Fique por dentro das competências exigidas na redação do ENEM

Enem, Notícias, Redação — Escrito por

O INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão do Governo Federal que será responsável pela aplicação do Enem 2014, lançou no ano passado a cartilha chamada A Redação no ENEM: Guia do Participante. Esta tem como objetivo tornar mais transparente a metodologia de correção da redação e informar o que se espera do participante em cada uma das competências da matriz de referência.

Indicaremos e descreveremos as competências exigidas na redação do ENEM para os interessados em ter sucesso na redação.

Competências que o Enem pede para o candidato atribuir na redação:

  1. Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa – Nesta modalidade os avaliadores irão averiguar como o candidato distingue as diferenças entre a modalidade oral (falada) e a modalidade escrita da Língua Portuguesa. Ao escrever sua redação procure ser claro, objetivo e direto, além de ter um vocabulário diferenciado e rico.
  2. Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo – A banca avaliadora verificará se você entendeu o que a proposta de redação pede e, além disso, se você consegue aplicar o seu conhecimento de mundo, fazendo intertextualidade do tema com outras notícias e conhecimentos já adquiridos, seguindo as características do texto dissertativo-argumentativo.
  3. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista – É importante nesta competência que você use sua capacidade de compreensão e interpretação acerca do tema proposto e de sua habilidade de argumentar a tese que pretende defender.
  4. Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação – Todo o texto é um encadeamento lógico de ideias. Cada parágrafo deve estabelecer relação com os anteriores, mesmo que a ideia seja nova. Para que isso ocorra com fluidez, você precisa ter conhecimentos dos recursos linguísticos que garantam a continuidade de um parágrafo ao outro, gerando um texto coeso.
  5. Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos – A última competência avaliará a sua proposta de intervenção na vida social. Lembrando que a proposta deve contemplar cada ponto abordado na argumentação, mantendo uma relação direta com a tese desenvolvida e coerência com os argumentos utilizados. A coerência será um dos aspectos decisivos na avaliação. A proposta precisa, ainda, respeitar os direitos humanos como: cidadania, liberdade, solidariedade e diversidade cultural.

Para mais informações, é possível verificar a cartilha especialmente elaborada para sanar as dúvidas sobre o ENEM.

Tags: , ,

Comente