Saiba tudo sobre o cartão de inscrição do Enem

Enem — Escrito por

O cartão de confirmação de inscrição do Enem traz dados super importantes. Você sabia que somente com ele é possível saber seu local de prova? E que o documento ainda traz outras informações úteis?

Desde que o Enem foi criado, há cerca de duas décadas, o cartão de inscrição tem cumprido função semelhante. No entanto, a cada ano que passa novos participantes do exame têm dúvidas e mais dúvidas a respeito dele.

Vamos resolver todas elas aqui!

Veja a seguir o que é o cartão de inscrição do Enem, onde e quando consegui-lo, para que serve e se é obrigatório apresentar esse documento para fazer as provas.

O que é e para que serve o cartão de inscrição do Enem?

O cartão de inscrição do Enem é um documento que contém:

  • Dados do participante
  • Número de inscrição
  • Data, hora e local de aplicação das provas
  • Indicação de atendimento especial ou específico (se houver)
  • Opção de prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol)

Ele serve para confirmar ao participante as opções que ele fez ao se inscrever no exame e também para informar o local exato onde deve fazer a prova.

Quando posso obter meu cartão de inscrição do Enem?

O cartão de confirmação de inscrição do Enem só é liberado poucas semanas antes das provas. Quando o Enem acontece em novembro, por exemplo, o acesso ao cartão é liberado a partir da segunda quinzena de outubro.

Onde conseguir o cartão de inscrição do Enem?

Houve uma época em que o Enem enviava o cartão de inscrição para a casa de cada um dos milhões e milhões de participantes. Imagina só a logística e a despesa!

Hoje em dia, o cartão fica disponível no site oficial do Enem e também no aplicativo oficial do exame para celulares.

O Enem não envia mais o cartão pelo correio, nem por e-mail. O participante tem a responsabilidade de acessar o site ou aplicativo para obter o documento.

O lado bom disso tudo? Você pode consultar, baixar e imprimir o seu cartão quantas vezes quiser ou precisar, gratuitamente.

Precisa levar o cartão de inscrição para fazer a prova do Enem?

Precisar, não precisa. Mas é altamente recomendável.

A gente explica melhor: é que a apresentação desse cartão não é obrigatória para fazer o Enem. Ninguém vai ser barrado por não ter o cartão na hora da prova.

Lembramos que só é obrigatório levar o documento de identificação oficial válido e com foto (a lista dos documentos aceitos fica disponível no edital do Enem) e caneta de tinta preta, fabricada em material transparente.

Mas então, por que é recomendável levar o cartão de confirmação de inscrição?

A organização do Enem recomenda levar o cartão de inscrição. Isso, por si só, já é motivo suficiente. Mas vamos pensar juntos: é bem mais seguro acessar o cartão para saber com certeza qual o endereço do local de prova, certo? Ainda mais em dia de Enem, quando a nossa ansiedade está a mil.

Portanto, assim que o cartão estiver disponível, guarde-o em sua carteira ou celular e leve-o nos dois dias do exame para consultar em caso de dúvida. Combinado?

Cartão de inscrição e boletim individual são a mesma coisa?

Não. O cartão de inscrição indica seu local de prova e é divulgado antes das provas do Enem.

Já o boletim individual só fica disponível quando saem os resultados do exame e tem o objetivo de informar que nota você tirou em cada prova.

Onde estudar com a nota do Enem?

O bom de fazer o Enem é que o desempenho obtido no exame serve para entrar na faculdade, conseguir bolsas de estudos e financiamentos.

Cada vez mais faculdades particulares aceitam a pontuação do exame como substituição ao vestibular. Basta informar a nota obtida em cada prova, verificar se atende ao requisito da faculdade e levar o boletim para fazer a matrícula. Simples assim!

Quem sonha em estudar em uma instituição pública pode usar o Enem para participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Se o problema é grana para bancar a mensalidade de uma faculdade particular, há duas iniciativas do governo federal que podem ajudar. O Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Ambos exigem uma pontuação mínima no Enem e têm requisitos de renda familiar.

Já sabe onde você vai estudar com a nota do Enem? A gente selecionou aqui algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que aceitam o exame como forma de ingresso, participam do ProUni e do FIES e ainda têm seus próprios programas de descontos, benefícios, bolsas e financiamento sem burocracia. Confira:

Veja também:

Como usar a nota do Enem pra entrar na faculdade

E aí? Tudo certo para fazer o Enem? Já sabe onde vai estudar com a nota do exame? Conte para a gente aqui nos comentários!

Comente