Com o FIES a gente consegue fazer um curso superior na boa, sem se preocupar com as mensalidades.

As parcelas do financiamento só chegam depois da formatura, com juros baixos e um prazo a perder de vista.

Para obter tamanha facilidade é preciso encarar um processo seletivo que usa a nota do Enem. Há vagas em centenas e centenas de boas faculdades pelo país e o programa oferece sempre duas chances de passar.

A seguir, entenda como funciona a lista de aprovados do FIES 2020 e descubra se você se deu bem!

Como é a seleção do FIES 2020

Para 2020 estão previstas duas edições do FIES.

A maior delas acontece em fevereiro, com inscrições entre os dias 5 e 12. A segunda, em junho ou julho.

Pode concorrer ao crédito estudantil quem obteve pelo menos 450 pontos na média das provas Enem e não zerou a redação. Dá para a usar a pontuação de qualquer edição do exame a partir de 2010.

A renda familiar mensal bruta não pode exceder cinco salários mínimos por pessoa.

Durante a seleção, que dura quatro dias, os inscritos podem escolher até três opções de curso disponíveis na plataforma. O sistema permite mudar de ideia quantas vezes for preciso, até o último minuto.

Poucos dias depois vêm os resultados. Será que você vai estar entre os aprovados?

Entenda como funciona a lista de aprovados do FIES 2020 logo abaixo!

Como funciona a lista de aprovados do FIES 2020

Quando os resultados do FIES 2020 estiverem disponíveis, os participantes vão poder acessar o site oficial do programa, informar login e senha e, só então, ver se conseguiram vaga em um dos três cursos escolhidos durante a seleção. No primeiro semestre, o resultado sai no dia 26 de fevereiro.

Não há uma lista com a relação dos nomes de todos os aprovados. Os resultados só podem ser consultados individualmente.

O candidato que conseguir passar nessa etapa do FIES ainda terá três outras pela frente, que consistem em:

  1. Fazer o cadastro no sistema financeiro do FIES, o SisFIES.
  2. Levar os documentos para validação da faculdade onde conseguiu financiamento.
  3. Abrir o financiamento junto à agência bancária escolhida.

É preciso estar atento, já que qualquer pisada de bola – um prazo perdido, um documento que falta – pode render uma desclassificação.

Caso o candidato não seja aprovado nessa primeira etapa, poderá tentar vaga ainda por meio da lista de espera, disponível apenas para a modalidade FIES (quem optar pelo contrato p-FIES não entra na lista).

No primeiro semestre, a convocação dos candidatos que ficaram em lista de espera começa em 28 de fevereiro e pode se estender até o dia 31 de março.

A lista oferece aos não aprovados mais uma oportunidade de conseguir o financiamento. Ela aproveita as vagas que sobram da seleção regular.

A oportunidade abre alguns dias após a divulgação dos resultados do FIES e é exclusiva de quem participou da seleção regular.

Os resultados podem sair em qualquer momento ao longo de mais de 40 dias. Portanto, é preciso um pouco de paciência e acompanhar tudo de perto.

As chamadas são feitas diretamente com a faculdade envolvida, não pelo sistema do FIES. É fundamental estar sempre em contato com a instituição escolhida.

Caso seja aprovado, o candidato chamado pela lista de espera tem de cumprir todas as etapas de inscrição do processo regular.

Todos esses processos vão se repetir na edição do segundo semestre do FIES 2020.

Alternativas para quem não passar no FIES 2020

Se não rolar de conseguir vaga na edição do início do ano do FIES 2020, saiba que dá para entrar na faculdade ainda no primeiro semestre.

Com o ingresso direto, é possível entrar em faculdades privadas por todo o país sem fazer vestibular, usando apenas a nota do Enem.

Dá para usar a pontuação de qualquer edição a partir de 2010, na maioria dos casos.

Esse sistema está disponível em faculdades por todo o país e permite ingresso em cursos presenciais e a distância em todas as áreas do conhecimento.

Depois disso, só no próximo semestre.

No meio do ano teremos a segunda edição dos principais programas de acesso ao ensino superior do governo federal.

Quem fez o Enem mais recente pode participar do Sisu e do ProUni 2020.

O Sisu distribui vagas em universidades públicas; o ProUni, bolsas de estudos em faculdades particulares.

Também haverá um novo FIES.

Ou seja: não vai faltar oportunidade para garantir sua vaga em 2020!

Faculdades que participam do FIES 2020 (e de outros processos seletivos)

O FIES está presente em centenas e centenas de faculdades por todo o Brasil.

Por exigência do MEC, as instituições participantes devem ser bem avaliadas e oferecer cursos de qualidade.

Isso garante que seu investimento renderá bons frutos no mercado de trabalho, com um diploma bem aceito pela maioria das empresas.

Abaixo, a gente separou algumas faculdades que participam dos principais programas de acesso ao ensino superior: FIES, ProUni e ingresso direto, além de terem iniciativas próprias de bolsas e financiamentos sem burocracia.

Anote aí:

Veja também:

Descubra quais são as datas mais importantes do Fies 2020

Entendeu como funciona a lista de aprovados do FIES 2020? Conte para a gente aqui nos comentários!