Vai fazer o Enem 2020 e quer tentar a isenção da taxa de inscrição? Então, descubra agora quando solicitar! 

O Enem 2020 já tem data para acontecer e, nessa edição, os estudantes poderão escolher o tipo de prova que vão realizar: digital, em um computador, ou presencial.

Em 2020, serão liberadas 50 mil vagas em 15 capitais do país para a modalidade digital da prova, que será aplicada nos dias 11 e 18 de outubro, enquanto a prova presencial será aplicada nos dias 1 e 8 de novembro. Para ambas as modalidades, o resultado está programado para ser divulgado em janeiro de 2021. 

Independentemente do tipo de prova escolhida, o Enem seguirá o mesmo modelo, sendo dividido em 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias, 45 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, 45 questões de Matemática e suas Tecnologias e uma redação. 

De toda forma, para participar do Exame é preciso pagar uma taxa de inscrição. Então, se você quer se inscrever no Enem 2020, mas não tem como arcar com o valor dessa taxa, confira agora quando e como solicitar a isenção do pagamento! 

Quando solicitar a isenção da taxa do Enem 2020?

As datas das fases do Enem 2020 ainda não foram divulgadas, mas o pedido de isenção deve ser realizado sempre antes do período de inscrição, que provavelmente acontecerá no mês de maio. Então, é possível que o período de solicitação de isenção seja no mês de abril. 

Contudo, seguindo as diretrizes do Enem de 2019, para solicitar a isenção de pagamento da taxa, o candidato deverá se encaixar em um dos requisitos abaixo:

  • Estar cursando a última série do ensino médio no ano do exame, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada no Censo da Educação Básica.
  • Ter cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e ter renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.
  • Estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda que tenha Número de Identificação Social (NIS), além de comprovar renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Como solicitar a isenção da taxa de inscrição do Enem 2020?

Para solicitar a isenção da taxa de inscrição do Enem 2020, o estudante deverá realizar todas as etapas abaixo:

  • Primeira etapa: acessar o site oficial do Enem com o número do CPF e data de nascimento.
  • Segunda etapa: considerando que você se encaixa em um dos grupos que têm direito à isenção da taxa, aceite os termos e preencha todos os dados pessoais solicitados.
  • Terceira etapa: na próxima tela, você terá que informar o seu nível de escolaridade.
  • Quarta etapa: agora você deve indicar se possui ou não Número de Identificação Social (NIS).
  • Quinta etapa: verifique e confirme todas as informações preenchidas.
  • Sexta etapa: será aberto um questionário socioeconômico, o qual você deverá responder com muita atenção.
  • Sétima etapa: insira um e-mail e telefone para contato e prossiga.
  • Oitava etapa: escolha uma senha de, no mínimo, seis e, no máximo, oito caracteres, contendo apenas números e letras.

Pronto! Após realizar todas essas etapas, é só conferir e confirmar novamente as informações registradas e aguardar o resultado, que é divulgado no próprio site do Enem antes do período de inscrições. 

Lembrando que a senha cadastrada será utilizada para acessar o sistema durante todas as fases do Enem, desde a inscrição até o momento de consulta do resultado. 

Faltei no Enem 2019, posso pedir isenção do Enem 2020? 

Se você pediu isenção do Enem 2019, mas não pôde comparecer à aplicação da prova, você terá que justificar a ausência no sistema do Enem. Tal justificativa deve ser comprovada por meio de documentos.

Veja alguns dos motivos aceitos pelo Enem e os documentos exigidos para a comprovação:

  • Assalto ou furto: comprovar através de boletim de ocorrência policial legível, com todos os dados do participante.
  • Acidente de trânsito: comprovar através de boletim de ocorrência policial legível, com todos os dados do participante. 
  • Casamento: comprovar com certidão de casamento legível. 
  • Morte na família (cônjuge ou companheiro, pai, mãe ou responsável legal, avô, avó, irmão, filho ou enteado): comprovar através de certidão de óbito, além da documentação que comprove o parentesco. 
  • Maternidade: comprovar através de certidão de nascimento ou de adoção legível. 
  • Paternidade: comprovar através de certidão de nascimento ou de adoção legível. 

Quando sai o resultado do pedido de isenção do Enem 2020?

O resultado do pedido de isenção de pagamento da taxa do Enem 2020 estará disponível ainda no mês de abril, antes do início das inscrições.

Os estudantes que não tiverem os seus pedidos aceitos podem entrar com recursos, diretamente no site do Enem.

Qual é o valor da taxa de inscrição do Enem 2020? 

Ainda não foi divulgado o valor da taxa do Enem 2020. Mas já que, nessa edição, o Enem terá dois tipos de prova (digital e presencial), é possível que esse valor seja diferenciado a depender da escolha do estudante.

Onde estudar com a nota do Enem 2020? 

Com a nota do Enem 2020, você vai poder participar de diversos processos seletivos, como Sisu, ProUni e FIES. 

Ainda, outra forma de utilizar a sua nota é através do ingresso direto pelo Enem, que é um processo seletivo muito mais fácil, rápido e sem burocracia. 

Com o ingresso direto, você não precisa realizar nenhum vestibular para entrar na faculdade e ainda concorre a bolsas e descontos diretamente com a instituição de ensino. 

Para se inscrever nessa modalidade, o estudante só precisa ter realizado alguma edição do Enem a partir de 2010 e não ter zerado a redação. 

Veja algumas instituições reconhecidas pelo MEC que oferecem essa forma de ingresso e comece a estudar já:

Veja mais: 

Como funciona a faculdade a distância 

Quais melhores cursos EAD do Brasil  

Já sabe como vai usar a sua nota do Enem 2020? Conte para a gente aqui nos comentários!