Veja faculdades de Medicina Veterinária que aceitam o Enem

Enem — Escrito por

Medicina Veterinária é para quem quer trabalhar com tudo relacionado a animais: do tratamento de doenças e cirurgias até as mais modernas técnicas de criação e beneficiamento.

A graduação é bastante procurada por aqui e conta com quase 100 mil alunos matriculados atualmente.

Uma das formas mais práticas de conseguir vaga neste curso é por meio do Enem. Com ele, é possível participar de até quatro processos seletivos diferentes e disputar um lugar ao sol em dezenas de instituições de ensino.

Quer conhecer as faculdades de Medicina Veterinária que aceitam o Enem? Dê uma olhada na relação a seguir!

Faculdades de Medicina Veterinária que aceitam o Enem

Com o Enem você pode estudar Medicina Veterinária em universidades por todo o Brasil.

Nesse caso, a seleção de novos alunos acontece por meio do Sisu, para quem quer estudar em universidades públicas, ou pelo ProUni, FIES e ingresso direto para quem quer fazer o curso numa particular.

Conheça a seguir algumas das principais faculdades que oferecem a graduação e aceitam a nota do Enem como forma de ingresso.

Faculdades públicas de Medicina Veterinária que aceitam o Enem

Há cerca de 50 instituições públicas, por todo o país, que aceitam a nota do Enem em cursos de Medicina Veterinária.

Essas vagas são bem concorridas. O processo seletivo que permite entrada em instituições públicas com a nota do Enem, o Sisu, quase sempre exige uma nota alta para quem pensa em entrar na disputa.

Nas últimas edições do processo seletivo, por exemplo, a nota média para entrar em Veterinária ficou na casa dos 705 pontos. Na mais tranquila, 650 pontos. Na mais concorrida, 800.

Para participar do Sisu o candidato só precisa ter feito o Enem mais recente e não ter zerado a redação. Para ver as vagas disponíveis e instituições participantes, só acessando o site oficial do Sisu na época das inscrições.

Faculdades privadas de Medicina Veterinária que aceitam o Enem

Vamos começar onde a oferta é maior. Nas faculdades privadas há muito mais vagas em Medicina Veterinária do que nas públicas – praticamente oito vezes mais!

Aqui também há mais processos seletivos que usam a nota do Enem: três, pelo menos.

Tem o ProUni, que concede bolsas de estudos parciais e integrais a quem fez o exame mais recente e tirou pelo menos 450 pontos na média, sem ter zerado a redação e atende a certos critérios socioeconômicos determinados pelo MEC (renda e formação escolar).

Há também o FIES, que financia cursos superiores (incluindo Veterinária) a juros baixos, prazo longo e cobrança da dívida somente após a formatura. Pode participar quem fez qualquer Enem a partir de 2010, obteve um bom desempenho nas provas (a pontuação exigida é a mesma do ProUni) e atende aos critérios socioeconômicos determinados pelo MEC.

E, para finalizar, ainda existe o ingresso direto, uma alternativa para entrar de forma rápida e descomplicada na faculdade particular: basta apresentar a nota obtida em qualquer edição dos exames a partir de 2010. Se tiver a pontuação exigida, já garante a vaga imediatamente.

Essas três formas de fazer Medicina Veterinária, juntas, estão presentes em centenas e centenas de faculdades pelo país.

Conheça algumas delas:

Para passar em Medicina Veterinária no ProUni você vai precisar de uma nota média equivalente a 650 pontos no Enem. No FIES, esse número cai para 605. No ingresso direto, varia bastante de faculdade para faculdade – mas, no geral, é bem mais tranquilo que os demais.

Veja também:

Descubra que nota preciso no Enem pra passar em Veterinária

O que achou dos processos seletivos e das faculdades que oferecem o curso de Veterinária? Conte para a gente nos comentários!

Comente