É bom ler com cuidado! Vamos relembrar o que, na verdade, já foi dito inúmeras vezes no decorrer das aulas de língua portuguesa…

Em provas discursivas, muitos alunos recebem notas mais baixas porque não conseguem escrever respostas claras e organizadas. Nesse sentido, alguns cuidados com a escrita freqüentemente rendem pontos importantes. Algumas dicas para ajudar:

1) Ter cuidado na leitura do enunciado, sublinhando as palavras mais importantes da questão. Atenção especial ao “verbo de comando” (citar, identificar ≠ transcrever, retirar do texto ≠ explicar, justificar ≠ avaliar, comentar).

2) Observar a presença de mais de uma pergunta em uma questão. É necessário apresentar uma resposta completa para atender a todos os questionamentos.

Exemplo: “Cite três Estados da Região Norte brasileira (1ª pergunta) e explicite seus maiores problemas (2ª pergunta)”.
Resposta adequada: Podemos citar como integrantes da Região Norte os Estados de Roraima, Amazonas e Pará (resposta da 1ª pergunta). Esses e outros Estados da região sofrem com constantes queimadas, expansão da agropecuária, derrubada ilegal da mata e poluição do solo, da água e da floresta, dentre outros problemas (resposta da 2ª pergunta).

3) Planejar e organizar a resposta antes de começar a escrevê-la. Isso ajuda a evitar os erros por afobação e o surgimento de idéias contrárias durante a redação da resposta (ou no fim dela, o que é pior). Um breve roteiro, com dois ou três tópicos, costuma ser suficiente para amadurecer o conteúdo.

4) Checar a coerência e analisar os resultados antes de escrevê-los.
Exemplo: “Quantas pessoas cabem numa área de dimensões x, y, z?”
Resultado do cálculo: 15,6
Resposta da questão: “Numa área de dimensões x, y, z cabem 15 pessoas” (afinal, não existe 0,6 pessoa).

5) Escrever frases completas, retomando uma parte da pergunta. Todas as respostas devem iniciar com letra maiúscula e terminar com ponto final.
Exemplo: “Cite exemplos de funções orgânicas”.
Resposta certa, mas inadequada: “aldeídos, ácidos carboxílicos e cetonas”
Resposta certa e adequada: “São exemplos de funções da química orgânica aldeídos, ácidos carboxílicos e cetonas”.

6) Evitar frases muitos longas e de duplo-sentido. Respostas maiores devem recorrer a mecanismos de coesão, como conectivos.

7) Apresentar resultados com clareza: mesmo questões de Matemática, Física e Química, que fazem perguntas diretas, necessitam de respostas discursivas claras e completas.

8) Respeitar o limite de linhas, pois as bancas freqüentemente desconsideram respostas fora do espaço estipulado.

9) Revisar as respostas, evitando erros da norma culta e frases pouco claras.

Por: Professora Luana – pré-vestibular social da CEDERJ