O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é atualmente a principal prova de vestibular do Brasil e os estudantes interessados em ingressar no ensino superior devem começar desde já a se preparar. Essa prova foi criada em 1998 e tinha como propósito avaliar os estudantes do ensino médio no Brasil. Mas com o passar dos anos foi ganhando importância e hoje com a nota obtida nessa prova é possível concorrer a milhares de vagas em instituições públicas e privadas, a bolsas de estudos disponibilizadas pelo Governo Federal, financiamentos estudantis e também conquistar o certificado de conclusão do Ensino Médio.

A previsão inicial era de que esse ano ocorressem duas edições do ENEM, porém segundo o Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, a ideia é inviável.

O edital do ENEM 2013 ainda não foi divulgado por isso não há como precisar as datas corretamente. No ano passado, o período de inscrições ocorreu no fim do mês de maio e continuou até meados de junho, o valor da taxa era de R$ 35,00 e os estudantes concluintes do ensino médio em instituições públicas de ensino, estudantes concluintes do ensino médio em instituições privadas autodeclarados carentes ou estudantes que já concluíram o ensino médio anteriormente e se declaram carentes, são isentos do pagamento da taxa de inscrição.

As provas são aplicadas em dois dias, geralmente num sábado e domingo, e são compostas de 180 questões de múltipla escolha e uma prova de redação. As provas são divididas em quatro áreas de conhecimento, com 45 questões em cada uma delas:

Ciências da Natureza e suas Tecnologias: que compreende questões de Biologia, Física e Química;

– Ciências Humanas e suas Tecnologias: que compreende questões História e Geografia;

– Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: que compreende questões Língua Portuguesa, Literatura e Língua estrangeira (inglês ou espanhol);

Matemática e suas Tecnologias: que compreende questões de Matemática.

No primeiro dia a prova tem duração de 4 horas e 30 minutos e no segundo dia a prova tem 5 horas e 30 minutos. Na edição anterior as provas foram realizadas nos dias 3 e 4 de novembro e o resultado estava disponível no dia 28 de dezembro.

A nota do ENEM pode ser utilizada de diversas maneiras, conheça cada uma delas abaixo.

– SiSU:

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é a principal forma de se utilizar a nota do ENEM. Esse sistema disponibiliza vagas em instituições públicas de ensino superior e o critério de seleção é a pontuação obtida no exame.

– Prouni:

O Programa Universidade Para Todos (Prouni) disponibiliza bolsas de estudos de 50% e 100% do valor da mensalidade em instituições privadas de ensino superior a estudantes autodeclarados de baixa renda e é muito semelhante ao SiSU, pois também utiliza as notas obtidas no ENEM para classificar os candidatos.

– Fies:

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) oferece aos estudantes que não podem pagar as mensalidades da faculdade, um financiamento que só será pago depois de 18 meses de formado com um prazo enorme e juros muito baixos. A partir desse ano o estudante que quiser solicitar o Fies deverá ter realizado a prova do ENEM caso tenha concluído o ensino médio do ano de 2010 em diante.

– Conclusão do Ensino Médio:

O ENEM possibilita também àquelas pessoas que ainda não concluíram o ensino médio a conseguir o certificado de conclusão. Para isso é necessário que o estudante tenha mais de 18 anos, marque a opção referente no momento da inscrição, e atinja uma pontuação mínima estabelecida no edital.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]