Anote em sua agenda quais são os momentos mais importantes das provas do Enem em 2020!

O Enem não é apenas estudo. Muitas das pessoas que se dão bem nas provas também investiram um bom tempo em planejamento.

E panejar não é nada de outro mundo. Basta acompanhar de perto o edital para ficar a par de todas as etapas que o Enem pede.

Você já sabe que etapas são essas?

A seguir, saiba quais são as datas mais importantes do Enem 2020 e programe-se para encarar as provas mais esperadas do ano!

Cronograma do Enem 2020

Abaixo, veja quais são as datas mais importantes do Enem 2020.

Março – Em março, todas as expectativas estão voltadas para a divulgação do edital do Enem 2020, que vai revelar tudo sobre o exame – desde as principais datas até as matérias que os candidatos devem estudar. Espera-se que o edital saia a partir da segunda quinzena do mês, depois do dia 20. Quando ficar disponível, o documento poderá ser acessado no site oficial do Enem ou no Diário Oficial da União. É importantíssimo ler e guardar esse material para não perder os principais procedimentos.

Abril – Poucos dias depois da divulgação do edital, o Ministério da Educação (MEC) abre inscrição para quem quer fazer o Enem sem pagar nada. A isenção pode ser aplicada no caso de alunos da rede pública de ensino que estejam no último ano do ensino médio; aos que já concluíram o ensino médio na rede pública e possuem renda familiar de até 1,5 salário mínimos por pessoa e àqueles que têm Número de Inscrição Social (NIS) válido e renda familiar mensal total de até três salários mínimos. Todo o processo é realizado pelo site oficial do Enem.

Maio – A partir da segunda semana de maio começam as inscrições gerais do Enem. Todo mundo que quer fazer as provas precisa passar por ela, inclusive quem ganhou isenção da taxa de inscrição. O processo ocorre por meio do site oficial do Enem e fica 10 dias à disposição dos interessados. A taxa deve ficar por volta de R$ 90 e precisa ser paga até poucos dias depois do encerramento das inscrições.

Maio/junho – Poucos dias após o encerramento da inscrição, o MEC abre o prazo para quem quer usar nome social nas provas. Quem solicitar atendimento especial deve estar atento a esse período para confirmar a solicitação feita durante as inscrições.

Outubro – A partir de outubro os candidatos podem acessar o cartão de confirmação da inscrição. Nele é possível conhecer o local onde cada um fará as provas, a língua estrangeira escolhida, o atendimento especial (se for o caso). É importante baixar o documento ou tê-lo à disposição no aplicativo do Enem. O acesso estará disponível no site oficial do Enem.

Em outubro acontece uma das grandes novidades do Enem 2020: a versão digital!

Esse ano o MEC irá experimentar, pela primeira vez, a aplicação da prova totalmente por computador. O formato estará disponível para 50 mil pessoas, e em apenas 14 capitais espalhadas por todas as regiões do Brasil.

Assim como as provas tradicionais, as digitais terão quatro versões diferentes e serão aplicadas em dois domingos seguidos.

Em 2020 será assim:

11 de outubro – provas de Linguagens e Códigos, Redação e Ciências Humanas.

18 de outubro – Ciências da Natureza e Matemática.

O resultado das provas digitais será divulgado junto com o das provas tradicionais.

Novembro – Em novembro é a vez das provas tradicionais do Enem.

Serão dois domingos:

1º de novembro – Linguagens e Códigos, Ciências Humanas e Redação.

8 de novembro – Matemática e Ciências da Natureza.

No dia 11 de novembro deve ser divulgado o gabarito oficial das provas.

Janeiro de 2021 – Os resultados oficiais do Enem, tanto do modelo tradicional quanto do digital, devem sair a partir da segunda quinzena de janeiro de 2021. O desempenho individual pode ser consultado no site do Enem.

Março de 2021 – Os resultados do Enem para “treineiros” saem em março, junto com o espelho da redação (com as observações dadas pelos avaliadores) de todos os participantes.

Cronograma dos processos seletivos que vão usar a nota do Enem 2020

Poucos dias depois da divulgação dos resultados oficiais do Enem 2020, prepare-se para encarar a corrida por uma vaga em universidades públicas e privadas!

Veja quando eles ocorrem:

Janeiro e junho de 2021 – No início de cada semestre ocorre o Sisu. O programa, que distribui vagas em instituições públicas, é destinado a quem fez o Enem 2020 e obteve nota acima de zero na redação. Nele há cursos presenciais em todas as áreas do conhecimento.

Fevereiro e junho de 2021 – Entre o final de janeiro e o início de fevereiro geralmente começa o ProUni, o programa que distribui bolsas de estudos em faculdades particulares bem avaliadas. Para participar da seleção os candidatos precisam ter feito o Enem 2020 e corresponder às exigências de desempenho, renda e formação escolar. As bolsas podem ser parciais ou integrais e valem para cursos presenciais ou a distância.

No mesmo período ocorre também o FIES, o programa de crédito estudantil do Governo Federal. É uma alternativa para quem busca financiar os estudos de um curso superior a juros baixos, com prazo longo para pagamento da dívida. Para tentar o benefício o candidato precisa apresentar boa nota em qualquer Enem a partir de 2010 e atender ao requisito de renda familiar.

Primeiro e segundo semestre 2021 – Durante um longo período no início de cada semestre letivo as faculdades privadas abrem inscrições para ingresso direto via Enem. Quem fez qualquer edição do exame a partir de 2010 pode tentar vaga em cursos presenciais e EAD em todas as áreas. Dependendo das notas apresentadas, o candidato garante a vaga automaticamente, sem passar por vestibular.

O Enem pode ser usado para conseguir vaga em inúmeras faculdades pelo país – muitas delas com alta qualidade e boa avaliação junto ao MEC.

Conheça algumas que a gente trouxe para você:

Veja também:

Veja quantas questões tem que acertar no Enem para tirar 700 

Tudo em ordem para encarar o Enem 2020? De qual processo seletivo você pretende participar? Conte para a gente!