Dá até um frio na barriga pensar no dia em que vamos poder acessar o site do Enem, depois de meses de espera, e conferir o desempenho alcançado.

A divulgação dos resultados é, depois das provas em si, a etapa mais aguardada do Enem.

O motivo disso a gente já sabe: uma boa nota no Enem praticamente garante vaga no ensino superior, bolsa de estudos ou financiamento facilitado.

Por isso muita gente se pergunta: a que horas sai o resultado do Enem 2020?

A gente tem a resposta logo a seguir. Acompanhe!

Que horas sai o resultado do Enem 2020

Lá no começo de 2020, estava tudo bem planejado: o Enem aconteceria em novembro, como todos os anos, e os resultados sairiam em janeiro.

Mas aí veio a covid-19 e bagunçou todo o planejamento inicial.

As provas do Enem foram adiadas em dois meses, e os resultados, em quase quatro!

Para o Enem 2020, portanto, a expectativa é que os resultados só sejam divulgados no final de março de 2021, a partir do dia 29, mais ou menos. A data exata é divulgada na imprensa.

Quanto ao horário, se tomarmos como base as edições anteriores, os resultados devem ficar disponíveis por volta das nove ou dez da manhã do dia anunciado.

Para ver o boletim só precisa entrar no site oficial do Enem, informar os dados de acesso (CPF e senha) e conferir o desempenho.

Lá estarão as notas individuais nas cinco provas do Enem:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Matemática e suas Tecnologias
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • Redação

Essas notas, quando somadas e divididas por cinco, dão a média geral do participante.

Que horas sai o resultado do Enem digital 2020

O Enem digital é uma das grandes novidades dessa edição. Finalmente os candidatos poderão fazer a prova em um computador, sem se preocupar com passar a limpo a redação ou preencher as pequenas lacunas dos gabaritos.

Esse é apenas o primeiro experimento do exame digital e foi limitado a 100 mil participantes em todo o Brasil.

Mas a instituição que organiza o Enem, o Inep, já avisou: daqui a uns anos, 100% do exame será digital.

Isso trará mais rapidez à correção das provas e permitirá mais edições anuais do Enem, como já acontece em exames semelhantes nos Estados Unidos.

Mas, por ora, os participantes do Enem digital têm de esperar o mesmo tempo dos que vão fazer o Enem tradicional. Os resultados saem todos juntos, povavelmente no final de março.

A vantagem é que, depois disso, é hora de se aquecer para o processo seletivo mais aguardado do ano – onde cada milésimo de nota do Enem vale ouro!

Sabe de qual estamos falando?

Confira no próximo tópico!

Como usar o resultado do Enem 2020

A sua nota do Enem 2020 pode ser usada para conseguir vaga em uma universidade pública ou instituto federal de educação.

Em 2021, teremos mais de 240 mil vagas disponíveis no Sisu, em todos os cursos de todas as áreas.

São mais de 120 instituições participantes em todo o país, algumas com 100% d e suas vagas destinadas ao programa – como é o caso, por exemplo, de instituições como UFRJ, UFMG, IFMS, UFAC, UTFPR, UFPEL e várias outras.

A concorrência do Sisu 2021 vai ser alta, por isso quanto maior for a nota obtida no Enem 2020, melhor.

O horário de abertura das inscrições é similar ao dos resultados do Enem: entre nove e dez da manhã.

A seleção dura quatro dias, período no qual os candidatos poderão procurar a vaga desejada. Eles podem tentar entrar em qualquer uma das faculdades participantes e trocar de opção sempre que for preciso.

Cursos como Medicina, Odontologia e Engenharia normalmente registram as maiores notas de corte, por vezes acima de 800 pontos. Para os demais, a média é de aproximadamente 680 pontos.

O programa distribui vagas por ampla concorrência e por cotas, que podem ser para pessoas com deficiência, estudantes egressos de escola pública, de baixa renda, etc.

Os resultados do Sisu 2021 saem poucos dias depois do encerramento da seleção, no próprio site do programa.

O Sisu 2021 terá duas edições: no primeiro e no segundo semestre.

Tem jeito mais fácil de entrar na faculdade com o Enem 2020?

Sim. Por meio do ingresso direto, quem fizer o Enem 2020 e tirar nota acima de zero na redação tem praticamente vaga garantida em uma instituição privada de ensino.

Basta, para isso, pesquisar faculdades que aceitem o ingresso pela nota do Enem, escolher o curso, informar a pontuação (vale, inclusive, a de outras edições a partir de 2010) e garantir o direito à matrícula.

Quer algumas dicas de boas faculdades que aceitam o ingresso direto? Anote aí:

As faculdades acima também participam do ProUni, o programa do governo federal que usa a nota do Enem para distribuir bolsas de estudos em cursos presenciais e a distância. Para participar é preciso ter feito o Enem mais recente e cumprir os requisitos de desempenho no exame, renda familiar e formação escolar.

Como ficou o Enem 2020

Com a reviravolta causada pela pandemia, o Enem 2020 ficou assim:

Liberação do cartão de confirmação da inscrição (que traz o endereço do local de prova):

  • A partir do dia 17 de dezembro, no site oficial do Enem ou pelo aplicativo oficial.

Aplicação das provas:

  • 17 e 24 de janeiro: provas do Enem impresso
  • 31 de janeiro e 7 de fevereiro: provas do Enem digital
  • Reaplicação do Enem (para quem estava com covid ou outra doença infectocontagiosa no período regular de provas): 24 e 25 de fevereiro

Horários:

  • Abertura dos portões: 12h
  • Fechamento dos portões (depois disso ninguém mais entra no local de prova): 13h
  • Início das provas: 13h30.
  • Término das provas no primeiro dia: 19h
  • Término das provas no segundo dia: 18h30

Veja também:

Veja o gabarito extraoficial completo do Enem 2020

Vai fazer o Enem 2020? Conte para a gente como está sua expectativa para as provas e para o resultado!