Enem e Programa Ciência sem Fronteiras

Enem — Escrito por

O ENEM além de deter suma importância no vestibular do Brasil, é também um dos critérios de seleção para concorrer bolsas de estudos em programas de intercâmbio, através do Ciência sem Fronteiras (CsF).

Mas afinal, o que é o Ciência sem Fronteiras?

O Ciência sem Fronteiras é um programa do governo federal que consiste em oferecer bolsas de estudos na modalidade de intercâmbio em diversos países. Esse programa foi desenvolvido através da parceria entre os Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), juntamente com a CAPES e o CNPq.

A ideia do projeto é oferecer cerca de 100 mil bolsas de estudos para os alunos de graduação ou pós-graduação dos cursos de ciência e tecnologia em quatro anos. O objetivo é expandir o conhecimento dos alunos e assim aumentar a competitividade dos profissionais brasileiros.

Quem pode participar?

Podem participar do processo de seleção, os alunos que estão cursando alguma graduação ou pós-graduação de cursos das áreas de:

  • Engenharias;
  • Ciências Exatas e da Terra;
  • Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde;
  • Computação e Tecnologias da Informação;
  • Tecnologia Aeroespacial;
  • Fármacos;
  • Produção Agrícola Sustentável;
  • Petróleo, Gás e Carvão Mineral;
  • Energias Renováveis;
  • Tecnologia Mineral;
  • Biotecnologia;
  • Nanotecnologia e Novos Materiais;
  • Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais;
  • Biodiversidade e Bioprospecção;
  • Ciências do Mar;
  • Indústria Criativa;
  • Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva;
  • Formação de Tecnólogos.

Além disso, é necessário que o estudante cumpra com alguns requisitos, determinados em Edital, que são:

  • Ser brasileiro ou naturalizado;
  • Estar corretamente matriculado em alguma instituição de ensino superior em cursos relacionados às áreas prioritárias do Ciência sem Fronteiras, listadas acima;
  • Ter nota superior a 600 pontos no ENEM, considerando as provas aplicadas a partir de 2009;
  • Possuir desempenho acadêmico satisfatório;
  • Ter concluído no mínimo 20% e no máximo 90% das matérias previstas para o respectivo curso de graduação;
  • Para alguns países é necessário possuir proficiência na língua nativa de destino.

Como é o uso do ENEM?

Como foi dito acima, o ENEM é exigido para quem deseja participar do processo de seleção do programa Ciência sem Fronteiras. Para isso, é preciso que a nota seja superior a 600 pontos no momento do ingresso à universidade e que tenha sido alcançado a partir do ano de 2009, quando o exame tomou a forma atual de avaliação.

Essa exigência prioriza os candidatos com nota superior a 600 pontos no ENEM nas classificações. Já os candidatos que não participaram do ENEM a partir de 2009 ou tiveram notas inferiores a 600 pontos, poderão ser convocados apenas às vagas remanescentes.

Como se inscrever?

Para se inscrever é necessário que o candidato satisfaça as condições citadas anteriormente e acesse o site oficial do programa, para escolher o país desejado e conferir a documentação exigida para tal e seguir as demais instruções presentes no Edital específico.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]

Tags: , , , ,

Comente