O Programa Universidade para Todos (ProUni) tem como o seu principal objetivo oferecer bolsas de estudos parciais e integrais para estudantes que não podem arcar com as mensalidades de uma faculdade.

Esse programa abre inscrições duas vezes ao ano e em 2020 não será diferente: o ProUni deverá abrir suas inscrições no mês de janeiro (primeiro semestre) e em julho (segundo semestre).

Se você vai tentar uma bolsa de estudos e quer saber como funciona a lista de espera do ProUni 2020, vem com a gente que te mostraremos tudo agora! 

Como funciona a lista de espera do ProUni 2020 

A lista de espera do ProUni 2020 vai abrir as inscrições logo após o resultado regular do programa.

O ProUni tem duas listas de aprovados (primeira e segunda chamadas) e aqueles candidatos que não foram contemplados com a sua primeira opção de curso poderão manifestar o interesse e participar da lista de espera.

Também podem participar os candidatos que foram selecionados para a segunda opção de curso, mas não teve turma formada para aquela graduação. 

A lista de espera não tem um dia exato para liberar o resultado, pois as vagas vão ser preenchidas de acordo com a disponibilidade de cada instituição. No primeiro semestre as faculdades devem iniciar as convocações no mês de março e segundo a partir de agosto.

No primeiro semestre de 2020, o prazo para participar da lista de espera do ProUni vai de 6 a 9 de março. O resultado sai a partir de 13 de março.

Quem pode participar do ProUni 2020 

O primeiro e mais importante critério para participar do ProUni 2020 é ter realizado a última edição do Enem. O candidato deverá ter obtido nota igual ou superior a 450 pontos nas provas do exame e não ter zerado a redação.

O estudante também deverá cumprir um dos requisitos abaixo:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública. 
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede privada, na condição de bolsista integral. 
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, na condição de bolsista integral. 
  • Ser pessoa com deficiência. 
  • Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrar o quadro de pessoal permanente da instituição pública. Nesse caso, as bolsas são oferecidas exclusivamente para os cursos de licenciatura e não há qualquer requisito de renda.

O ProUni também exige que o candidato comprove renda, de acordo com o tipo de bolsa escolhida. Confira:

  • Bolsas integrais (100%): renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa. 
  • Bolsas parciais (50%): renda familiar de até três salários mínimos por pessoa.

O que fazer se não conseguir passar no ProUni 2020 

Muitos estudantes não conseguem participar ou serem beneficiados com uma bolsa pelo ProUni, pois, apesar de ser um processo seletivo com muitos requisitos, ele costuma ser bem concorrido, o que acaba por dificultar a vida de muitos candidatos que não tiveram notas altas no Enem. 

Mas pode ficar tranquilo! Existe uma forma mais simples e rápida de conseguir entrar em uma faculdade particular sem precisar comprovar renda ou participar de um processo seletivo rigoroso, que é o ingresso direto pelo Enem.

Com o ingresso direto, você não vai precisar realizar vestibular e nem é necessário ter feito o último Enem, apenas alguma das edições, desde 2010.

Também não precisa ter obtido nota mínima, pois as instituições só exigem que o estudante não tenha zerado nenhuma das provas e nem a redação.

As inscrições para o ingresso direto estão abertas durante todo o ano, pois as instituições que possuem essa forma de ingresso sempre formam turmas para cursos em diversas áreas.

Veja uma lista com algumas instituições que oferecem essa forma de acesso e ainda possuem bolsas, descontos e financiamentos próprios para os estudantes que optarem pelo ingresso direto:

Veja mais:

Descubra quais são os cursos menos concorridos no Sisu 

Descubra quais são os cursos menos concorridos no vestibular  

Já escolheu o seu curso? Conte para a gente aqui nos comentários!