Veja quando serão abertas as inscrições para o Enem 2020, como solicitar isenção da taxa e o que fazer com a sua nota.

Se você está se preparando para o Enem 2020, fique de olho nas etapas e datas mais importantes do calendário do exame — entre elas, claro, a data de inscrição.

Quer saber quando e como realizar a inscrição do Enem 2020? Explicaremos todos os detalhes abaixo. Acompanhe!

Qual é a data de inscrição do Enem 2020?

O prazo para inscrição do Enem 2020 será definido pelo edital oficial do exame, que tem publicação prevista para o mês de março. Contudo, é possível estimar os prazos e datas com base nos cronogramas das edições passadas. Assim, a provável data de inscrição do Enem 2020 é no começo de maio.

Vale ressaltar que as inscrições provavelmente ficarão abertas durante um período de 10 dias.

Atenção: as inscrições começam após os últimos resultados das solicitações de isenção da taxa de inscrição serem divulgados. Aliás, se você quiser saber mais sobre como fazer esse pedido, continue lendo este artigo. Falaremos sobre isso mais abaixo.

Inscrição do Enem 2020: como e onde fazer?

A inscrição do Enem é feita de forma digital, no site oficial do exame — que fica dentro do portal do Inep, instituto responsável por todo o processo de avaliação.

Confira o passo a passo para efetuar sua inscrição:

  1. No período de inscrições, acesse o site oficial do Enem e clique na opção para efetuar inscrição.
  2. Informe seu número de CPF e sua data de nascimento. Em seguida, forneça os demais dados pessoais solicitados pelo sistema.
  3. Crie uma senha. Lembre-se de guardá-la bem: ela será usada nos seus próximos acessos ao sistema.
  4. Cadastre as informações solicitadas sobre seu ensino médio e responda ao questionário socioeconômico.
  5. Confirme o cadastro e finalize a inscrição.
  6. Se você não solicitou ou não obteve isenção da taxa de inscrição, pague o boleto gerado pelo sistema até a data de vencimento.

Qual é o valor da taxa de inscrição do Enem 2020?

Todos os anos, a taxa de inscrição do Enem sobe um pouco. De 2018 para 2019, o valor passou de R$ 82 para R$ 85.

Portanto, em 2020, é provável que a taxa fique entre R$ 85 e R$ 90.

Mas temos uma boa notícia: todos os anos, a maioria dos estudantes consegue isenção dessa cobrança e realiza as provas gratuitamente.

Isenção da taxa do Enem 2020: quem pode pedir?

Os editais do Enem costumam permitir a solicitação de isenção nos seguintes casos:

  • Se o participante estiver cursando o último ano do ensino médio no ano de realização do Enem (2020, no caso) em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica. Esse é o caso mais simples: basta fornecer os dados da escola no sistema do Enem e, se tudo estiver de acordo com os dados do MEC (Ministério da Educação), a isenção é aprovada automaticamente.
  • Se o participante tiver cursado todo o ensino médio, em anos anteriores, em escola da rede pública ou como bolsista integral em instituição privada e, além disso, tiver renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo por pessoa.
  • Se o participante declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica e estiver inscrito no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal), que exige renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa. Nesse caso, é preciso informar o NIS (Número de Identificação Social) ao realizar o cadastro no site do Enem.

Um detalhe importante: os participantes que obtiveram isenção da taxa na edição anterior do Enem (2019) e que não compareceram aos dois dias de prova deverão justificar a ausência ao solicitar o benefício novamente.

Quando e como solicitar a isenção da taxa do Enem?

Os estudantes interessados em pedir a isenção do Enem normalmente têm 10 dias para fazer essa solicitação, no começo do mês de abril. Portanto, isso acontece antes da abertura das inscrições regulares para as provas.

O pedido de isenção também é feito digitalmente, no site oficial do Enem. Os interessados precisam informar dados pessoais e de contato, além de anexar documentos e comprovantes caso eles sejam solicitados pelo sistema.

E muita atenção: o pedido de isenção não vale como inscrição no Enem! Todos os interessados em realizar o exame deverão se inscrever no período estabelecido pelo edital — tenham solicitado isenção ou não.

Datas mais importantes do Enem 2020

Para se organizar, anote as etapas e datas mais importantes do Enem 2020 (lembrando que a maioria são datas prováveis):

  • Publicação do edital: março.
  • Pedidos de isenção da taxa de inscrição: começo de abril. 
  • Resultado da solicitação de isenção: por volta do dia 15 de abril.
  • Inscrições: primeira quinzena de maio.
  • Divulgação do cartão de confirmação da inscrição, com locais de prova: começo de outubro.
  • Provas do Enem digital, em fase piloto e apenas para quem optou por esse modelo na inscrição: dias 11 e 18 de outubro (datas já definidas pelo MEC).
  • Provas do Enem regular (impresso): dias 1º e 8 de novembro (datas já definidas pelo MEC).
  • Publicação das notas individuais: janeiro de 2021.

O que fazer com sua nota do Enem 2020?

O Enem abre muitas portas para o ensino superior brasileiro. A nota é usada, por exemplo, para distribuir vagas em instituições públicas por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

Nas faculdades particulares, seu resultado no Enem pode render uma bolsa de estudos por meio de programas do governo — como o ProUni (Programa Universidade para Todos) — ou de iniciativas mantidas pelas próprias universidades.

Sim! Existem ótimas instituições privadas que aceitam o Enem como forma de ingresso direto (sem vestibular) e concedem descontos e bolsas proporcionais ao seu desempenho no exame, sem burocracia. Aqui estão algumas delas:

Clique nos links acima e navegue pelos sites das universidades para saber mais sobre cursos e condições especiais para quem fez o Enem. Bons estudos!

Leia também:

Calendário ProUni 2020: Saiba todas as datas importantes

Saiba mais sobre como funciona a isenção da taxa do Enem

E você? Já está se preparando para o Enem 2020? Como pretende usar sua nota? Conte para a gente nos comentários!