Questões de Geografia sobre Clima e Vegetação costumam cair todo ano no Enem.

Veja a seguir alguns exercícios que preparamos especialmente para você estudar esse tema e se dar bem na prova.

As respostas das questões estão disponíveis no final do texto.

Bons estudos!!!

Perguntas

  1. (Fuvest)

    a) Identifique a formação vegetal representada e sua área de ocorrência original.
    b) Considerando ao menos um fator de ordem física, explique por que essa formação tem ocorrências fora de sua área nuclear.
    c) Identifique três das principais atividades econômicas que promoveram a substituição de tal formação vegetal.

  2. (Ufscar) Analise os dois climogramas, referentes a duas cidades brasileiras, e responda.

    a) Como é o clima em cada uma dessas localidades e a qual área ou região do país cada um deles corresponde?
    b) Qual seria a vegetação típica da área com o climograma 1? E qual seria a vegetação correspondente ao climograma 2?

  3. (Mackenzie)

    Os climogramas anteriores se referem, respectivamente, aos climas brasileiros:

    a) Tropical de altitude, Tropical e Tropical úmido.
    b) Equatorial Semiúmido, Tropical de altitude e Tropical Semiárido.
    c) Tropical Úmido, Equatorial Semiúmido e Equatorial úmido.
    d) Equatorial úmido, Tropical e Tropical úmido.
    e) Tropical, Subtropical e Tropical de altitude.

  4. (Ufrgs) A combinação de chuvas fortes com moradias inseguras já tornou rotineiras as tragédias nas grandes cidades brasileiras. Os deslizamentos nas encostas, muitas vezes responsáveis por tais tragédias, são condicionados por fatores geomorfológicos, entre outros.Considere os seguintes fatores geomorfológicos.

    1. declividade e forma da encosta
    2. relevo com porções côncavas na convergência dos fluxos de água
    3. relevo com porções convexas na divergência dos fluxos de água

    Quais estão relacionados aos deslizamentos das encostas?

    a) Apenas 1.
    b) Apenas 2.
    c) Apenas 3.
    d) Apenas 1 e 2.
    e) Apenas 1 e 3.

  5. (Ufrgs) Observe o mapa de climas do Brasil e os três climogramas que seguem.

    Assinale a correspondência correta entre as localidades A, B e C assinaladas no mapa e os climogramas I, II e III.

    a) A (I) – B (II) – C (III)
    b) A (II) – B (III) – C (I)
    c) A (III) – B (I) – C (II)
    d) A (II) – B (I) – C (III)
    e) A (III) – B (II) – C (I)

  6. (Fuvest)

    Em maio de 2008, um terremoto, de 7,8 graus na escala Richter, atingiu severamente a Província de Sichuan (China), matando milhares de pessoas. Em janeiro de 2009, um tremor de terra, de 6,2 graus, atingiu a Costa Rica, causando prejuízos materiais, além de ceifar vidas. Em setembro de 2009, tremores de terra, de 7,6 graus, atingiram a Indonésia, provocando mortes e danos materiais.

    Considerando o mapa, os fatos acima citados e seus conhecimentos, responda:

    a) Quais os principais fatores que geram atividades sísmicas no planeta?
    b) Por que, no Brasil, as atividades sísmicas são, predominantemente, de baixa intensidade?

  7. (Ufpr) Numere o texto abaixo, que nomeia vegetações encontradas no Brasil, de acordo com as descrições apresentadas no segunto texto, mais abaixo.( ) Mata de Araucária.
    ( ) Cerrado.
    ( ) Floresta Amazônica.
    ( ) Mangue.

    1. Vegetação que se desenvolve praticamente em toda a costa brasileira, em ambientes alagados, como desembocaduras de rios, onde há água salobra e local abrigado das ações das ondas. Possui raízes aéreas. Os impactos ambientais a ela associados são barragens de rios e urbanização.
    2. Desenvolve-se na região Sul do Brasil e em áreas onde o relevo é elevado, com climas frios. Vegetação adaptada ao clima subtropical, possuindo floresta aciculifoliada. Atualmente ainda sofre os impactos de atividades econômicas, como a extração de madeira e a agropecuária.
    3. Típica de regiões tropicais, ocorre em solos deficientes em nutrientes e ricos em ferro e alumínio, abrigando plantas de aparência seca, arbustos e gramíneas. Os impactos ambientais a ela associados são a agricultura mecanizada e a pecuária extensiva.
    4. Possui floresta fechada, formada de árvores de grande porte, onde vivem espécies animais de médio e pequeno porte, com escassa vegetação rasteira, pouco desenvolvida pela baixa incidência de raios solares no nível do solo. Nela ainda ocorrem o desmatamento ilegal e as queimadas.

    Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta da coluna da direita, de cima para baixo.

    a) 1 – 3 – 2 – 4.
    b) 3 – 4 – 1 – 2.
    c) 2 – 1 – 4 – 3.
    d) 4 – 2 – 3 – 1.
    e) 2 – 3 – 4 – 1.

  8. (Enem)

    Ecossistemas brasileiros: mapa da distribuição dos ecossistemas. Disponível em: http://educacao.uol.com.br/ciencias/ult1885u52.jhtm. Acesso em: 20 abr. 2010 (adaptado).

    Dois pesquisadores percorreram os trajetos marcados no mapa. A tarefa deles foi analisar os ecossistemas e, encontrando problemas, relatar e propor medidas de recuperação. A seguir, são reproduzidos trechos aleatórios extraídos dos relatórios desses dois pesquisadores.

    Trechos aleatórios extraídos do relatório do pesquisador P1:

    I. “Por causa da diminuição drástica das espécies vegetais deste ecossistema, como os pinheiros, a gralha azul também está em processo de extinção.”
    II. “As árvores de troncos tortuosos e cascas grossas que predominam nesse ecossistema estão sendo utilizadas em carvoarias.”
    Trechos aleatórios extraídos do relatório do pesquisador P2:
    III. “Das palmeiras que predominam nesta região podem ser extraídas substâncias importantes para a economia regional.”
    IV. “Apesar da aridez desta região, em que encontramos muitas plantas espinhosas, não se pode desprezar a sua biodiversidade.”

    Os trechos I, II, III e IV referem-se, pela ordem, aos seguintes ecossistemas:

    a) Caatinga, Cerrado, Zona dos cocais e Floresta Amazônia.
    b) Mata de Araucárias, Cerrado, Zona dos cocais e Caatinga.
    c) Manguezais, Zona dos cocais, Cerrado e Mata Atlântica.
    d) Floresta Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica e Pampas.
    e) Mata Atlântica, Cerrado, Zona dos cocais e Pantanal.

  9. (Ufu) O Cerrado é um Sistema Biogeográfico, composto por diversos subsistemas intimamente interatuantes e interdependentes que se relacionam com maior ou menor grau com as condições do clima, solo, água e o fogo.Sobre esse sistema, assinale a alternativa incorreta.

    a) As veredas, áreas de afloramento do lençol freático no cerrado, são caracterizadas por possuírem solos hidro mórficos. Nestas áreas predomina a vegetação arbórea, com diversas espécies de árvores que chegam a atingir 15m de altura, devido à umidade constante no solo ao longo do ano.
    b) Os solos do cerrado, além de ácidos, possuem certa deficiência nutricional que pode ser corrigida pela calagem e aplicação da adubação química.
    c) O cerrado é um domínio morfoclimático caracterizado por duas estações bem definidas, uma chuvosa com temperaturas mais elevadas e outra seca, com temperaturas amenas.
    d) A vegetação nativa do cerrado é bem adaptada ao fogo, regenerando-se com certa rapidez, principalmente após o retorno do período chuvoso.

  10. (Ufrj) Cerca de 95% do mercado nacional de gesso é abastecido pelos depósitos de gipsita existentes na Bacia do Araripe, no Sertão Nordestino. No Brasil, o processo de produção de gesso consome grande quantidade de energia proveniente da queima da lenha e do carvão vegetal, extraído do bioma Caatinga.a) Apresente uma característica da Caatinga que a diferencia das demais formações vegetais brasileiras.
    b) Aponte uma consequência ambiental do desmatamento da Caatinga.

Gabarito

Resposta da questão 1:
a) Trata-se da Floresta Aciculifoliada ou Mata das Araucárias, típica das áreas elevadas das regiões sul e sudeste do Brasil.
b) A altitude é uma das características físicas mais marcantes para explicar sua ocorrência fora da área nuclear, em lugares como a Serra da Mantiqueira (região sudeste).
c) A produção de papel e celulose, mobília e construção civil, além de atividades agropastoris, estão entre as principais atividades capazes de destruir esse ecossistema.

