Para o Exame Nacional do Ensino Médio de 2013, todos os candidatos inscritos realizarão as provas nos dias 26 e 27 de outubro de 2013. O presidente do Inep durante entrevista citou algumas regras de segurança a serem seguidas no exame e pontos críticos a serem adotados nos critérios de correção.

De acordo com as estatísticas do MEC, o estado de São Paulo lidera com 1,1 milhão de inscrições e em seguida o estado de Minas Gerais com total de 800 mil inscritos. Ao total em todo o Brasil foram 7.153.574 inscrições. Em 15 anos este foi o recorde de inscrições feitas, 26% a mais do que o ano de 2012.

Avaliação e Critérios

Em relação a Redação, segundo estatísticas, o tempo médio necessário para a correção é de 2,5 minutos por corretor. A redação deve ser corrigida por dois corretores, e caso necessário, um terceiro corretor. Sendo assim, para esta edição do Enem 2013 será necessário de pelo menos 9,5 mil corretores nacionais.

Na edição 2012 do Enem, foram geradas muitas polêmicas relacionadas ao conteúdo inadequado que receberam pontos, em relação a este empecilho foram tomadas algumas medidas. De acordo com o Inep, todas as provas que demonstrarem descompromisso com o exame, que existirem partes desconexas ou brincadeiras, receberão a nota zero.

Exame Nacional do Ensino Médio

A todos os candidatos que forem usufruir do Enem para obter o certificado de conclusão do ensino médio, terão que indicar a instituição de ensino para qual estará autorizada a receber seus dados e resultados. Para a obtenção do certificado, o candidato deverá obter uma nota de no mínimo de 450 pontos nas provas de múltipla escolha e 500 pontos mínimos na redação.