Descubra como entrar no ProUni com a nota do Enem 2018

Enem — Escrito por

O ProUni é o Programa Universidade para Todos, uma iniciativa do governo federal que distribui bolsas de estudo para pessoas de baixa renda em centenas de faculdades de todo o Brasil.

Mas não basta comprovar baixa renda familiar. Para se inscrever no ProUni em 2019 é necessário também se enquadrar nos requisitos de formação e desempenho no Enem 2018: pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação.

Aqui, quanto maior for a sua nota do Enem 2018, mais altas serão suas chances de conseguir bolsa do ProUni em 2019.

Descubra agora mesmo quantos pontos você precisa tirar no Enem 2018 para entrar no ProUni, conheça notas de corte dos cursos mais procurados e veja algumas faculdades que trabalham com esse programa!

Quanto preciso tirar no Enem 2018 para conseguir o ProUni?

Essa resposta varia de acordo com a nota de corte da graduação que você quer fazer. A nota de corte equivale à pontuação do último candidato classificado para uma determinada vaga.

Por exemplo, se para o curso de Direito de uma universidade o último classificado obteve 600 pontos no Enem – e todos os outros classificados apresentam mais do que 600 – esse será o número estabelecido como nota de corte. Significa que quem tiver menos de 600 pontos fica de fora.

Por isso, não dá para saber qual vai ser a nota de corte antes de começar o processo seletivo. É preciso esperar o período em que as inscrições estão abertas. Só então, o sistema do ProUni começa a calcular a nota de corte, que vai depender de alguns fatores, como explicaremos mais adiante.

Mas podemos estimar a nota necessária para passar dando uma olhada nas notas de corte de edições mais recentes do ProUni. Veja como ficou a média nacional de alguns dos cursos mais buscados:

  • Administração: 553
  • Arquitetura e Urbanismo: 595
  • Biomedicina: 588
  • Ciências Contábeis: 556
  • Direito: 601
  • Educação Física: 543
  • Engenharia Civil: 586
  • Engenharia de Produção: 570
  • Engenharia Mecânica: 587
  • Enfermagem: 579
  • Fisioterapia: 582
  • Gastronomia: 565
  • Gestão Ambiental: 535
  • Jornalismo: 582
  • Logística: 534
  • Matemática: 551
  • Medicina: 736
  • Nutrição: 578
  • Odontologia: 634
  • Pedagogia: 531
  • Psicologia: 594
  • Publicidade e Propaganda: 577
  • Radiologia: 550
  • Recursos Humanos: 536
  • Serviço Social: 539
  • Sistemas de Informação: 569

O que faz as notas de corte variarem?

Entendendo a lógica das notas de corte fica fácil saber por que elas variam tanto. Entenda melhor alguns fatores:

  • Relação candidato/vaga – nessa conta, entram a quantidade de candidatos inscritos para determinada graduação e o número de vagas do ProUni disponíveis para o mesmo curso. Se há muitos inscritos para poucas vagas, a tendência é que a nota de corte aumente. Por outro lado, poucos candidatos para muitas vagas costumam fazer com que as notas de corte sejam mais baixas.
  • Notas dos concorrentes – imagine só: se os candidatos que disputam a mesma vaga que você foram bem no Enem, isso significa que sua concorrência tem um bom nível e que as notas de corte provavelmente serão altas. Pensando no contrário, se os concorrentes tiveram um mau desempenho no Enem, as notas de corte provavelmente serão mais baixas.

A nota de corte é calculada apenas entre os candidatos que escolhem as mesmas opções de curso, faculdade, unidade, turno e modalidade de concorrência.

Que faculdades aceitam o ProUni?

A lista de faculdades que trabalham com o ProUni pode variar ano a ano. O que podemos afirmar é que são centenas de instituições em todas as regiões do país.

Durante o período de inscrições, o site do ProUni divulga a lista das faculdades que participam do programa naquela edição.

Vamos adiantar para você uma pequena lista com instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC) que aderiram ao ProUni já há algum tempo e que, muito provavelmente, estarão nas próximas listas de faculdades que participam do programa.

 

Veja também:

Descubra quais são os assuntos que mais caem no Enem

 

Vai usar o Enem 2018 para tentar vaga no ProUni? Conte para a gente aqui nos comentários!

Comente