Resposta da questão 2:
a) O climograma I corresponde ao clima equatorial, com alta pluviosidade, pequena amplitude térmica e chuvas regulares, típico da Amazônia. O climograma II corresponde ao clima tropical, típico da região Centro-Oeste brasileiro, com duas estações bem definidas – um período chuvoso (verão) e outro seco (inverno) – e temperaturas médias superiores a 20 °C.
b) A vegetação típica da área do climograma I é a Floresta Amazônica ou Equatorial, enquanto a formação típica do climograma II é o Cerrado.

Resposta da questão 3: D

Resposta da questão 4: D

A condição tropical do Brasil, a expansão urbana desordenada com ocupação de áreas de risco em encostas, o desmatamento, são aspectos que formam um conjunto favorável a tragédias urbanas. A alta precipitação no verão com infiltração de água, o desmatamento que precede a ocupação deixando as encostas desprotegidas e os adensamentos habitacionais com moradias construídas sem apoio técnico e infraestrutura acaba resultando em deslizamentos com perda de vidas e prejuízos materiais. O fator geomorfológico descrito em 3 é falso, porções convexas na divergência de fluxos de água provoca dispersão hídrica e não concentração.

Resposta da questão 5: D

O clima do gráfico I é tropical continental ou semiúmido, com duas estações bem definidas: verão chuvoso e inverno seco com pequena queda de temperatura e pode ser encontrado na área B. O clima em II é equatorial sempre quente com pequena amplitude térmica e chuvoso o ano todo podendo ser encontrado em A. O clima no gráfico III é tropical de altitude, com duas estações bem definida e marcado pela maritimidade que lhe dá uma maior pluviosidade no verão se compararmos com o clima I e a altitude faz com que o inverno seja comparativamente mais frio, podendo ser encontrado em C.

Resposta da questão 6:

a) As ocorrências de atividades sísmicas relacionam-se aos deslocamentos de placas tectônicas. As placas tectônicas podem se deslocar basicamente de três formas: convergência, divergência e/ou transcorrência formando correntes magmáticas, resultantes de forças endógenas. São movimentos lentos e que acabam acumulando enormes quantidades de energia que periodicamente eclodem em ondas de choque resultando em terremotos ou, quando no leito marinho, em tsunamis (ondas gigantescas), para depois se acomodarem e reiniciarem o processo.

b) Qualquer área da crosta terrestre está sujeita a atividades sísmicas. A diferença está em sua intensidade. O território brasileiro encontra-se sobre a placa tectônica Sul-Americana na porção centro-leste em área de terrenos muito antigos, Pré-Cambrianos ou Arqueo-Proterozoico, consolidados sobre escudos cristalinos espessos que absorvem a pressão interna mais intensa, deixando surgir à superfície apenas os eventos de baixa magnitude. O Brasil fica distante da região de contato entre a placa Sul-Americana e a placa de Nazca com frequentes sismos de grande intensidade (Círculo do Fogo).

Resposta da questão 7: E

Devido à sua grande extensão territorial e diversidade climática, o Brasil possui grande variedade botânica, com importantes ecossistemas como a Mata de Araucária, o Cerrado, a Floresta Amazônica e os Mangues.

Resposta da questão 8: B

O Brasil se encontra entre os países com maior biodiversidade no mundo. Os diversos ecossistemas brasileiros estão relacionados à sua posição geográfica, altitude e climas, principalmente. Observando o relato do pesquisador 1, ele se desloca da Mata de Araucária, descrição I; e passa para o Cerrado, descrição II. Enquanto isso, o observador 2 deixa para trás a Mata ou Zona dos Cocais, descrição III e chega à Caatinga, descrição IV.

As demais alternativas são falsas, pois não seguem a sequência das descrições.

Resposta da questão 9: A

O Cerrado constitui-se num dos principais ecossistemas brasileiros, em especial na diversidade de fauna animal. Encontra-se cada vez mais pressionado pela expansão do agronegócio.

A alternativa [A] é falsa: as áreas de solo hidro mórfico nas várzeas fluviais são denominadas matas-galerias ou matas ciliares.

Resposta da questão 10:

a) O domínio morfoclimático da Caatinga é caracterizado pela presença de espécies xerófitas, cactáceas, resistentes à baixa umidade devido a sistema de raízes extensas.

b) Como consequências ambientais resultantes do desmatamento da Caatinga, podemos destacar: a perda da biodiversidade, o processo de desertificação e o aumento da erosão (aumento do risco de enchentes no período chuvoso).

Por: Professor Varetinha