Dia da Consciência Negra

Atualidades — Escrito por

O dia da Consciência Negra tem origem no Brasil no ano de 1978 e desde 1995 é considerado feriado em algumas cidades brasileiras. Foi escolhido então o dia 20 de novembro, sendo uma homenagem ao grande líder do Quilombo dos Palmares, o Zumbi, que foi morto nesta data. Neste dia, a expectativa é que haja uma reflexão sobre a introdução dos negros no Brasil, recordando todas as dificuldades e desafios enfrentados.

Quilombo dos Palmares

Quilombo era o local onde os escravos se refugiavam ao fugirem das fazendas onde eram maltratados. O maior destes quilombos era o Quilombo dos Palmares, localizado na Serra da Barriga, atualmente no estado do Alagoas, continha cerca de 30 mil pessoas. Foi neste quilombo que Zumbi se tornou um dos maiores líderes dos escravos no Brasil colonial.

Mas quem foi Zumbi dos Palmares?

Zumbi, que nasceu em 1655, foi o último líder do Quilombo dos Palmares. Ele se tornou o líder do Quilombo dos Palmares ao não aceitar a proposta de paz do então governador da Capitania de Pernambuco, contrariando assim o então líder Ganga Zumba. Desse modo, dando continuidade à resistência contra a opressão portuguesa.

Após cerca de quinze anos de liderança o Quilombo dos Palmares foi invadido pelo bandeirante Domingos Jorge Velho e foi totalmente destruído. Zumbi acabou sendo ferido, mas sobreviveu. Ele resistiu por dois anos em um reduto, e veio a falecer em 20 de novembro de 1695.

Feriado

Alguns estados consideram esta data como feriado em todas ou algumas de suas cidades. No total, são mais de 800 municípios que aderiram ao dia da Consciência Negra:

  • Alagoas (todas as cidades)
  • Amazonas (todas as cidades)
  • Amapá (todas as cidades)
  • Bahia (algumas cidades)
  • Espírito Santo (algumas cidades)
  • Goiás (algumas cidades)
  • Maranhão (apenas uma cidade)
  • Minas Gerais (algumas cidades)
  • Mato Grosso do Sul (apenas uma cidade)
  • Mato Grosso (todas as cidades)
  • Paraíba (apenas uma cidade)
  • Paraná (algumas cidades)
  • Rio de Janeiro (todas as cidades)
  • Rio Grande do Sul (algumas cidades)
  • São Paulo (algumas cidades)
  • Tocantins (apenas uma cidade)

Nos Vestibulares

Em 2009 foi sancionada, no dia 9 de janeiro, a Lei 10.639, que tornou obrigatório o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira no ensino fundamental e médio. Por esse motivo o tema ganhou importância nos vestibulares e também no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Os assuntos que são abordados com mais frequência são: o ingresso do negro no mercado de trabalho, as cotas raciais em universidades e concursos públicos, a discriminação da sociedade de um modo geral e por parte das autoridades, entre outros.

Questões

Na última edição do ENEM, em 2013, os assuntos sobre História e Cultura negra apareceram com bastante frequência nas provas de Ciências Humanas e suas tecnologias. Ao todo foram registradas 6 questões, dentre as 17 questões de história.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]

Tags: , , ,

Comente