O Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma iniciativa do Governo Federal que existe desde 2004 e facilita o acesso de estudantes de baixa renda ao ensino superior privado. O ProUni oferece bolsas de estudo integrais (100% custeadas pelo governo) e parciais (50% custeadas pelo governo).

É uma excelente oportunidade para você realizar seu sonho de obter um diploma universitário sem precisar estourar o orçamento.

O ProUni usa a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para classificar os candidatos. Quanto melhor o desempenho no Enem, maiores as chances de ganhar a bolsa. A concorrência é bastante acirrada e para se dar bem é importante ficar de olho nas notas de corte.

Veja a seguir como as notas de corte do ProUni funcionam e como você pode usá-las a seu favor!

O que é a nota de corte do ProUni?

A nota de corte do ProUni é a menor nota possível que um candidato precisa tirar para se classificar e conseguir uma bolsa para o curso de sua escolha.

As notas de corte do ProUni podem ser parciais (que mudam diariamente e são divulgadas até o último dia de inscrições) ou finais (determinam a classificação geral e são calculadas após o encerramento das inscrições).

Como funcionam as notas de corte do ProUni

O sistema do ProUni é totalmente informatizado. O candidato se inscreve pela internet, informa seu número de inscrição e senha do Enem e todos os dados referentes ao Exame (dados pessoais cadastrados, desempenho em cada prova, etc.) são recuperados automaticamente. Em seguida, é preciso escolher duas opções entre as vagas disponíveis.

A partir do segundo dia de inscrição, já dá para consultar as notas de corte parciais.

Para calcular as notas de corte, o sistema compara todas as notas do Enem dos concorrentes a uma vaga no mesmo curso, faculdade, turno e modalidade de concorrência (que pode ser ampla concorrência ou cotas para deficientes, negros, pardos e indígenas).

As notas de corte podem variar e são atualizadas todos os dias. O segredo aqui é acompanhar a oscilação para saber suas chances de conseguir a bolsa para o curso selecionado. Caso a nota de corte seja mais alta do que o seu desempenho no Enem, você pode escolher outra vaga com nota de corte menor, aumentando assim sua possibilidade de ser selecionado.

É possível trocar a opção de curso quantas vezes quiser, enquanto as inscrições estiverem abertas. Para fazer a seleção final, o ProUni vai sempre considerar a última opção gravada no sistema.

A nota de corte parcial é apenas informativa e não garante vaga. As notas de corte finais só são conhecidas após sair o resultado do ProUni.

Qual é a nota de corte do ProUni?

Devido ao funcionamento do processo seletivo, não dá para prever a nota de corte. Ela vai depender do desempenho no Enem dos candidatos ao mesmo curso, turno, faculdade, campus e modalidade de concorrência.

O que se sabe é nos cursos em que a disputa é mais acirrada, como Medicina, Direito e algumas engenharias em faculdades renomadas, a nota de corte pode facilmente chegar a 800 pontos.

A maioria dos cursos fica na faixa dos 600 a 650 pontos, mas dá para encontrar vagas com nota de corte próxima ao mínimo exigido para a inscrição: 450 pontos.

Quem pode participar do ProUni

Para concorrer às bolsas de estudos do Programa, o candidato necessita preencher os seguintes requisitos:

  • Obter um bom desempenho no Enem mais recente (pelo menos 450 pontos na média das provas e não ter zerado a redação)
  • Ter estudado em escola pública ou como bolsista integral em escola privada durante todo o ensino médio (ou uma combinação das duas coisas)
  • Não possuir um diploma de nível superior
  • Comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo para concorrer a uma bolsa integral e 3 salários mínimos para concorrer a uma bolsa parcial.

Para calcular a renda familiar bruta mensal, basta somar a renda mensal bruta de todas as pessoas que moram no mesmo domicílio e dividir pelo número de pessoas que formam o grupo familiar.

Faculdades que participam do ProUni

Confira algumas das faculdades com cursos reconhecidos pelo MEC que participam do ProUni:

Veja também:

Veja perguntas frequentes sobre o ProUni e suas respostas

Entendeu como funcionam as notas de corte do ProUni? Conte para a gente aqui nos comentários!