É isso aí, não tem mais jeito: o Enem está chegando! O tempo agora parece voar e é preciso revisar todas as matérias, relembrar todos os detalhes de química orgânica, físico-química, álgebra, regrinhas de língua portuguesa, datas históricas e, para piorar, ainda tem a redação!

Para não surtar, o jeito é praticar bastante  e se informar sobre o que acontece no Brasil e no mundo em política, economia, cultura, sociedade. Haja cérebro para tanta informação!

Preparamos dicas preciosas para você não entrar em pânico antes e durante a redação do Enem e fazer um texto digno de nota 1000. Confira!

Como não surtar na redação do Enem

Só tem um jeito de não surtar na redação do Enem: estando bem preparado para ela. Estar bem preparado não significa apenas ter estudado bastante, tem que abrir o olho para alguns detalhes e dominar algumas técnicas:

Para não surtar antes da prova…

1. Leia bastante

Não custa reforçar: ler é a melhor forma de estudar para a redação do Enem. Leia notícias, artigos e acompanhe discussões sobre os mais variados assuntos da atualidade. É a melhor forma de ficar por dentro do que está acontecendo no Brasil e no mundo e estar pronto para escrever sobre qualquer assunto!

2. Estude todos os temas possíveis

Procure se aprofundar nos principais temas em discussão na sociedade atualmente. Não sabe por onde começar? A gente ajuda: crise migratória mundial, mobilidade urbana, escândalos de corrupção, maioridade penal, o avanço da crise econômica no Brasil…

3. Aperfeiçoe a sua técnica

Quanto mais a gente pratica o hábito de escrever, mais facilmente consegue desenvolver uma ideia a respeito de qualquer tema. Acredite: não é mágica, é pura técnica. Para não travar na hora de fazer a redação do Enem, escreva pelo menos duas redações por semana, no modelo do Enem. Comece hoje mesmo!

4. Busque boas referências

Faça uma busca por textos que receberam destaque nos exames anteriores e use-os como referência para produzir suas próprias redações. Assim, você começa a desvendar a expectativa dos avaliadores – o que pode ser de grande ajuda durante a prova (só não vale copiar!).

5. Procure alguém para avaliar suas redações

É sempre bom compartilhar suas redações com alguém que entenda do assunto para saber se você está no caminho correto. Esse passo é importante para aperfeiçoar seu estilo, organizar ideias, melhorar o português, etc.

6. Decifre o edital

Muitos ignoram a leitura do edital do Enem e isso é um erro. O documento traz informações importantes sobre o formato da redação e pode ajudar bastante a praticar o formato correto.

Para não surtar durante a prova…

7. No pior dos cenários, você já viu esse tema antes

Mesmo que o tema desse ano tenha fugido totalmente da sua rotina de estudos, dificilmente cairá algo totalmente alheio ao seu conhecimento. Portanto, calma! Se você seguiu as dicas anteriores, provavelmente você já viu, leu ou sabe algo respeito.

Respire fundo, conte até dez e na folha de rascunho liste todas as informações relevantes que você conhece sobre o tema. Só depois disso é que você deve desenvolver sua redação seguindo o modelo pedido no edital.

A redação do Enem trata de atualidades e provavelmente vai abordar um tema de relevância social, que esteja em discussão na mídia ou tem algum impacto transformador na sociedade brasileira.

8. Mantenha-se focado no tema

Cuidado para não sair do tema da redação. A fuga do tema é um dos principais motivos para se tirar zero. Se o assunto for muito amplo, tente trabalhar algum aspecto relacionado ao que está nos textos motivadores.  Leia e releia o enunciado da redação antes de desenvolver sua ideia e certifique-se de que a sua abordagem está correta.

9. Controle o tempo

Em média, você terá uma hora para entender a proposta da redação, estruturar a ideia, escrever e passar a limpo o seu texto. É pouco tempo, mas não é impossível!

O segredo é trabalhar bem com os pontos que você tem certeza e descartar os que tem dúvida. Otimizar o pensamento e evitar a dispersão é a melhor coisa a fazer. É importante treinar o tempo antes das provas.

10. Cuidado com as pegadinhas

O Enem costuma ter algumas “pegadinhas” de interpretação de texto. Fique atento a isso para não desenvolver o tema de forma equivocada.

11. Não se esqueça dos Direitos Humanos

A redação pede uma solução para o problema que respeite direitos humanos em sua totalidade, sem distinção de etnias, nacionalidades ou orientação sexual. Ou seja, deixe qualquer preconceito fora da sala de prova, seja respeitoso!

Veja também:

Veja também:

Temas para a redação do Enem 2015

Como você está se preparando para a redação do Enem? Conte para a gente aqui nos comentários!