Pretende concorrer a uma das milhares de vagas oferecidas via Sistema de Seleção Unificada? Veja como fazer a sua inscrição no Sisu!

Você sabia que o Sisu oferece cerca de 280 mil vagas por ano em universidades públicas? 

São aproximadamente 230 mil no Sisu do primeiro semestre, com as inscrições que acontecem entre janeiro e fevereiro. E mais 50 mil vagas no Sisu do segundo semestre, com inscrições em junho — dados do Ministério da Educação (MEC).

Interessado em estudar em uma faculdade pública? Então, você precisa fazer sua inscrição no Sisu. Veja como se inscrever na próxima edição!

Inscrição do Sisu: passo a passo para concorrer a uma vaga no primeiro ou no segundo semestre

O pré-requisito para participar do Sisu é ter feito o Enem do ano anterior e ter obtido nota maior que zero na prova de redação.

Por exemplo, quem pretende começar os estudos em uma faculdade pública em 2021 deve, obrigatoriamente, participar do Enem 2020 e se inscrever no Sisu 2021. 

Vamos ao passo a passo da inscrição no Sisu:

  1. Acesse o sistema do Sisu (sisualuno.mec.gov.br) durante o período de inscrições.
  2. Informe o número de inscrição do Enem e a senha cadastrada para entrar no sistema.
  3. Revise e confirme seus dados para o Sisu entrar em contato com você.

Uma vez dentro do portal do Sisu, não precisa se preocupar com a sua pontuação no Enem. O sistema puxa automaticamente a nota de cada prova e calcula a sua média. 

Agora é hora de escolher as opções de curso entre bacharelado, licenciatura e graduação tecnológica. Para isso:

  1. Clique no botão “Fazer inscrição na 1a opção”.
  2. Pesquise as vagas disponíveis para o curso desejado, faça a busca por cidade, por universidade ou pelo nome da graduação. 
  3. Ao encontrar o curso, leia as informações sobre as modalidades de disputa de vagas (ampla concorrência e ações afirmativas).

No quadro informativo sobre a graduação, você confere a nota de corte para cada tipo de disputa. 

Além disso, o sistema exibe automaticamente a sua nota de corte e posição que ocupa no ranking no momento da inscrição. Isso ajuda você a ter uma ideia das suas reais chances de ser aprovado de primeira. 

Mas atenção: o ranking não é definitivo. Sua posição pode subir ou descer durante a semana de inscrição. A nota de corte final só é calculada após o término do período de inscrições no Sisu. 

Continuando o processo: 

  1. Com a primeira opção definida, clique em “Escolher este curso”.
  2. Logo depois, clique em “Escolher esta modalidade”, para o tipo de disputa adequado ao seu perfil (ampla concorrência ou ação afirmativa).
  3. Leia os detalhes sobre a documentação que deverá apresentar no momento da matrícula, caso você seja aprovado.
  4. Clique em “Estou ciente de toda a documentação exigida (…)”.
  5. Clique em “confirmar minha inscrição nesta opção”.

Pronto! Você concluiu a primeira parte desse processo. Repita os passos 4 a 11 para escolher a segunda opção de curso, finalizar sua inscrição no Sisu e aguardar o resultado.

O que fazer se você não for aprovado no Sisu

Não foi selecionado de primeira em nenhuma das opções do Sisu? Manifeste interesse na lista de espera para continuar a concorrer a uma vaga. 

Quem sinaliza interesse dentro do prazo, entra na listagem encaminhada às universidades públicas e precisa acompanhar as chamadas diretamente no site da faculdade.

A universidade usa o documento para realizar convocações e preencher todas as vagas do semestre. Isso significa que ainda há chances de conseguir a vaga em uma faculdade pública.

A UFRJ, por exemplo, realiza cerca de 4 a 9 chamadas por semestre durante um período de 2 meses após o encerramento do Sisu.

Alternativas para começar a graduação sem o Sisu 

Não foi convocado nem pela lista de espera? Existem alternativas para iniciar a tão sonhada faculdade: o ProUni, o FIES e o Ingresso Direto em faculdades privadas.

Essas formas de ingresso aproveitam a nota do Enem, dispensam você de fazer novas provas e possibilitam cursar uma graduação pagando menos.

Para ajudar, selecionamos algumas faculdades reconhecidas pelo MEC que aceitam o resultado do Enem, concedem bolsas de estudos de até 100% conforme a pontuação no exame, disponibilizam opções de parcelamento do curso e ainda participam do ProUni:

Veja também:

Saiba tudo sobre bolsas de estudos para entrar na faculdade

Agora que você já sabe como fazer a inscrição no Sisu, compartilhe sua escolha: qual graduação deseja cursar?