Saiba em quais faculdades você pode estudar com o Enem

Enem — Escrito por

De uns tempos para cá, parece que as faculdades que aceitam a nota do Enem brotam do nada.

A gente tá nas redes sociais e pipoca um anúncio de faculdade onde pode estudar com a nota do Enem. Vai ver um vídeo e aparece outro. Olha pro lado, pega um elevador, anda na rua, dá um espirro, pisca o olho e fica sabendo de mais uma instituição que usa a nota do exame.

Com tanta opção, como escolher? E, mais importante, como tomar uma decisão consciente que faça valer a pena o esforço e o investimento?

Pode deixar a preocupação de lado que a gente ajuda.

Aqui você fica sabendo em quais faculdades pode estudar com o desempenho no Enem e descobre quais são as melhores opções para garantir o seu futuro!

Tipos de faculdade onde você pode estudar com o Enem

Ainda não podemos dizer que todas as faculdades brasileiras aceitam o Enem como forma de ingresso, mas podemos afirmar com certeza que o número está aumentando e que a nota do exame serve para entrar em instituições públicas e privadas.

Antes de ver uma lista das faculdades onde você pode estudar com o Enem, é importante conhecer os processos seletivos que elas adotam. Assim dá para verificar se você se encaixa nos requisitos e se o formato combina com suas expectativas.

Formas de entrar na faculdade pelo Enem

Existem várias formas de entrar na faculdade com a nota do Enem. Vamos destacar as principais:

  • Sisu
  • ProUni
  • Ingresso Direto

O Sisu, ou Sistema de Seleção Unificada, é um programa federal que usa a nota do Enem para distribuir vagas em cursos presenciais de universidades públicas de todo o Brasil. O processo é totalmente informatizado, gratuito e simples. Pode participar qualquer pessoa que fez o Enem mais recente e não zerou na redação. Para passar, a nota fica entre 540 e 900 pontos, dependendo do curso e da instituição. É o processo seletivo com as maiores notas de corte.

O ProUni, ou Programa Universidade para Todos, é uma iniciativa do governo federal que usa a nota do Enem para distribuir bolsas de estudos em cursos presenciais e a distância de faculdades particulares de todo o país. As inscrições também são gratuitas e abrem duas vezes por ano, logo após sair o resultado do Sisu. As notas de corte baixam um pouco, ficando entre 450 e 800, em média, mas para participar é preciso se enquadrar em alguns requisitos de renda familiar e formação. A nota mínima para se inscrever é 450 pontos na média das provas e acima de zero na redação do Enem mais recente. Somente faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC) podem oferecer vagas pelo ProUni.

O Ingresso Direto é uma forma desburocratizada de entrar na faculdade. Adotada por instituições de todo o Brasil, com datas de inscrição e requisitos diferentes, não é controlada pelo governo federal. Cada faculdade tem autonomia para estabelecer notas mínimas para passar em cursos presenciais e a distância. Normalmente vale qualquer edição a partir de 2010.

Além dessas opções, não podemos deixar de falar do FIES, o Fundo de Financiamento Estudantil. Apesar de não ser uma forma de ingresso, é um recurso superimportante para quem precisa estudar mas não tem condições de pagar a mensalidade da faculdade. O FIES ajuda a pagar o curso e só começa a cobrar a dívida depois da formatura, com juros baixos e muitas parcelas. O processo seletivo tem algumas exigências de renda familiar e desempenho no Enem. Vale apresentar a nota de qualquer edição a partir de 2010. As inscrições abrem logo após sair o resultado do ProUni.

Faculdades reconhecidas pelo MEC que aceitam o Enem

Agora que você já conheceu as formas de entrar na faculdade com a nota do Enem, vamos ver algumas instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que participam do FIES e do ProUni, aceitam Enem para ingresso direto e oferecem uma série de facilidades, como bolsas, descontos e parcelamento:

 

Veja também:

Descubra que nota você precisa tirar no Enem para ganhar bolsa

Já sabe em qual faculdade você vai estudar com o Enem? Conte para a gente aqui nos comentários!

Comente