Nesta semana o Ministério da Educação anunciou um aumento no número de corretores das redações do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), na edição anterior foram 5.600 mil corretores para corrigir as mais de 4 milhões de redações, neste ano são ao todo 9.500 mil corretores para corrigir mais de 7 milhões de redações.

As informações de mudanças foram divulgadas pelo ministro da educação, apresentando também o Guia do Participante do Enem 2013.

Durante a coletiva o ministro citou que boa parte das redações são destinadas ao terceiro corretor, para verificar as grandes diferenças nas correções. Assim, todas as redações também serão corrigidas por dois especialistas, de forma com que cada um corrija de forma independente. Caso a diferença de notas de um corretor para outro seja maior que 100 pontos ou a diferença de uma competência for maior que 80 pontos, a redação passará para um terceiro corretor que fará a última análise.

Datas e Informações

Ao todo são 9.500 corretores destinados a redação. O investimento do Ministério da Educação para cada redação corrigida será de R$ 3. O total de inscritos é de 7.173.574 para o Enem 2013. As provas serão realizadas nos dias 26 e 27 de outubro.

As provas serão aplicadas em 1.661 municípios e em 15.576 salas de aula. Serão distribuídos um total de 63.340 malotes com as provas. Os malotes terão lacres eletrônicos específicos além de sistema de rastreamento.