Faculdades que aceitam o ENEM no vestibular

Enem — Escrito por

Em 2009 o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) ganhou uma nova função: a de ajudar alunos a ingressarem em instituições públicas e até mesmo em algumas particulares – especialmente por ter se tornado critério para o financiamento estudantil (FIES) e bolsas de estudo governamentais (ProUni).

Cabe a cada instituição de ensino superior optar por qual maneira irá aceitar o ENEM em seu processo seletivo. Confira abaixo como cada universidade pode utilizar a nota no exame e veja como fazer a prova do ENEM pode ser importante!

 

SISU

O Sistema de Seleção Unificada (SISU) é um sistema criado pelo Ministério da Educação (MEC) em que as instituições de ensino oferecem vagas em seus cursos superiores para alunos que tenham feito a prova do Enem. Podem participar do SISU, os alunos que tenham feito o ENEM do ano anterior e tenham obtido nota maior que zero na redação. No SISU o estudante pode escolher duas opções de curso, e sua classificação será de acordo com o número de candidatos por vaga do curso escolhido pelo candidato. Além disso, o sistema possui políticas de ações afirmativas, em que algumas universidades possuem vagas reservadas a determinados alunos. Sendo aprovado no SISU, o aluno está automaticamente aprovado na universidade por ele escolhida e poderá iniciar seu curso de graduação.

ProUni

O Programa Universidade Para Todos (ProUni) foi criado pelo MEC em 2004 com o intuito de fornecer bolsas parciais e integrais a alunos que desejam ingressar em cursos de graduação de universidades privadas. Esse programa é concedido a estudantes sem o diploma de curso superior. Podem participar do ProUni:

  • Estudantes que tenham cursado o ensino médio em escolas públicas ou como bolsistas integrais em escolas particulares;
  • Estudantes que possuem algum tipo de deficiência;
  • Professores da rede pública de ensino.

Para se inscrever no ProUni, é necessário que o aluno tenha realizado o ENEM correspondente ao ano da inscrição, tenha obtido no mínimo 450 pontos nas quatro áreas do conhecimento do exame e não tenha zerado a redação.

FIES

Criado em 1999, o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do MEC que tem como objetivo auxiliar os alunos no financiamento das mensalidades dos cursos de graduação em instituições privadas. Podem concorrer ao FIES estudantes que estejam matriculados em cursos superiores. A partir do ano de 2010, o FIES passou a utilizar o ENEM, ou seja, para solicitar o FIES o aluno precisa ter feito esse exame. O estudante pode pedir o FIES durante qualquer período do curso.

Pronatec

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado em 2011 com o intuito de ampliar a oferta de cursos técnicos, tanto na forma presencial quanto na modalidade a distância. São 646 cursos de qualificação profissional e 220 cursos técnicos ofertados pelo Pronatec. Para ingressar no Pronatec pelo ENEM, o aluno precisa se inscrever no Sisutec e ter obtido nota maior que zero na redação. Todos os cursos ofertados pelo Pronatec são gratuitos.

Processo seletivo em universidades

Algumas instituições de ensino, tanto privadas quanto públicas, não utilizam o SISU, mas usam o ENEM como processo seletivo para seus candidatos. A nota no exame pode ser utilizada como critério único para classificação dos estudantes ou como parte da nota do vestibular.

Uma prova, diversas opções

Por isso é importante que os alunos estejam atentos às diversas opções para cursar a graduação que a prova do ENEM oferece. O SISU é atualmente a principal porta de entrada para os alunos em instituições de ensino superior, principalmente as públicas. Para verificar quais as faculdades aderiram ao ENEM basta entrar no site do Inep.

E você, qual é o seu maior interesse ao fazer o ENEM? Conte para nós o que pensa sobre essas oportunidades!

Tags: , , , ,

Comente