duas modalidades. O Fies conta com recursos dos Fundos Constitucionais de Desenvolvimento, além da participação de bancos privados.

  • Modalidade FIES: oferece vagas com juros zero para os participantes com renda familiar bruta mensal per capita de até três salários mínimos.
  • Modalidade P-FIES: atende aos candidatos ao programa com renda familiar bruta mensal per capita de até cinco salários mínimos.

Calendário FIES 2019

Assim como o ProUni e o Sisu, o FIES também acontece de forma padronizada e em dois ciclos anuais: no primeiro e no segundo semestre.

O calendário da primeira edição do FIES 2019 é o seguinte:

  • Inscrições: de 5 a 12 de fevereiro
  • Resultado: 18 de fevereiro
  • Lista de espera: de 20 de fevereiro a 31 de março

Qualquer faculdade particular aceita o FIES?

É importante lembrar que, para uso do programa de financiamento do governo, a instituição de ensino deve ser reconhecida pelo MEC em sua atuação. A partir daí, já é possível eliminar algumas faculdades.

Mesmo não sendo a maioria, há instituições que ainda não usufruem dos programas de incentivo. Portanto, verifique se a faculdade de seu interesse é parceira do MEC para bolsas e financiamentos.

Algumas universidades também oferecem financiamento próprio, que pode atender perfeitamente à necessidade financeira do aluno.

É possível utilizar o FIES em cursos EAD?

O benefício do Fundo de Financiamento Estudantil ainda não é estendido aos cursos de ensino a distância, mas as mensalidades de faculdades EAD são normalmente mais competitivas, como na Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL).

Além encontrar uma mensalidade mais barata, que pode descartar a necessidade do financiamento, você ainda tem mais flexibilidade para estudar e adaptar a faculdade à sua rotina e tempo livre.

Nesse formato de ensino, você já pode encontrar cursos de diferentes áreas de conhecimento e modalidades, como bacharelado, licenciatura e tecnológico.

Onde encontrar faculdades particulares reconhecidas pelo MEC?

Com uso do Fies ou não, para ter um diploma válido no mercado de trabalho, sempre busque por uma instituição de ensino séria e comprometida. Veja algumas das faculdades particulares que atendem aos requisitos do MEC em reconhecimento e validação de seus cursos presenciais e EAD:

Veja também:

Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

Saiba quais são as melhores profissões para trabalhar

Decidido pelo Fies? Conte nos comentários qual curso deseja fazer!

Comente