Veja como você consegue fazer a inscrição do Enem

Enem — Escrito por

Quem quer participar do Enem precisa ficar atento a todos os procedimentos.

Tudo começa com uma lida detalhada no edital, para ficar por dentro de todos os passos que o Enem exige, e depois encarar outro processo importantíssimo: a inscrição.

Aqui é preciso redobrar a atenção, já que dados informados incorretamente podem dificultar (e até impedir) seu acesso ao Enem.

Veja a seguir como você consegue fazer a inscrição do Enem em todas as etapas exigidas pelo MEC.

 

A inscrição do Enem

A inscrição para o Enem abre normalmente nas primeiras semanas de maio e fica no ar por cerca de dez dias.

Durante esse período, os interessados devem acessar o site oficial do exame e seguir mais de 10 passos para concluir o processo.

É um momento que exige toda atenção possível.

Veja abaixo todos os passos que você precisa seguir para conseguir fazer a inscrição do Enem:

 

Passo 1: Acesso

Durante o processo seletivo, acesse o site oficial do Enem e clique no link para a inscrição.

 

Passo 2: Primeiras informações

A primeira informação que você vai digitar na inscrição do Enem é o seu CPF.

Depois, sua data de nascimento.

Moleza, né?

 

Passo 3: Dados pessoais

Depois do CPF e da data de nascimento, é hora de informar seus dados pessoais.

São eles:

  • Nome completo
  • Data de nascimento
  • Nome da mãe
  • Sexo
  • Cor ou raça
  • Número da identidade
  • Órgão expedidor
  • UF da identidade (estado onde foi emitido o documento)
  • Estado Civil
  • Nacionalidade (escolher de uma lista)

Algumas informações já vão aparecer preenchidas automaticamente, especialmente se você já tiver feito o Enem de anos anteriores.

Passo 4: Endereço

Você precisa saber o CEP do seu endereço. Assim que digitá-lo no campo indicado, algumas informações vão surgir automaticamente, como:

  • Nome do logradouro (rua, avenida, etc.)
  • Bairro
  • Município
  • Estado

Aqui, basicamente, você só terá de preencher dois dados:

  • Número da sua casa ou do seu prédio
  • Complemento (número do apto, etc.)

Ah, não sabe o número do seu CEP? Pegue alguma correspondência que chegou aí na sua casa (conta de luz, por exemplo) e confira o endereço. Você pode também consultar o CEP pelo nome da sua rua na página dos Correios.

 

Passo 5: Atendimento especializado

O Enem prevê atendimento especial para pessoas que precisam de ajuda na hora de fazer a prova.

Nesta etapa, você precisa indicar se vai precisar ou não desse tipo de serviço.

Caso precise, será necessário apontar qual o tipo de atendimento. Na própria tela de inscrição há uma lista com diversas opções, que inclui, entre outras: deficiência auditiva, deficiência física, autismo, deficiência intelectual, dislexia, baixa visão, surdocegueira, mobilidade reduzida, etc.

Depois que você escolher o tipo de atendimento especial, terá de preencher mais uma série de informações com as particularidades do tipo apontado.

Caso não precise de atendimento especial, basta clicar em NÃO e pular para a próxima página.

Passo 6: Confirmação das informações

Esta etapa é bem simples: uma tela mostrará todas as informações já fornecidas pelo participante.

Leia com bastante atenção e, se estiver tudo certo, prossiga.

Se precisar de alguma correção, é só voltar e informar o dado exato.

 

Passo 7: Escolha da língua estrangeira

Aqui você vai informar se deseja fazer a prova de língua estrangeira do Enem em inglês ou espanhol. Só tem essas duas opções. Escolha com cuidado, porque mais adiante não dá para mudar de ideia.

 

Passo 8: Cidade onde vai fazer a prova

Aqui é preciso muita cautela para escolher em qual cidade você vai fazer o Enem.

O MEC vai dar um prazo extra, de poucos dias após o fim das inscrições, para que você mude de ideia se for necessário. Depois disso, sem chances.

Mesmo que, por motivo ou outro, você mude de cidade antes do Enem, terá de fazer a prova na cidade apontada anteriormente.

Para escolher, basta indicar o estado e a cidade onde quer prestar o exame. Se sua cidade não consta na lista, selecione a mais próxima.

 

Passo 9: Situação de conclusão do ensino médio

Aqui você vai dizer se concluiu ou se está concluindo o ensino médio.

Também terá de informar ao MEC se obteve o diploma por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Será necessário indicar ainda o tipo de escola que frequentou (se pública ou particular, com ou sem bolsa de estudos), a modalidade de ensino e o ano de conclusão.

 

Passo 10: Questionário socioeconômico

Aqui é preciso informar o nível de formação dos seus responsáveis: primário, médio, superior, pós-graduação, etc.

 

Passo 11: Dados de contato

Basta informar dados básicos, como número de telefone fixo, número de celular e e-mail.

É muito importante fornecer os dados corretos, porque o MEC pode tentar informar mudanças importantes no Enem por meio desses canais.

 

Passo 12: Criar uma senha de acesso

Crie uma senha de acesso que você lembre mais tarde, já que ela será necessária para entrar no sistema, obter o cartão de confirmação da inscrição, checar os resultados e até participar de processos seletivos como ProUni e FIES.

 

Passo 13: Baixar o boleto

Se você não obteve isenção na taxa, baixe o boleto com o valor da inscrição e faça o pagamento o quanto antes em qualquer agência bancária, correios ou casas lotéricas.

Sua inscrição só será confirmada depois que o pagamento for processado.

 

Onde estudar com a nota do Enem

Com o Enem você pode entrar em universidades públicas e particulares, em cursos de todas as áreas do conhecimento. São milhares de vagas disponíveis todos os anos por todo o Brasil.

Como são muitas instituições, foco é essencial para se dar bem.

Por isso a gente separou algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que merecem ser incluídas em seu radar.

Conheça:

 

Veja também:

Descubra se é possível conseguir bolsa de estudos com o Enem

Está com tudo pronto para fazer a inscrição do Enem? Conte para a gente nos comentários!

Comente