Vá se preparando: daqui a pouco o Ministério da Educação (MEC) abre as inscrições para a segunda edição do FIES.

É a chance que milhares de estudantes esperam para conseguir um financiamento pra lá de vantajoso e fazer um curso superior com mais tranquilidade.

Mas você já sabe quando começa? Quem pode participar? Quando saem os resultados?

A seguir, veja todas as informações do FIES do 2º semestre de 2020!

Quando começa o FIES do 2º semestre de 2020

A partir de maio, quando sair o edital do FIES do segundo semestre, a gente fica sabendo direitinho quando a seleção vai começar.

Mas pode ir se preparando, porque vai ser provavelmente entre o final de junho e o início de julho de 2020.

As inscrições ficam abertas por menos de uma semana, por isso é bom redobrar a atenção. Quem perder só poderá tentar novamente daqui a alguns meses.

Quem pode participar do FIES do 2º semestre de 2020

Para participar da segunda edição do FIES 2020 é preciso atender a alguns requisitos.

O mais importante deles é ter feito o Enem e obtido desempenho de pelo menos 450 na média das provas, sem ter zerado a redação. O FIES aceita qualquer edição a partir de 2010.

O outro requisito é de renda familiar.

Para tentar vaga no novo FIES, que oferece financiamento a juro zero, o candidato deve ter renda de até três salários mínimos por pessoa da família.

Para concorrer ao P-FIES, modalidade de financiamento com juros variáveis – mas ainda assim abaixo da média do mercado – a renda familiar deve ser de até cinco salários por pessoa.

Como se inscrever no FIES do 2º semestre de 2020

Para se inscrever no FIES, você deve acessar o site oficial do programa durante o período de inscrição.

Precisa digitar número de CPF, data de nascimento e seguir as instruções no sistema.

É bastante simples: basta informar alguns dados pessoais, responder a um questionário socioeconômico e, ao final de tudo, escolher três opções de curso que gostaria de financiar dentre aqueles oferecidos no sistema.

O FIES recomenda que os candidatos inscritos acompanhem o desenrolar da seleção durante o período. É que as notas mínimas para entrar em cada curso pode mudar à medida que mais gente vai se inscrevendo.

Para não perder a chance de obter o financiamento, o candidato pode alterar os cursos desejados quantas vezes for necessário, até o último dia de seleção.

Quando sai o resultado do FIES do 2º semestre de 2020

O FIES é bastante rápido.

Se a seleção dura quatro dias, os resultados saem pouco depois disso.

Na segunda-feira seguinte ao encerramento, os candidatos vão poder acessar o site oficial do FIES e saber se conseguiram a vaga de financiamento desejada.

Se forem aprovados logo de cara terão, na sequência, que cumprir algumas outras etapas, que incluem:

  1. Fazer o cadastro no sistema financeiro do FIES.
  2. Levar a documentação exigida à comissão especial do FIES (CPSA) na faculdade desejada.
  3. Se estiver tudo dentro dos conformes, levar a documentação para abertura do financiamento junto ao banco escolhido.

Aos que não forem aprovados, o FIES oferece uma segunda chamada, com mais uma leva de aprovados que podem ser chamados a qualquer momento. Basta ficar atento.

Depois disso, ainda tem uma lista de espera!

Mas ainda não acabou.

Meses mais tarde, lá para setembro, o FIES deve abrir mais uma seleção: a das vagas remanescentes.

Ou seja: é mais uma oportunidade de ganhar o financiamento. Os interessados devem se inscrever novamente e quem se adiantar terá mais chances de levar, dado que os benefícios são distribuídos por ordem de chegada.

Os critérios de inscrição são praticamente os mesmos do FIES regular. A única diferença está na renda familiar, que não pode exceder três salários mínimos.

O ingresso direto do 2º semestre de 2020

Quem perder ou não passar no FIES 2020 ainda tem chances de entrar na faculdade no segundo semestre.

O ingresso direto estará a pleno vapor. Com ele, os interessados podem entrar em diversos cursos de inúmeras faculdades particulares, só apresentando a nota do Enem. Não é preciso fazer vestibular nem passar por qualquer tipo de seleção.

A nota em si já garante acesso à maioria dos cursos. Só não pode ter zero na redação.

Caso consiga entrar, o candidato precisa levar o documento à faculdade escolhida e efetuar a matrícula.

Faculdades que estarão no FIES do 2º semestre de 2020

O FIES tem a vantagem de trabalhar apenas com faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC.

Caso você consiga o financiamento, pode ter certeza de que seu investimento será feito num curso que irá lhe trazer retorno financeiro e profissional mais adiante.

Se você está pensando em entrar na faculdade pelo ingresso direto, precisa verificar a qualidade da instituição junto ao MEC. Se for bem avaliada, pode ir: seu diploma será igualmente bem recebido no mercado de trabalho.

Abaixo, a gente selecionou algumas faculdades onde você encontra o financiamento do FIES e o modelo de ingresso direto.

Descubra:

Veja também:

Saiba como você pode fazer a prova digital no Enem 2020

Tudo pronto para encarar o FIES do segundo semestre? Qual curso você gostaria de financiar? Conte para a gente!