Se você quer participar do Enem 2020, precisa ficar de olho no prazo de inscrição. Imagine só, perder o prazo e ter que esperar um ano inteiro para a próxima edição… Mas você não precisa se preocupar porque vamos explicar quando e como se inscrever no Enem neste artigo!

Com a nota do Enem você pode participar de processos seletivos do ensino superior, como Sisu, ProUni e FIES, para tentar uma vaga em universidades públicas ou bolsas de estudos e financiamentos em instituições privadas.

Você também pode usar o resultado do exame para entrar em uma faculdade particular sem fazer o vestibular interno e ainda conseguir um bolsa de estudos ou desconto na mensalidade.

Mas, para ter acesso a todas essas oportunidades, tudo começa com a inscrição no Enem. Conheça o prazo e aprenda como se inscrever a seguir.

Prazo de inscrição do Enem 2020

É provável que o prazo de inscrição do Enem 2020 comece no dia 4 de maio de 2020 e termine no dia 15 de maio de 2020. Porém, a data oficial ainda não foi divulgada pelo Inep, órgão responsável pelo Enem.

Como se inscrever no Enem 2020

As inscrições para o Enem 2020 devem ser enviadas pelo Sistema Enem (site do Enem-Inep).

Para realizar a inscrição, o participante deverá ter em mãos:

  • Número do CPF
  • Dados do RG (número, data de expedição e órgão emissor)
  • Endereço com CEP
  • Telefone e e-mail válidos

Durante a inscrição, também será preciso cadastrar uma senha, que servirá para acompanhar a participação do candidato durante o Enem.

Basta acessar o Sistema Enem, resolver o desafio (indicar a palavra que corresponde à figura apresentada) e informar o número do CPF para dar início ao processo de inscrição. 

Depois é só preencher todos os campos solicitados até o sistema emitir o boleto para pagamento da taxa de inscrição (se o candidato não tiver conseguido a isenção) e mostrar uma mensagem confirmando o envio da solicitação de inscrição.

Taxa de inscrição

Para que a inscrição no Enem 2020 seja confirmada, o participante precisa pagar a taxa de inscrição até o prazo de vencimento. O valor da taxa em 2020 deve custar aproximadamente R$ 87 (valor ainda não divulgado pelo Inep).

Existe a possibilidade de obter isenção dessa taxa para participar do Enem sem pagar nada. Contudo, o prazo para solicitar a isenção ocorre antes do período de inscrições.

Isenção do Enem 2020

Estima-se que o prazo para pedir isenção da taxa de inscrição do Enem 2020 ocorra entre os dias 30 de março e 8 de abril de 2020. Os pedidos de isenção devem ser enviados pelo Sistema Enem.

Os resultados dos pedidos de isenção devem ser divulgados no dia 20 de abril de 2020. Quem tiver a solicitação de isenção negada precisará pagar a taxa de inscrição, dentro do prazo previsto no edital, para poder fazer a prova.

E mesmo quem conseguir a isenção precisará fazer a inscrição normalmente, dentro do prazo.

Datas do Enem 2020

  • Prazo para solicitar isenção: de 30 de março a 8 de abril de 2020 (data estimada).
  • Resultado dos pedidos de isenção: 20 de abril de 2020 (data estimada).
  • Prazo de inscrição: de 4 a 15 de maio de 2020 (data estimada).
  • Divulgação dos locais de provas: outubro de 2020 (data estimada).
  • Aplicação das provas digitais: 11 e 18 de outubro de 2020 (data confirmada pelo Inep).
  • Aplicação das provas impressas: 1º e 8 de novembro de 2020 (data confirmada pelo Inep).
  • Divulgação dos resultados individuais: janeiro de 2021 (data a confirmar).

Como usar o resultado do Enem 2020

Conheça agora as diferentes formas de usar a nota do Enem 2020 para entrar no ensino superior.

Sisu 2021

Os participantes do Enem 2020 que não zerarem a prova de redação poderão se inscrever no Sisu 2021.

O Sisu é uma plataforma on-line gerenciada pelo MEC por meio da qual instituições públicas de todo o Brasil disponibilizam vagas em seus cursos de graduação, selecionando os candidatos pela nota do Enem.

ProUni 2021

Participantes do Enem 2020, cuja nota média das provas for igual ou superior a 450 pontos, com nota acima de zero na redação, poderão se inscrever no ProUni 2021.

O ProUni é um programa do MEC que oferece bolsas de estudos parciais e integrais em instituições privadas a brasileiros sem ensino superior que cumpram os requisitos socioeconômicos do programa. Os candidatos também são selecionados pela nota do Enem.

FIES

O FIES é outro programa do MEC que oferece financiamentos a juros baixos ou zero em cursos presenciais de instituições privadas. O participante do FIES só começa a quitar a dívida do financiamento após se formar.

Para se inscrever no FIES, é preciso ter feito alguma edição do Enem a partir de 2010 e ter obtido nota média das provas igual ou superior a 450 pontos e nota acima de zero na redação. Assim como no Sisu e ProUni, os candidatos são selecionados pela nota do Enem.

Ingresso direto em faculdades particulares

Várias faculdades privadas permitem que os candidatos utilizem a nota do Enem para entrar diretamente em seus cursos, sem fazer o vestibular interno. Algumas faculdades ainda dão bolsas de estudos de até 100% e descontos especiais para quem opta por essa forma de ingresso.

Geralmente a nota média mínima do Enem para passar nesse processo seletivo fica em torno de 300 pontos, sem ter zerado na redação, mas isso varia conforme a faculdade e o curso. Normalmente são aceitas notas do Enem a partir da edição de 2010.

Onde estudar

Conheça agora algumas faculdades autorizadas e bem avaliadas pelo MEC nas quais você poderá entrar direto com a nota do Enem e ganhar bolsa de estudos ou um desconto na mensalidade:

Saiba mais:

Entenda como você pode usar a nota do Enem no Sisu

Entenda como funcionam as inscrições para o ProUni

Veja como solicitar a isenção da prova do Enem 2020

Depois de saber qual é o prazo de inscrição do Enem 2020 e como se inscrever, conte para a gente nos comentários: você vai usar a nota do Enem para entrar na faculdade? Em qual curso?