Saiba como fazer uma faculdade em dois anos e veja onde

Universidades — Escrito por

Você quer fazer um curso superior, mas quer terminar os estudos rapidamente? O que acha de fazer uma faculdade em dois anos? Leia mais detalhes a seguir.

Se a alguns anos quem fazia uma faculdade em dois anos era visto com maus olhos por familiares e empregadores, hoje em dia esse quadro mudou. Os chamados cursos superiores de tecnologia ou graduação tecnológica estão ganhando cada vez mais adeptos.

Segundo informações do Censo de Educação Superior, o número de alunos matriculados em cursos de graduação tecnológica cresceu 331% entre 2014 e 2016, e hoje este número cresceu mais ainda.

Além de ser uma opção para aqueles estudantes que querem entrar logo no mercado de trabalho ou não tem tanta paciência para encarar quatro, cinco ou até seis anos sentado em uma sala de aula, os cursos tecnológicos saem bem mais baratos do que um bacharelado.

Quer saber mais informações sobre como funciona uma faculdade de dois anos e onde encontrar bons cursos de tecnologia? Continue a leitura deste post!

Qual a diferença entre o tecnólogo e o bacharel?

A principal diferença entre o curso tecnológico e o bacharelado é justamente o tempo de duração da faculdade. Enquanto para ser um tecnólogo em alguma área são necessários entre dois e três anos de estudo, para ser um bacharel são necessários entre quatro e seis anos, dependendo da área escolhida.

A formação em um curso de bacharelado oferece uma gama de conhecimento mais amplo. Boa parte das aulas são teóricas, mas há também a parte prática. Enquanto isso, o curso tecnológico oferece uma formação mais voltada para as necessidades do mercado de trabalho. Como a faculdade é feita em menos tempo, as matérias são condensadas para que os alunos aprendam apenas o que é necessário para exercer com maestria a profissão que desejam seguir.

O diploma de uma faculdade tecnológica é válido?

O diploma de uma faculdade feita em dois ou em quatro anos tem o mesmo valor  – desde que ele estude em uma faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Quem opta por fazer um curso tecnológico pode concorrer normalmente a uma vaga em cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado.

O profissional formado também pode concorrer a cargos públicos, desde que haja vagas para tecnólogos.

Quais as vantagens de fazer uma faculdade em dois anos?

A grande vantagem de fazer uma faculdade em dois ou em três anos é que você poderá se inserir no mercado de trabalho mais rápido. Segundo a pesquisa de qualificação profissional realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), no ano de 2016, mais de 90% dos tecnólogos no Brasil estavam empregados.

Isso mostra como a formação tecnológica abre as portas do mercado de trabalho para os profissionais. Além ser ter alta empregabilidade e serem formações mais rápidas, os cursos tecnológicos nas escolas particulares têm um valor mensal bem mais baixo do que os cursos de bacharelado e licenciatura.

O melhor de tudo é que há cursos de tecnologia na modalidade EAD, o que contribui para que o custo da graduação seja ainda menor! E existem graduações tecnológicas em diversas áreas do conhecimento.

Onde fazer uma faculdade de dois anos?

Grande parte das faculdades e universidades oferecem cursos de tecnologia em diversas áreas. Embora a maior parte das vagas esteja concentrada nas instituições particulares, faculdades públicas também oferecem o curso.

A seguir, citamos algumas faculdades particulares que oferecem graduação em dois anos. Confira!

Essas são apenas algumas instituições particulares que oferecem a graduação tecnológica em apenas dois anos. Se você quer pesquisar uma instituição em sua cidade, basta acessar o link do e-mec e realizar uma busca. Assim, você consegue informações completas sobre os cursos oferecidos em sua cidade.

Quais são as formas de ingresso em um curso tecnólogo?

As formas de ingresso em cursos tecnológicos são idênticas às modalidades como o bacharelado e a licenciatura. Para ingressar em uma faculdade pública, o estudante deve fazer o ENEM e se inscrever pelo SISU. Caso a instituição escolhida não opte por esse modo de seleção, o aluno deverá fazer a prova do vestibular.

Para ingressar em uma faculdade particular, o aluno pode fazer o vestibular tradicional, utilizar a nota do ENEM ou concorrer a uma vaga pelo PROUNI. Vale lembrar que estudantes que pretendem fazer uma faculdade em dois anos podem recorrer ao FIES para custear sua graduação.

Veja também:

Melhores faculdades particulares

Como usar o ENEM para entrar na faculdade

Gostou do conteúdo sobre cursos superiores em dois anos? Deixe seu comentário no post e conte para nós se você pretende fazer esse tipo de curso e por quê.

Comente