Saiba tudo sobre o Enem 2018

Enem — Escrito por

Desde 1998, quando foi criado, o Enem passa por ajustes e melhorias para estar cada vez mais adaptado ao panorama brasileiro. Esse dinamismo vem garantindo o sucesso do Exame, que hoje em dia é considerado por muitos o maior vestibular do país.

Isso porque um bom desempenho no Enem pode garantir o acesso direto a centenas de universidades. Além disso, significa a oportunidade de participar de programas de benefícios financeiros a estudantes de baixa renda.

Se você está mesmo decidido a fazer o Enem 2018, fique atento a tudo o que temos para contar. Informando-se bem sobre o exame, você já sai na frente!

Então, descubra agora mesmo as novidades do Enem 2018, como se inscrever, como são as provas e, de quebra, veja algumas faculdades que aceitam os pontos do Exame como forma de seleção de alunos!

Quem pode fazer o Enem 2018?

O Enem está aberto a todos aqueles que queiram verificar seu nível de conhecimento sobre os conteúdos do ensino médio. Em teoria, qualquer pessoa pode fazer a inscrição e prestar o Exame.

Mas somente algumas pessoas podem efetivamente usar os resultados do Enem de forma prática. Apenas os estudantes que tenham concluído o ensino médio poderão aproveitar os pontos do Exame para ingressar em faculdades e em programas do governo federal.

Há também o caso dos “treineiros”: estudantes menores de 18 anos e que ainda não estão no terceiro ano do ensino médio, mas que fazem o Enem como treinamento e forma de adquirir experiência para quando as provas forem para valer.

O que muda no Enem 2018?

A mudança mais significativa afeta quem pretende pedir isenção da taxa de inscrição, que em 2018 é de R$ 82.

A partir deste ano, haverá um período específico para solicitar essa isenção: de 2 a 15 de abril. Essas datas são anteriores ao período de inscrição no Exame, o que significa que os organizadores do Enem pretendem dar especial atenção aos pedidos.

Outra alteração importante é a diferença de meia hora a mais no tempo da prova do primeiro domingo. No dia 4 de novembro – dia da primeira prova –, o candidato começa o Exame às 13h30 e pode sair às 19h. Já no segundo dia, 11 de novembro, a prova vai das 13h30 às 18h30.

Lembramos que o primeiro dia de provas inclui a redação, que também foi objeto de alteração para o Enem 2018: a partir de agora, os textos que desrespeitarem os Direitos Humanos serão penalizados com a perda de 200 pontos.

Recomendamos que você visite a página oficial do Enem. e leia com atenção o edital do Exame de 2018. Ele traz detalhes importantes que podem ser decisivos em seu desempenho.

Como me inscrever no Enem 2018?

Inscrever-se não tem segredo. É tudo feito online, no site oficial do Enem.

Após acessar a página, basta cadastrar senha e informar dados pessoais como CPF e e-mail, além da cidade onde pretende fazer as provas e a língua estrangeira de sua preferência (espanhol ou inglês).

Essa ficha fica em aberto até o fim do período de inscrições. Isso quer dizer que você pode alterar as informações acessando novamente o site e inserindo sua senha.

Anote as datas de inscrição: de 7 a 18 de maio de 2018. Quanto à taxa (para quem não tem direito à isenção), ela deverá ser quitada até o dia 23 de maio. O boleto é gerado no próprio site e pode ser pago em bancos, correios ou casas lotéricas.

Como serão as provas do Enem 2018?

Muitos se perguntam o que cai na prova do Enem. A resposta é mais ou menos óbvia: todo o conteúdo dos três anos do ensino médio.

Os organizadores dividem as disciplinas em quatro grupos:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologia da Informação e Comunicação
  • Matemática e suas Tecnologias: Matemática
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: Geografia, História, Filosofia e Sociologia

O primeiro dia é dedicado às provas de Linguagens e de Ciências Humanas, além da Redação – temida por muitos e objeto de polêmica nos últimos anos.

Por esses e outros motivos, a redação merece uma atenção especial. Primeiro, porque um zero nessa prova elimina automaticamente suas possibilidades de conseguir vaga em universidade pública pelo Sisu ou acessar programas de bolsas e financiamentos patrocinados pelo governo federal.

Segundo, porque uma boa nota na redação serve como diferencial na luta pelo curso de seus sonhos e aumenta suas chances de conseguir benefícios.

Então, aplique-se na leitura de jornais e sites confiáveis, esteja por dentro do noticiário e assista debates sobre os temas mais importantes da atualidade nacional e mundial, pois esses costumam ser os assuntos que caem na redação, seja na área da economia, política, sociedade, saúde, cultura ou outros.

No segundo dia do Enem, é a vez das provas de Ciências da Natureza e Matemática.

Tirando e Redação, todos os outros exames são aplicados em formato de múltipla escolha. Somando as 45 questões de cada uma das quatro áreas, você vai ter que resolver 180 perguntas nos dois domingos de prova.

Use o Enem 2018 para entrar na faculdade

Hoje em dia o Enem é muito mais do que um exame para verificar a qualidade do ensino médio no Brasil. Sua importância aumentou tanto que, em vários casos, substitui o vestibular e pode garantir o acesso direto a centenas de faculdades presenciais e a distância do país inteiro.

Cada instituição tem liberdade para decidir como será seu processo de seleção. E, dentro da mesma universidade, cada curso tem uma exigência diferente de pontos, conforme fatores como o número de vagas oferecidas e a procura por parte dos alunos.

Quanto mais pontos no Enem, melhor, pois suas possibilidades aumentam. E não podemos esquecer que programas de financiamentos, como o FIES, ou de bolsas de estudo, como o ProUni, também exigem a participação – e uma boa pontuação! – no Enem.

Separamos a seguir algumas sugestões de faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC). Todas elas utilizam as notas do Enem como forma de selecionar alunos. Anote:

 

Veja também:

Descubra que nota você precisa tirar no Enem 2018

Captou todas as informações sobre o Enem 2018 ou ainda ficou alguma dúvida? Comente!

Comente