Saiba qual o horário do Enem 2016 para não perder a prova

Enem — Escrito por

O Enem está chegando e, com ele, aquela onda de ansiedade. Além da correria de estudar e fazer as últimas revisões, rola aquela dúvida: vou conseguir chegar a tempo ou vou entrar para a galeria dos atrasados do Enem?

O edital do Exame informa os horários de abertura e fechamento dos portões, início e término da prova. Só tem um porém: a referência é o horário de Brasília e muita gente se confunde. O horário de verão, que entrou em vigor na metade de outubro, ajudou a complicar o meio de campo.

Se você está em dúvida quanto aos horários de prova do Enem 2016, saiba que está no lugar certo. Vamos listar aqui todos os horários das provas, estado por estado. Confira!

 

Datas das provas do Enem 2016

A exemplo dos anos anteriores, o Enem 2016 acontece em um fim de semana. Veja como fica a programação:

5 de novembro (sábado):

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: com conteúdos de História, Geografia, Filosofia e Sociologia.
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: envolvem as matérias de Química, Física e Biologia.

Duração: 4h30

 

6 de novembro (domingo):

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: com questões de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação.
  • Matemática e suas Tecnologias: engloba conteúdos de Matemática.
  • Redação: texto dissertativo-argumentativo em prosa sobre o tema proposto, com no máximo 30 linhas.

Duração: 5h30

 

Horário de abertura dos portões do Enem 2016

Em 2016, os portões dos locais de prova do Enem vão abrir ao meio-dia (horário de Brasília).

 

 

Horário de fechamento dos portões do Enem 2016

A organização do Enem não aceita desculpas. Os portões fecham às 13 h (horário de Brasília) e, nessa hora, quem não estiver dentro do local de prova pode dar meia-volta – para os atrasados, Enem só no próximo ano!

 

 

Horário de início da prova do Enem 2016

As provas do Enem 2016 têm início às 13h30 (horário de Brasília). O tempo entre o fechamento dos portões e o sinal verde para os candidatos abrirem os cadernos de questões, 30 minutos, serve para que os organizadores façam todas as verificações de segurança e identificação dos participantes.

 

E atenção: uma vez dentro da sala de prova, não dê bobeira! Nada de abrir a prova antes para dar aquela espiadinha. Quem não respeitar as ordens do aplicador (fiscal de prova) pode ser eliminado do Enem!

 

Horário das provas do Enem 2016 por estado

Você já sabe que a programação do Enem segue o horário oficial de Brasília. Só que o Brasil, com suas dimensões continentais (são mais de 8,5 milhões de quilômetros quadrados!), tem nada menos que quatro fusos horários diferentes. E agora?

 

Não se preocupe que vamos ajudar você a planejar sua agenda do Enem de acordo com o horário local do seu estado. Vamos lá?

 

Estados que seguem a hora oficial de Brasília:

  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Rio de Janeiro
  • Rio Grande do Sul
  • Santa Catarina
  • São Paulo

 

Nesses locais, os horários do Enem serão:

  • Abertura dos portões: 12 h
  • Fechamento dos portões: 13 h
  • Início das provas: 13h30

 

Para quem mora em outros estados, muita atenção por causa do fuso horário e também do horário de verão!

 

Nos seguintes estados, os portões abrem às 11 h, fecham ao meio-dia, e às 12h30 começam as provas (pelo horário local):

  • Alagoas
  • Amapá
  • Bahia
  • Ceará
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Pará
  • Paraíba
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Sergipe
  • Tocantins

 

Os portões abrem às 10 h, fecham às 11 h e as provas começam às 11h30 (horário local) nos estados abaixo:

  • Amazonas
  • Rondônia
  • Roraima

 

Por fim, no Acre, os portões abrem às 9 h, fecham às 10 h e as provas começam às 10h30 (horário local).

 

Quando sai o resultado do Enem 2016

Você poderá acessar seu Boletim de Desempenho Individual, com as notas de cada prova e da redação, no dia 18 de janeiro de 2017.

 

O que fazer com a nota do Enem 2016

O legal de participar do Enem é que a nota pode ser usada para entrar em universidades públicas e privadas de todo o Brasil. Descubra como:

 

Nota do Enem para entrar na universidade pública: se você não zerar na redação, poderá se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usa o desempenho no Enem mais recente para classificar candidatos a vagas em diversas universidades públicas. Cada instituição pode estabelecer seus próprios critérios de nota mínima para concorrer a uma de suas vagas. Quanto melhor for sua pontuação, maiores as chances de passar. Com seu desempenho no Enem 2016 você poderá participar de duas edições do Sisu em 2017, em janeiro e em junho.

 

Nota do Enem para conseguir bolsa de estudos: o Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma iniciativa do Governo Federal que oferece bolsas de estudos em faculdades particulares a estudantes de baixa renda. O critério de seleção é a nota do Enem mais recente. Para se inscrever no ProUni em 2017, você precisa atender aos requisitos de escolaridade e renda familiar, além de ter atingido pelo menos 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação do Enem 2016. Serão duas oportunidades: no primeiro e no segundo semestre.

 

Nota do Enem para financiar seus estudos: O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) também faz parte do esforço do Governo Federal para ampliar o acesso ao ensino superior à população de baixa renda. Trata-se de um empréstimo a juros baixos e prazo longo para quitar a dívida. O FIES vem passando por algumas mudanças e está cada vez mais difícil conseguir o benefício. Para concorrer é preciso cumprir requisitos de renda familiar, além de apresentar pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação de qualquer edição do Enem a partir de 2010. Muitas vezes é necessário atingir uma pontuação bem maior para ser classificado. Caso as regras não mudem, você poderá usar sua nota do Enem para participar do FIES em 2017 e nos anos seguintes.

 

Nota do Enem para entrar na faculdade privada sem fazer vestibular: por ser praticamente um vestibular, o Enem tem servido como porta de entrada em inúmeras instituições privadas, sem que o candidato precise fazer outras provas. Os critérios variam entre as faculdades, podendo envolver ou não pontuação mínima.

 

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC que costumam participar dos programas do Governo Federal de acesso ao ensino superior (ProUni e FIES) e aceitam a nota do Enem como forma de ingresso direto:

Veja também:

Confira agora como ver seu resultado do ENEM 2016

 

 

Anotou os horários das provas do Enem? Conte para a gente como está se preparando para o grande dia!

Comente