Ingressar em uma universidade pública não é uma tarefa fácil: o processo é bastante concorrido e tem mais chances quem consegue as maiores notas.

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi criado há dez anos pelo governo federal para facilitar o acesso dos alunos brasileiros a um ensino superior de qualidade. Desde então, milhares de pessoas já conseguiram realizar o sonho de obter o diploma de graduação!

Estudantes que se inscrevem no Sisu têm, no mínimo, duas chances de serem aprovados: na primeira chamada e na lista de espera.

Hoje você vai descobrir como funciona a lista de espera do Sisu 2020 e saber como a sua nota do Enem pode garantir uma vaga na faculdade. Confira!

Calendário do Sisu 2020

As inscrições para o Sisu acontecem duas vezes ao ano, no primeiro e no segundo semestres. Veja as datas do primeiro semestre:

  • Inscrições: 21/01 a 24/01
  • Resultado da chamada regular: 28/01
  • Inscrições na lista de espera: 29/01 a 04/02
  • Convocação dos candidatos que passaram em lista de espera: 07/02 a 40/04

Quando será divulgada a lista de espera do Sisu 2020?

No primeiro semestre, a lista de espera do Sisu 2020 deve ser divulgada a partir do dia 7 de fevereiro e pode se estender até o dia 30 de abril. Já no segundo semestre, o resultado deve ser publicado no início de julho.

No entanto, é importante ficar atento: somente a primeira convocação dos classificados é divulgada no site do Sisu. 

Como muitos candidatos podem desistir da vaga ou apresentar documentação insuficiente, outras vagas poderão ser abertas diariamente. Para consultá-las, o candidato deverá consultar com frequência o site da universidade escolhida, pois é lá que serão divulgados os aprovados após a primeira convocação.

Como funciona a lista de espera do Sisu 2020?

A lista de espera do Sisu é mais uma oportunidade para o candidato não classificado na primeira e na segunda chamada conseguir uma vaga no ensino superior.

Para participar da lista de espera, o aluno deverá se inscrever no site do Sisu no dia indicado: isso porque o sistema não é automático e pessoas que não demonstrarem interesse em participar da lista ficarão de fora.

Quando as inscrições para a lista de espera são encerradas, a relação dos participantes é enviada para as universidades parceiras. São elas quem convocarão os candidatos selecionados: por isso, várias chamadas podem ser realizadas até que todas as vagas sejam preenchidas. 

Por isso, mantenha-se atento às datas e à documentação exigida para não correr o risco de perder a sua vaga.

Como acessar a lista de espera do Sisu 2020?

Na primeira convocação, você deve acessar o site do Sisu 2020 e informar o seu CPF e senha cadastrada.

Caso não tenha sido classificado, então deverá consultar regularmente o site da universidade onde você se inscreveu, até que todo o processo seja encerrado.

E quem não conseguir uma vaga remanescente do Sisu 2020?

Sabemos que conseguir uma vaga no Sisu pode ser uma tarefa complicada, mesmo na lista de espera. Como se trata de um processo seletivo concorrido, as notas de corte são altas e nem sempre há garantias de ser classificado.

No entanto, não há motivo para desânimo! Há outras alternativas para ingressar em uma faculdade com a sua nota do Enem. Veja as principais:

ProUni

O Programa Universidade Para Todos (ProUni) também é uma iniciativa do governo federal. Por meio dele, pode-se conseguir uma bolsa de estudo parcial (de 50%) ou integral em uma faculdade particular bem avaliada pelo MEC.

O programa abre inscrições logo após o encerramento do Sisu 2020 e, para participar, você deve apresentar desempenho mínimo de 450 pontos no Enem, tirar nota acima de zero na redação e atender aos critérios de renda e escolaridade exigidos pelo programa.

Ingresso direto

Esta é a opção ideal para quem quer entrar na faculdade logo, sem enfrentar burocracia. O ingresso direto é um sistema empregado por faculdades particulares em que o aluno pode se matricular em uma graduação sem precisar prestar vestibular!

Para isso, você deve entrar no site da instituição desejada e conferir se ela aceita a nota do Enem como forma de ingresso. Caso positivo, basta informar a sua pontuação e o sistema mostrará se você conseguiu a vaga ou não.

Quem tiver a nota mínima exigida pode fazer imediatamente a matrícula em um curso de graduação presencial ou a distância, sem precisar prestar vestibular! Mas atenção: o ingresso direto não é válido para o curso de Medicina.

Onde estudar com a nota do Enem?

Selecionamos algumas faculdades particulares reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que costumam participar do ProUni e também aceitam a nota do Enem para ingresso direto, sem vestibular. Conheça:

As faculdades listadas acima ainda oferecem outras vantagens para facilitar os seus estudos, como descontos na mensalidade, convênios, bolsas de estudo e financiamentos sem burocracia!

Veja também:

Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

Entenda como funciona a nota de corte do Sisu

Vai tentar uma vaga na graduação nem que seja pela lista de espera do Sisu 2020? Conte para a gente nos comentários que curso você pretende fazer!