Depois de uma longa espera, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, finalmente, está chegando!

Como você já sabe, este é um exame que abre um mundo de oportunidades de educação superior para os seus participantes. Com a sua nota, você poderá concorrer a vagas em cursos de todas as áreas, tanto em universidades públicas, quanto em faculdades particulares.

Vamos conhecer algumas possibilidades!

Como entrar numa universidade pública com a nota do Enem?

Atualmente, o principal processo seletivo para o Ensino Superior público brasileiro utiliza a nota do Enem como critério de seleção.

Trata-se do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), uma plataforma criada pelo Ministério da Educação (MEC) em 2010 e que, hoje, funciona como vestibular para 57 instituições de Ensino Superior públicas espalhadas pelo Brasil.

Veja algumas universidades que oferecem vagas pelo Sisu:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA)
  • Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Em muitas destas instituições, inclusive, o Sisu é a única forma de ingresso disponível, substituindo completamente o vestibular. Outras ainda mantêm o vestibular, destinando somente parte das vagas ao Sistema de Seleção Unificada.

O Sisu normalmente abre duas vezes por ano: uma para a oferta de vagas no primeiro semestre, e outra no segundo. Neste ano, como o resultado do Enem 2020 sairá somente no final de março, a primeira edição ocorrerá em abril.

Para participar do Sisu, é só seguir os seguintes passos:

  • Fazer a sua inscrição no site do Sisu
  • Informar o seu número de inscrição e senha do Enem 2020
  • Escolher sua primeira e segunda opção de curso, na(s) instituição(ões) desejada(s)
  • Indicar se você irá concorrer por meio de ações afirmativas ou ampla concorrência

Como entrar numa faculdade privada com a nota do Enem?

Seguindo a onda das universidades públicas, muitas faculdades particulares também estão substituindo o vestibular pelo ingresso direto com a nota do Enem.

Neste caso, o processo é ainda mais simples: basta apresentar a sua pontuação e pronto! Se ela estiver dentro dos parâmetros exigidos pela faculdade, você já poderá fazer a sua matrícula.

Além disso, uma coisa legal é que grande parte dessas instituições de ensino concedem bolsas de estudos ou descontos nas mensalidades do curso, dependendo da nota que o candidato tirou no Enem.

Outra possibilidade para quem quer estudar em uma faculdade privada, mas está com o orçamento apertado, é usar a nota do Enem para participar do Prouni ou do Fies, que são programas de incentivo à educação superior criados pelo Governo Federal.

Programa Universidade Para Todos (Prouni)

Com o Prouni, é possível concorrer a bolsas de estudo parciais (50%) ou integrais (100%). As bolsas integrais, contudo, são exclusivamente destinadas a estudantes que tenham renda familiar bruta de até 1,5 salário mínimo por pessoa. No caso das parciais, essa cifra pode ser de até 3 salários mínimos por pessoa.

Outro ponto importante sobre o Prouni é que, para concorrer às bolsas, o estudante não pode ter diploma de Ensino Superior – ou seja, as bolsas do Prouni são para quem quer fazer sua primeira graduação.

Fundo de Financiamento Estudantil (Fies)

O Fies, por outro lado, não conta com essa limitação – é possível recorrer ao programa mesmo que você já tenha diploma de graduação. Contudo, é importante lembrar que o Fies trata-se de um programa de financiamento estudantil, não de concessão de bolsas.

Assim como no caso das bolsas parciais do Prouni, o Fies contempla apenas participantes que tenham renda familiar bruta de até 3 salários mínimos por pessoa. Além disso, o candidato deve estar matriculado em um curso de graduação bem avaliado pelo MEC.

Onde estudar com a nota do Enem 2020?

O Enem, como vimos, oferece muitas oportunidades para quem deseja fazer um curso de graduação!

A cada edição, mais instituições de Ensino Superior públicas e privadas passam a aceitar a nota do Enem em seus processos seletivos. Sem falar nas possibilidades de bolsas, descontos e financiamentos por meio de programas do Governo Federal, ou mesmo pelas próprias faculdades.

Como as opções são muitas, é importante fazer uma boa pesquisa para decidir em qual curso, modalidade de ensino (presencial ou EaD) e instituição você vai se inscrever.

Ao analisar as suas opções, atente-se para a avaliação do Ministério da Educação! Afinal, estudar em uma instituição reconhecida e bem avaliada pelo MEC é, certamente, o primeiro passo para o seu sucesso profissional.

Para te ajudar nessa investigação, selecionamos algumas faculdades que oferecem cursos em diversas áreas do conhecimento e que são avaliadas positivamente pelo MEC.

Veja:

Confira também: Veja que horas sai o resultado do Enem 2020

E você, já escolheu o seu curso de graduação? Conta pra gente nos comentários!