Falta muito pouco para o os exames mais importantes de 2018, mas nunca é tarde para dar aquela revisada no edital.

O Enem, como a gente sabe, é cheio de detalhes. Uma lida rápida pode ser vital para lembrar daquele procedimento importante que você esqueceu, revisar matérias pouco estudadas, verificar a validade daquele documento e por aí vai.

Pensando nisso, a gente destrinchou todo o documento e fez um resumão para você relembrar os principais tópicos.

Vamos lá? Em cinco minutos de leitura você vai ficar 100% por dentro dos principais tópicos. Confira!

Principais datas do Enem 2018

As datas de solicitação de isenção, inscrição e atendimento pelo nome social já passaram. A partir de agora é preciso focar no que está por vir.

Anote aí:

  • Acesso ao cartão de confirmação de inscrição: a partir de 22 de outubro.
  • Primeiro dia de provas: 4 de novembro (Linguagens e Códigos, Ciências Humanas e Redação).
  • Segundo dia de provas: 11 de novembro (Matemática e Ciências da Natureza).
  • Divulgação do gabarito oficial: 14 de novembro.
  • Divulgação dos resultados oficiais: provavelmente na segunda quinzena de janeiro de 2019.

Tempo de prova do Enem 2018

No primeiro dia, são cinco horas e meia para fazer as provas de Linguagens e Códigos, Redação e Ciências Humanas.

No segundo dia, os estudantes terão cinco horas para encarar as provas de Matemática e Ciências da Natureza.

Horário das provas do Enem 2018

Este ano, a mudança na data do horário de verão pode confundir alguns estudantes. A nova hora, que entra em vigor na madrugada de 3 para 4 de novembro (justamente no primeiro dia do Enem!), irá afetar candidatos em todo o país.

O edital diz que as provas serão aplicadas de acordo com o horário de Brasília – mas como alguns estados não adotam o horário de verão e outros têm fusos distintos, a distribuição vai ficar assim:

Acre:

  • 9h – Abertura dos portões
  • 10h – Fechamento dos portões
  • 10h a 10h30 – Procedimentos de segurança
  • 10h30 – Início das provas
  • 16h – Término das provas no primeiro dia
  • 15h30 – Término das provas no segundo dia

Amazonas, Rondônia e Roraima:

  • 10h – Abertura dos portões
  • 11h – Fechamento dos portões
  • 11h a 11h30 – Procedimentos de segurança
  • 11h30 – Início das provas
  • 17h – Término das provas no primeiro dia
  • 16h30 – Término das provas no segundo dia

Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará e Tocantins:

  • 11h – Abertura dos portões
  • 12h – Fechamento dos portões
  • 12h a 12h30 – Procedimentos de segurança
  • 12h30 – Início das provas
  • 18h – Término das provas no primeiro dia
  • 17h30 – Término das provas no segundo dia

São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Distrito Federal, Goiás, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina:

  • 12h – Abertura dos portões
  • 13h – Fechamento dos portões
  • 13h a 13h30 – Procedimentos de segurança
  • 13h30 – Início das provas
  • 19h – Término das provas no primeiro dia
  • 18h30 – Término das provas no segundo dia

O que levar no dia das provas do Enem 2018

No dia da prova é obrigatório levar caneta esferográfica de tinta preta fabricada em corpo transparente (tipo BIC) e mais um documento oficial de identificação original com foto.

É aconselhável levar também o cartão de confirmação de inscrição.

Entre os documentos válidos, você pode levar: carteira de identidade (SSP, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal), identidade de estrangeiros, protocolo de solicitação de refúgio, carteira de registro nacional migratório, documentos emitidos por conselho de classe, carteira de trabalho, certificado de reservista, passaporte, carteira de habilitação e identidade funcional.

Atenção: não serão aceitos documentos digitalizados, em fotocópias ou em foto no celular.

Os candidatos podem levar lanches e bebidas leves para consumir durante a prova.

O que não levar no dia das provas do Enem 2018

O edital traz uma lista com itens proibidos no dia das provas, que inclui borracha, canetas em corpo não transparente, calculadoras, celulares, tablets, tocadores de mp3, pen drive, fones de ouvido, gravador, receptor, relógios, lápis grafite, livros, apostilas ou manuais.

Os objetos não permitidos devem ser guardados em um envelope especial, fornecido pela organização do exame, que deve ser lacrado e mantido debaixo da carteira durante todo o tempo da prova.

Novidade no Enem 2018: vistoria de itens religiosos

O edital do Enem 2018 deixa claro que os candidatos devem permitir que itens e vestimentas religiosas passem por inspeção de segurança. A medida foi tomada para prevenir fraudes.

Quem se negar a passar por esse procedimento pode ser desclassificado.

Direitos Humanos na redação do Enem 2018

A questão dos Direitos Humanos na redação não é mais obrigatória, mas o estudante que desrespeitá-los pode perder pontos.

Onde encontrar o edital Enem 2018

O edital do Enem 2018 está disponível na página oficial do exame. <enem.inep.gov.br>

Onde usar o Enem 2018

O Enem pode ser usado para entrar na entrar na universidade pública pelo Sisu, conseguir bolsas parciais e integrais em faculdades particulares pelo ProUni, financiar os estudos com o FIES ou conseguir entrar em instituições privadas sem ter que passar por um novo vestibular, com o ingresso direto.

As opções de universidades públicas que aceitam a nota do Enem já são bem conhecidas pelo Brasil afora.

Já entre as particulares o universo é muito maior. Por isso a gente separou algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que aceitam o ProUni, o FIES e o ingresso direto:

Veja também:

Veja quais são as matérias que vão cair no Enem

Gostou do nosso resumo do Edital do Enem 2018? Tudo em cima para fazer as provas? Conte para a gente aqui nos comentários!