A isenção no Enem é uma gratuidade na taxa de inscrição do exame. Em outras palavras, o participante isento faz a prova de graça.

O Ministério da Educação (MEC) concede gratuidade a milhões de participantes que não podem arcar com a taxa do Enem — que já está perto de custar R$ 90.

Mais especificamente, o MEC disponibiliza esse desconto integral a participantes que se enquadram em UM dos perfis abaixo:

  • Ser estudante da última série do ensino médio em 2020 em uma escola pública declarada ao Censo da Educação Básica.
  • Ter feito todo o ensino médio em escola pública e ter renda per capita igual ou menor que 1,5 salário mínimo.
  • Ter realizado todo o ensino médio como bolsista integral em uma escola privada e ter renda per capita igual ou menor que 1,5 salário mínimo.
  • Estar inscrito no CadÚnico e declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda.

Você se encaixa em um desses perfis e se inscreveu para receber gratuidade?

Então veja como saber se conseguiu a isenção do Enem e como usar a nota desse exame para entrar na faculdade!

Como saber se conseguiu a isenção do Enem

Para descobrir você foi isento do pagamento da taxa desse exame, basta acessar o Sistema Enem (enem.inep.gov.br/participante) na data de divulgação do resultado da isenção. 

O Inep, instituto responsável pelo Enem, divulga a lista com os classificados para receber a isenção em abril — por volta do dia 17.

Para descobrir se você foi um dos agraciados, informe seu CPF e a senha cadastrada quando se inscreveu na disputa pela isenção. Dessa forma, é possível entrar no sistema e conferir rapidamente o resultado.

O que fazer após receber a isenção no Enem

Foi um dos contemplados? Para fazer a prova de graça, você ainda deve se inscrever no Enem no mês de maio. Essa etapa é indispensável, uma vez que, ainda que tenha obtido a gratuidade, você não é inscrito no Enem automaticamente.

O Inep exige que todos os isentos do pagamento se inscrevam online no mesmo período em que as inscrições são abertas a todos os interessados em fazer o exame.

Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

Uma das vantagens de fazer o Enem atualmente é ter mais opções de ingresso ao ensino superior.

Faculdades públicas e privadas aceitam a nota do Enem como forma de ingresso, dispensando você da obrigação de fazer outras provas de vestibular.

Veja os processos seletivos que usam a nota do Enem para entrada em bacharelados, licenciaturas e cursos tecnológicos:

  • Sistema de Seleção Unificada (Sisu): concorra a uma vaga em uma graduação presencial de universidades públicas federais, estaduais e municipais. A inscrição no Sisu é grátis.
  • Programa Universidade para Todos (ProUni): dispute uma bolsa de estudo parcial ou integral, para cursos presenciais e EAD, em mais de 1230 faculdades privadas. Inscrições gratuitas.
  • Fundo de Financiamento Estudantil (FIES): concorra a um contrato de financiamento com longo prazo para pagamento após a formatura. Há contratos sem juros e a juros baixíssimos para cursos presenciais em faculdades privadas.
  • Ingresso Direto: use a nota do Enem para iniciar uma graduação presencial ou EAD em uma faculdade privada recebendo até 100% de desconto na mensalidade. Dependendo da faculdade, a inscrição é gratuita. 

Onde usar a nota do Enem para começar uma graduação presencial ou EAD pagando menos

Aproveite o Ingresso Direto para começar a faculdade rapidamente neste ou no próximo semestre.

Para te ajudar na escolha, listamos algumas faculdades reconhecidas pelo MEC que aceitam a nota do Enem como forma de ingresso.

São instituições que ajudam o aluno a entrar no mercado de trabalho, concedem descontos de até 100% na mensalidade e permitem financiar o curso com facilidade:

Veja também:

Tire suas dúvidas sobre o Enem!

Prontinho! Agora você descobriu como saber se conseguiu a isenção do Enem. Compartilhe conosco sua escolha: comente o nome do curso que pretende fazer na faculdade!