O ProUni é um dos programas mais aguardados por estudantes de todo Brasil.

Todos os anos, milhares de pessoas têm a chance de concorrer a uma bolsa de estudos, e, com isso, garantir presença numa faculdade privada de qualidade.

A concorrência é puxada e o número de inscritos é altíssimo, mas ainda assim o ProUni dá várias chances de conseguir a bolsa em uma mesma edição – e a lista de espera é uma delas.

A seguir, saiba como entrar na lista de espera do ProUni e garantir sua vaga.

Como entrar no ProUni

Antes de tentar uma vaga pelo ProUni, você precisa se certificar de que cumpre as exigências de participação feitas pelo Ministério da Educação (MEC).

São elas:

  • Ter obtido 450 pontos ou mais na média das provas da edição mais recente do Enem, com pontuação acima de zero na redação.
  • Renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa.
  • Ter feito todo o ensino médio em escolas da rede pública, ou na particular como bolsista integral.
  • Não ter diploma de nível superior.

A seleção para as bolsas do ProUni acontece duas vezes por ano, no início do primeiro e do segundo semestre.

Os interessados devem fazer a inscrição no site oficial do ProUni e escolher até duas opções de curso, entre as disponíveis na plataforma.

Dá para escolher entre graduações presenciais e a distância em todas as áreas do conhecimento.

Durante o período de inscrições, o candidato deve estar atento às alterações da nota de corte, que é a pontuação mínima necessária para entrar na vaga desejada. Se subir muito, dá para mudar de opção quantas vezes for necessário, até o último minuto antes do encerramento.

Os resultados saem logo depois, em duas etapas: a primeira e a segunda chamada.

Quando é convocado em primeira chamada, candidato tem um prazo determinado para levar toda a documentação solicitada pela faculdade para ativar a bolsa de estudos.

No decorrer desse processo, várias bolsas vão reabrindo, por motivos diversos. Quando isso acontece, candidatos com boa colocação na seleção e que não foram aprovados em primeira chamada são automaticamente convocados na segunda.

Mesmo assim, sobram vagas. Quando isso acontece, elas são remanejadas para a lista de espera do ProUni, que tem um modelo bastante diferente.

Entenda em detalhes a seguir.

Como entrar na lista de espera do ProUni

A lista de espera agrupa as vagas que sobraram da segunda chamada do ProUni. Em termos práticos, podemos dizer que é a terceira chance de conseguir bolsa na mesma edição.

Só que para ter mais essa oportunidade, o candidato precisa manifestar interesse em participar.

Para isso, ele deve entrar no site oficial do ProUni com seu login senha e clicar na opção correspondente. Só pode entrar para a lista quem participou da seleção regular.

A lista de espera abre em aproximadamente 15 dias após a divulgação da primeira chamada.

Outra diferença importante dessa etapa é a forma de convocação. Não é pelo site do ProUni, como na primeira ou na segunda chamada. Aqui, os candidatos precisam estar em contato constante com a faculdade onde estão tentando a bolsa, para ver se serão chamados.

Muitas vezes as instituições publicam a lista em seus próprios sites.

Quem for chamado também terá um prazo determinado para levar a documentação necessária efetivar a bolsa de estudos. Se não cumprir o prazo, perde o benefício.

Outra alternativa à lista de espera do ProUni

Depois da lista de espera, o ProUni ainda abre uma pequena seleção chamada “vagas remanescentes”.

Nela estão as bolsas que sobraram da lista de espera.

Aqui a seleção é ainda mais simples: basta se inscrever com o máximo de antecedência possível (fique atento ao cronograma divulgado pelo MEC). As bolsas são distribuídas por ordem de chegada.

A seleção de vagas remanescentes permite a participação de candidatos que fizeram qualquer edição do Enem a partir de 2010 e atendem ao critério de pontuação no exame, que é o mesmo do ProUni regular.

Mesmo que o candidato tenha participado da seleção mais recente, ele precisa se inscrever novamente para participar.

Esse processo seletivo abre aproximadamente um mês após a divulgação dos resultados oficiais do ProUni. Fique ligado.

Faculdades onde estudar com a bolsa do ProUni

Além da própria bolsa de estudos, que já é um benefício tanto, o ProUni ainda tem uma vantagem a mais: só trabalha com faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC, o que garante um ensino de qualidade muito apreciado no mercado de trabalho.

Uma boa dica para se dar bem na seleção é conhecer antecipadamente a faculdade onde você gostaria de estudar.

Se ainda não sabe por onde começar, a gente tem algumas sugestões bem interessantes para que você inclua na sua lista. Além de participarem do ProUni, elas têm outros programas de descontos, financiamento e bolsas de estudos sem burocracia.

Veja também:

Saiba como ver a lista de espera do Sisu

Tudo certo quanto a participar da lista de espera do ProUni? Conte para gente nos comentários!