Veja quem pode fazer o Enem de graça e saiba como obter isenção! 

As provas do Enem acontecem em novembro, mas quem deseja fazer o exame de graça deve solicitar a isenção muitos meses antes. Mais especificamente em abril.

O Inep, instituto responsável pelo Enem, concede gratuidades antes do período de inscrição. Se você está apto a receber gratuitidade, não fique de bobeira!

Saiba mais sobre o edital de isenção do Enem, veja os critérios para fazer a prova sem pagar nada, como solicitar a isenção e quando sai o resultado dos isentos!

O que é o edital de isenção do Enem

Não existe edital de isenção do Enem. Há somente o edital do Enem, que também define todas as regras para conseguir fazer a prova de graça.

Para obter gratuidade, é preciso conferir as normas que constam no edital do Enem e seguir as orientações desse documento. No edital, você encontra:

  • O prazo para solicitar a isenção no Enem.
  • Os critérios para conseguir fazer a prova de graça.
  • Dados pessoais e de contato, necessários para solicitar a inscrição.
  • Informações sobre o questionário socioeconômico a ser preenchido na solicitação de isenção.
  • Informações sobre a auditoria que o Inep realiza para evitar fraudes na solicitação de isenção.
  • A data de divulgação do resultado da isenção no Enem.

Quem tem direito à isenção do Enem

Não é qualquer pessoa que consegue fazer a prova do Enem sem pagar nada. Pode solicitar isenção no Enem o candidato que:

  • Esteja cursando a última série do ensino médio, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica.
  • Tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública e tenha renda per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo, conforme art. 1º, parágrafo único, incisos I e II, da Lei nº 12.799, de 10 de abril de 2013.
  • Tenha cursado todo o ensino médio como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo, conforme art. 1º, parágrafo único, incisos I e II, da Lei nº 12.799, de 10 de abril de 2013.
  • Declare estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, nos termos do art. 4º, do Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007, e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que requer: renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. 

Como se inscrever para receber a isenção do Enem

Solicitar a isenção é fácil! Veja o passo a passo dessa inscrição:

  1. Acesse o sistema Enem (enem.inep.gov.br/participante).
  2. Informe o número do seu CPF e a sua data de nascimento.
  3. Leia os critérios para concessão de isenção do Enem.
  4. Se você se encaixa em um dos perfis, clique em “Li e concordo” e em “Continuar”.
  5. Confira se seus dados pessoais estão corretos.
  6. Informe os dados de endereço e clique em “Continuar”.
  7. Preencha as informações sobre a sua formação no Ensino Médio e clique em “Continuar”.
  8. Se você tem NIS, informe-o na tela. Caso não tenha, escolha “Não tenho NIS”.
  9. Em seguida, clique em “Confirmo minhas informações” e em “Continuar”.
  10. Verifique todas as informações cadastradas na tela. Caso estejam corretas, clique em “Confirmo meus dados”.
  11. Preencha o questionário socioeconômico de modo correto e honesto.
  12. Informe seus dados de contato (telefone e email).
  13. Crie uma senha para acompanhar a solicitação da isenção e anote-a para não esquecê-la.
  14. Confira todos os dados cadastrados até o momento. Estando tudo certo, clique em “Enviar solicitação”.

Quando sai o resultado da isenção do Enem

O Inep divulga o resultado em abril, 7 dias após o término do prazo para solicitar isenção.

Foi selecionado? Fique ligado! Os isentos não são inscritos automaticamente no Enem. Eles precisam se inscrever em maio, quando as inscrições abrem para todos os participantes. 

Onde estudar presencialmente ou a distância usando a nota do Enem

Veja como você pode usar a nota do Enem para começar uma graduação presencial ou EAD no próximo semestre:

  • Participe do ProUni para concorrer a uma bolsa de estudo parcial (50%) ou integral (100%) em uma faculdade privada.
  • Inscreva-se no Sisu para disputar uma vaga em uma graduação presencial de uma universidade pública.
  • Participe do FIES para concorrer a um financiamento a juro zero ou juros baixíssimos, com longo prazo para pagamento após a formatura.
  • Entre direto em um bacharelado, uma licenciatura ou graduação tecnológica recebendo uma bolsa de estudo de até 100% em uma faculdade privada.

O Ingresso Direto, por exemplo, é uma alternativa que facilita a entrada no ensino superior. Basta se inscrever no site da faculdade, escolher a opção de usar a nota do Enem, entregar o boletim e aguardar o resultado em até 48h.

Diversas faculdades permitem usar a nota do Enem e ainda dispõem de descontos na mensalidade conforme a pontuação no exame. Veja algumas instituições reconhecidas pelo MEC que aceitam a nota do Enem:

Veja também:

Tire suas dúvidas sobre o Enem!

Agora que você está bem informado sobre a isenção do Enem, compartilhe sua escolha conosco. Comente o nome do curso que você pretende fazer na faculdade!