A cartilha do participante é um arquivo que você baixa rapidinho pela internet, não demora muito para ler e pode fazer toda a diferença nas provas do Enem que estão vindo aí.

É decididamente um dos documentos essenciais, que você não pode deixar passar.

O motivo é simples: ela oferece, de bandeja, dicas preciosas de como se dar bem numa das provas mais complicadas do Enem.

Conheça a seguir a cartilha do participante do Enem, como acessá-la e quais dicas você vai encontrar por lá!

A cartilha do participante do Enem 2018

A cartilha do participante do Enem 2018 é um documento desenvolvido pela organização para facilitar o entendimento dos candidatos em relação a uma das provas mais complicadas do exame: a de redação!

O arquivo pode ser baixado gratuitamente pelo site oficial do Enem no formato PDF. Você pode imprimir ou salvar para ler no computador ou no celular.

O Inep, instituto que organiza o Enem, publicou uma versão da cartilha em Libras (Língua Brasileira de Sinais) para que pessoas com deficiência auditiva também tenham acesso ao conteúdo. Os vídeos já estão no ar no YouTube.

O que tem na cartilha do participante do Enem 2018

A cartilha do participante do Enem traz tudo o que a gente precisa saber sobre a redação.

Essa prova, como você já deve saber, tem um formato um pouco complicado de entender de primeira: o que é, afinal, um texto dissertativo-argumentativo em prosa?

No documento, o formato da redação se torna bem mais claro e fácil de entender.

Um dos primeiros mandamentos é que o participante precisa elaborar um texto claro, conciso, que tenha um sequenciamento lógico de ideias.

Além disso, as regras da língua portuguesa precisam ser levadas em conta, assim como o respeito aos direitos humanos ao propor uma solução para a problemática apresentada no texto.

Para ilustrar tudo o que será exigido na redação, a cartilha traz alguns exemplos de redações que receberam nota 1.000 nas edições anteriores do Enem – tudo acompanhado de comentários de especialistas.

Por que você não pode deixar de ler a cartilha do participante do Enem 2018?

Por que você não pode pular essa etapa? Simples: porque a redação é uma das provas mais importantes para quem quer entrar no ensino superior.

E você só vai se dar bem nessa prova se conhecer a fundo todos os detalhes do formato solicitado para o texto.

Com uma boa nota na redação, você pode entrar com um diferencial a mais nos principais processos seletivos que usam a nota do Enem:

  • O Sisu, para quem quer entrar na universidade pública.
  • O ProUni, para quem busca bolsa de estudo em faculdades particulares.
  • O FIES, para quem busca um financiamento estudantil facilitado.
  • O ingresso direto, que permite entrar em faculdades particulares sem fazer vestibular.

Quem tirar zero na redação do Enem fica impedido de participar do Sisu, ProUni e FIES.

Sem falar que a redação também pode ser usada como critério de desempate no caso de dois candidatos com a mesma pontuação disputarem a mesma vaga.

Por isso, não custa reforçar: dedique-se bastante à leitura da cartilha e procure entender a fundo o formato da redação do Enem.

A cartilha do participante e as competências da redação do Enem 2018

A cartilha do participante traz outro elemento importantíssimo para quem quer se dar bem na redação do Enem 2018: as competências!

Estes cinco itens são vitais para uma boa nota, já que indicam as habilidades que os avaliadores irão levar em conta na correção da prova:

  1. Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa.
  2. Provar que compreendeu o tema da redação e conseguiu aplicar conceitos de diferentes áreas de conhecimento no desenvolvimento do tema – tudo isso dentro do formato de texto dissertativo-argumentativo em prosa.
  3. Saber escolher informações, fatos, opiniões e argumentos relevantes em defesa de seu ponto de vista.
  4. Demonstrar que conhece os mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
  5. Elaborar a proposta de intervenção para o problema abordado com respeito aos direitos humanos.

Cada um desses itens vale 200 pontos, totalizando até 1.000. A redação é avaliada por dois analistas diferentes e as notas, ao final, são somadas e divididas por dois.

Onde estudar com a nota do Enem 2018

Uma boa nota no Enem 2018 pode garantir uma vaga em mais de 100 instituições públicas de ensino superior.

Já entre as particulares, o Enem pode dar acesso a milhares opções de estudos (sim, milhares!). É tanta faculdade que, sem um estudo prévio, fica até difícil escolher onde estudar.

Por isso a gente separou algumas opções bem interessantes para você colocar no seu radar hoje mesmo.

São faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que têm cursos em diversas áreas do conhecimento e aceitam a nota do Enem 2018 como forma de ingresso, além de participarem de programas de bolsas e financiamentos:

Veja também:

Saiba tudo sobre o edital do Enem 2018

Já baixou sua cartilha do participante do Enem 2018? Conte para a gente o que achou!