O final do ano se aproxima e, com ele, o “desespero” de muitos estudantes também. Afinal, após um longo período de estudo, está na hora de enfrentar o temível vestibular – uma oportunidade para o aluno testar seus conhecimentos e traçar os rumos para o seu futuro. Com tamanha responsabilidade, não é à toa que ansiedade e nervosismo surgem às vésperas das provas.

Para enfrentar este “problema”, é preciso se programar com um cronograma de estudos ao longo do ano em que se realizará o exame, principalmente. O certo é estudar um pouco por dia, pois o conteúdo dado em aula ainda está fresco na memória e ajuda o aluno a eliminar dúvidas nas futuras aulas, o que proporciona um aprendizado satisfatório e sólido.

Mas a postura diante do exame chega a ser tão importante e decisiva para ser aprovado quanto o próprio estudo em si. De acordo com Benedito Silva, coordenador do Departamento de Orientação de Matemática Kumon, atitudes simples podem fazer a diferença na hora da prova. “Para ter uma boa noite de sono, procure praticar atividades. Qualidade de sono é importante e fundamental nesta época de estresse”, afirma.

Disciplina nos estudos é um ponto fundamental para absorver todo o conhecimento e compreender o que está sendo dito. Realizar exercícios diários é uma excelente maneira de praticar tudo o que foi aplicado em aula. Michel Faleiros Martins é prova desta determinação. “Com as tarefas, desenvolvi a capacidade de me organizar e obter resultados mais eficientes em todas as matérias”, reforça o aluno. O resultado então, não poderia ser diferente: Michel ingressou no ITA, um dos vestibulares mais difíceis do país.

Segundo a psicóloga Any Bicego, também coordenadora de Orientação de Português Kumon, há muitas atividades prazerosas que podem ser aproveitadas para melhorar o desempenho no vestibular. “Se isolar em casa não vai garantir uma cadeira na universidade. É importante procurar fazer o que gosta, como ouvir músicas ou ler outros tipos de livros. Isso ajuda a relaxar e tende a diminuir um pouco a tensão pré-vestibular”.

Uma boa dica é aproveitar passeios culturais para relaxar e associar na prática os conteúdos vistos na escola. Ir a museus, parques, cinemas e teatros pode ser boas alternativas para relaxar e ao mesmo tempo relembrar conceitos de história, biologia, além de conhecer outros assuntos que podem ajudar na hora da redação.

Traçar metas diárias e manter a calma e concentração são pontos fundamentais para o sucesso na prova. O excesso não faz bem. Saiba dosar suas responsabilidades com o lazer. A tranquilidade na prova ajuda e compensa todo o esforço realizado durante o ano.

Boa sorte!

Site www.kumon.com.br