Saiba tudo sobre o resultado do Fies e entre na faculdade

Fies — Escrito por

Conheça todos os detalhes sobre o resultado do Fies e veja como entrar na faculdade com esse programa!

Ter um diploma de curso superior está nos planos de muitos brasileiros. Contudo, nem sempre realizar esse sonho é tarefa fácil, pois as universidades públicas são muito concorridas e as vagas em faculdades privadas exigem um investimento muito grande.

Porém, muitos alunos conseguem fazer uma faculdade particular com a ajuda do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que , desde 2001, quando foi criado, já beneficiou milhares de brasileiros que não tinham condições de pagar pela faculdade.

Uma iniciativa muito importante do governo federal, não é mesmo? Por isso, neste texto vamos falar como funciona o Fies e daremos detalhes sobre o resultado do processo de seleção dos beneficiados.

Como o Fies sofreu algumas alterações a partir de 2018, recebendo o nome de Novo Fies, algumas mudanças em relação à seleção dos aprovados também foram feitas. Vamos explicar tudo detalhadamente para que você entenda melhor.

Quem pode tentar o Fies?

Para que você possa ser beneficiário do Fies, assim como um dos aprovados, primeiramente você precisa atender a algumas exigências. Elas são estabelecidas para tentar selecionar os estudantes que mais precisam de auxílio do governo para fazer um curso de ensino superior.

Atualmente, existem duas modalidades no Fies, com os seguintes requisitos:

  • Modalidade Fies: o estudante deve ter renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.
  • Modalidade P-Fies: o candidato deve comprovar renda familiar mensal bruta, por pessoa, de três a cinco salários mínimos.

A pré-seleção do Fies: o que é?

A pré-seleção do Fies é uma fase intermediária da seleção do programa. Veja a sequência das etapas de inscrição para melhor compreender:

  1. O aluno se inscreve para tentar ser beneficiado pelo Fies,
  2. O MEC divulga o resultado da seleção: indica os pré-selecionados,
  3. Os pré-selecionados completam sua inscrição no SisFies,
  4. Após a conclusão da inscrição no SisFies, o estudante valida as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino em até 10 dias, contados a partir do dia seguinte ao da conclusão da inscrição.

Assim, o que acontece é que mesmo  que o aluno seja pré-selecionado, ele precisa cumprir algumas etapas, complementando a inscrição com outros detalhes que são solicitados pelo MEC. Só depois disso é que o aluno recebe o resultado definitivo.

Normalmente, o Fies não divulga um listão clássico com o nome dos aprovados. É obrigação do estudante verificar se conseguiu aprovação e dar continuidade ao processo de seleção.

Acessar o resultado do Fies

Para saber se você foi aprovado ou não, é preciso acessar o site oficial, inserindo seu CPF e senha cadastrada. Caso a resposta seja positiva, você já tem o que comemorar, mas ainda precisará prosseguir por mais alguns passos que indicamos acima para garantir sua bolsa.

Data da divulgação do resultado do Fies

O programa costuma seguir uma estrutura padronizada e normalmente conta com duas edições a cada ano, uma em cada semestre.

No 1º semestre, os resultados costumam sair no início do ano, entre janeiro e fevereiro, após a realização de programas como Sisu e ProUni.

No 2º semestre, a lógica é a mesma, porém os resultados devem ser divulgados entre julho e agosto.

Outra data importante neste processo é: da 2ª chamada, da lista de espera e das vagas remanescentes.

Faculdades que aceitam o Fies

É claro que para uma faculdade firmar a parceria com o MEC e oferecer Fies ela precisa ser bem avaliada.

Por isso selecionamos e apresentamos aqui algumas faculdades que contam com essa possibilidade. Essas instituições são autorizadas pelo MEC a oferecer Fies, além de oferecerem outras possibilidades de bolsas e financiamentos para seus estudantes:

Veja também:

Passo a passo do FIES

Fies vale para EAD?

Agora que você já sabe mais detalhes sobre o Fies, está pensando em fazer a faculdade e tentar o financiamento? Já escolheu onde vai estudar? Conte para a gente nos comentários!

Comente