Prepare-se para o pagamento do valor da inscrição do Enem 2020 ou tente pedir a isenção da taxa em 2020.

Não podemos mais falar hoje sobre ensino superior sem pensar no Enem. Quem deseja começar uma faculdade, seja pública, seja particular, está ciente de sua importância e da necessidade de ficar atento a todas as datas importantes da prova.

O Enem não é somente uma prova classificatória, ele utiliza métodos de correção que avaliam o desempenho dos estudantes, e seus resultados contribuem como indicadores para a educação brasileira em geral.

O que preocupa a muitos é o valor das inscrições, porém, ela existe com o propósito de aliviar um pouco as contas do MEC, que, mesmo assim, custeia mais de 70% dos candidatos que solicitam a isenção da taxa anualmente.

Você vai saber, agora, tudo sobre os valores e as inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio. Não deixe de ler!

Sobre o Enem 2020

O Enem acontece uma vez ao ano, e sua prova é realizada em dois domingos, nos quais são divididas quatro áreas do conhecimento estudadas na grade curricular obrigatória do ensino médio. 

No primeiro domingo, acontecem as provas de Linguagens, códigos e suas tecnologias e Ciências humanas e suas tecnologias, com 45 questões objetivas cada. 

Nesse mesmo dia é exigida uma redação, de no máximo 30 linhas, com um texto dissertativo-argumentativo a partir de outros textos disponibilizados que contextualizam uma situação-problema.

No segundo domingo acontecem as provas de Ciências da natureza e suas tecnologias e Matemática e suas tecnologias, também com 45 questões objetivas cada.

O resultado do Enem é uma composição dessas notas, que são atribuídas por um sistema denominado Teoria de Resposta ao Item (TRI).

Divididas por grau de dificuldade (fáceis, médias e difíceis), esse sistema faz um balanceamento da consistência das respostas para avaliar o real desempenho dos candidatos e entregar uma nota final. 

A redação passa por dois corretores que avaliam cinco critérios: modalidade escrita, tema e tipo de texto, coerência textual, coesão textual e propostas de intervenção. Ela não entra na TRI e tem uma nota máxima de 1.000 pontos.

Taxa de inscrição do Enem 2020

A taxa de inscrição do último Enem foi de R$ 85,00. Ao fazer a inscrição, é gerada uma GRU (Guia de Recolhimento da União), que pode ser paga em qualquer agência bancária, casas lotéricas e agências dos Correios. 

A taxa é cobrada para custear todas as despesas com a prova, apesar de haver uma verba do MEC destinada todos os anos para suplementar as inscrições que não são pagas.

Como já dissemos, são mais de 70% dos inscritos que se beneficiam da isenção e os pagantes não são suficientes para cobrir tudo o que é necessário, como a impressão da prova, pagamento de funcionários e gastos de manutenção das escolas com eletricidade, água e materiais de higiene dos banheiros.

A isenção é um direito que os candidatos de escolas públicas e que possuem baixa renda podem exigir, conforme detalharemos a seguir.

Isenção de pagamento do Enem 2020

O valor da inscrição, apesar de necessário, acaba pesando no bolso dos candidatos menos favorecidos financeiramente. Por essa razão, existem alguns critérios para se fazer o pedido e não pagar nada pela prova, que são:

  • Estar regularmente matriculado no último ano do ensino médio, em escola pública declarada ao Censo Escolar.
  • Ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou ter sido aluno de escola particular, na condição de bolsista integral, e declarar, em ambos os casos, renda familiar menor ou igual a 1,5 salários mínimos por membro.
  • Viver  em condições de vulnerabilidade e possuir inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), informando o Número de Identificação Social (NIS), e declarar renda familiar de meio salário mínimo por pessoa ou total de 3 salários mínimos de renda familiar.

Quando pedir a isenção do Enem 2020

Os pedidos de isenção acontecem antes da data de inscrição e são determinados por um cronograma que é publicado no edital do exame.

Caso a solicitação seja negada, ainda há a possibilidade de entrar com um recurso e, ao fim de todo esse processo, saem os resultados definitivos de quem receberá o benefício.

É importante não perder nenhuma data do cronograma, que são rigorosamente seguidas. Se você perder o prazo ou enviar uma solicitação após o horário determinado no edital, não há como correr atrás do prejuízo, terá que pagar a taxa de inscrição.

Cronograma geral do Enem 2020

Como as datas definitivas ainda não saíram, confira esse cronograma que montamos com os eventos importantes do Enem e prováveis meses que acontecerão:

  • Publicação do edital: março.
  • Pedidos de isenção de taxa e recursos: abril.
  • Justificativa de ausência do ano anterior e recursos: abril.
  • Resultados dos pedidos de isenção e justificativa de ausência: maio.
  • Inscrições: maio.
  • Pedido de atendimento especializado e/ou específico: maio.
  • Recursos e resultados de pedido de atendimento especializado e/ou específico: junho.
  • Divulgação do cartão de confirmação da inscrição, com os locais de prova: outubro.
  • Provas: novembro.
  • Resultados individuais: janeiro de 2021.
  • Resultados de treineiros: março de 2021.

Onde estudar com a nota do Enem

Esse é o melhor momento! Escolher qual curso e onde estudar. E não faltam opções nas faculdades públicas e particulares.

Você pode usar sua nota do Enem para processos seletivos do governo, como o Sisu, ProUni e FIES, e entrar direto em várias universidades, como essas aqui:

Encontrou algum curso que lhe agrade? Temos certeza que sim!

Você deve ter notado também que todas elas são reconhecidas pelo MEC e que o seu ensino superior pode ser realizado na modalidade presencial ou a distância.

E a oferta de bolsas de estudos que podem chegar a até 100%? Se não viu, volta lá no site de cada uma delas e busque informações sobre esses descontos que certamente irão ajudar na escolha de uma nova profissão em 2020.

Veja também:

Conheça o passo a passo de como pedir a isenção do Enem 2020

Conheça o edital do Enem 2020 e todas informações importantes

Preparado para o próximo Enem? Comente conosco o que pensa sobre a taxa de inscrição e se você vai pedir a isenção.