Saiba quais matérias do ENEM você tem que estudar para ir bem

Enem — Escrito por

Não se iluda: ainda não inventaram uma fórmula mágica para passar no Enem. A lista de conteúdos pedida no Exame é extensa e para se dar bem é preciso estudar tudo com dedicação e planejamento.

Só que ao longo dos anos a gente tem percebido que algumas matérias sempre caem no Enem. Regra de três, por exemplo, aparece quase sempre na prova de Matemática. Interpretação de texto, então, nem se fala – está em todas! E não acaba aí: Evolução, Leis de Newton, Estequiometria… a lista dos favoritos é grande.

Claro que todo ano é uma surpresa, e não há garantias de que uma questão que sempre apareceu nas provas irá cair novamente. Mas vale conhecer as matérias mais queridas pelo Exame e dar uma atenção especial a elas.

Então, se você já começou ou vai começar a sua rotina de preparação para o Enem, anote as dicas preciosas que apresentaremos a seguir. Elas podem servir como um guia inicial para os seus estudos!

 

Matérias que você deve estudar para ir bem no Enem

Na prática, você precisa estudar tudo o que o Enem pede. As matérias da lista englobam os três anos de ensino médio.

Existem, no entanto, aqueles conteúdos que aparecem com maior frequência – e é a eles que você deve empenhar uma dedicação extra.

Anote as matérias do Enem que você tem que estudar para ir bem nas quatro provas:

 

Ciências Humanas e suas Tecnologias

A prova de Ciências Humanas aborda assuntos de História, Geografia, Sociologia e Filosofia. Os conteúdos mais frequentes são:

  • Agricultura e Agronegócio
  • Análise de mapas
  • Movimentos sociais
  • Direitos Humanos
  • Conquistas trabalhistas
  • Ditadura no Brasil
  • História do Brasil, com ênfase para Era Vargas, ditadura militar, escravidão, Revolução Industrial, Revolução Russa, República oligárquica, República liberal e pós-guerra
  • Desenvolvimento social
  • Mulheres, negros e homossexuais na sociedade brasileira
  • Conceitos fundamentais de Filosofia e Sociologia
  • Indústria brasileira
  • Questão da água
  • Energia
  • Urbanização e violência
  • Impactos ambientais da poluição
  • Conflitos por terra
  • Crescimento populacional
  • Transportes

 

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Ciências da Natureza traz conteúdos de Biologia, Química e Física. Aqui vamos separar por disciplina para ficar mais fácil de identificar as matérias:

 

Biologia

  • Ecologia
  • Evolução
  • Biomas
  • Genética e biotecnologia
  • Teia e cadeia alimentar
  • Fluxo de energia
  • Ciclos biogeoquímicos
  • Fisiologia humana

 

Química

  • Cálculo de pH
  • Estequiometria
  • Termoquímica
  • Funções orgânicas
  • Nomenclatura
  • Compostos orgânicos
  • Neutralidade
  • Oxidação
  • Equilíbrios químicos
  • Combustíveis
  • Isomeria
  • Radiação
  • Hidrocarbonetos
  • Soluções químicas
  • Funções orgânicas
  • Reações orgânicas
  • Química e meio ambiente

 

 

Física

  • Mecânica
  • Energia
  • Eletricidade
  • Termofísica
  • Óptica
  • Leis de Newton
  • Correntes e potência elétrica
  • Fenômenos ondulatórios

 

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

A prova de Linguagens traz conteúdos de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação. Veja o que mais cai:

  • Interpretação de texto (fique atento a este tópico)
  • Norma culta e popular
  • Intertextualidade
  • Figuras de linguagem
  • Funções da linguagem
  • Síntese e resumo
  • Ambiguidade
  • Denotação e conotação
  • Gêneros textuais
  • Literatura
  • Vanguardas europeias
  • Modernismo e outros movimentos artísticos

 

Matemática e suas Tecnologias

Esta prova traz somente conteúdos de Matemática. São 45 questões e as matérias que mais caem no Enem são:

  • Regra de três
  • Probabilidade
  • Grandezas proporcionais
  • Estatística – média aritmética, moda e mediana
  • Funções de 1° e 2° graus
  • Equações de 1º e 2º graus
  • Metro cúbico
  • Porcentagem
  • Trigonometria (triângulo retângulo e semelhança de triângulos)
  • Seno, cosseno e tangente
  • Área, volume e perímetros
  • Análise combinatória
  • Progressão aritmética e geométrica

 

O que você precisa ficar de olho na hora dos estudos

As provas do Enem têm um certo perfil e muitos estudantes – especialmente aqueles que vão fazer a prova pela primeira vez – não estão totalmente familiarizados com o modelo.

Primeiro, tem muito conteúdo transdisciplinar, ou seja, que atravessa os limites das disciplinas. Não é raro encontrar, por exemplo, questões que abordam biodiversidade na prova de Linguagens.

Por isso é importante chegar ao Exame com esse olhar global de todas as áreas.

Outro ponto fundamental para ir bem no Enem é treinar interpretação de texto. As provas, todas elas, estão recheadas desse elemento e dominá-lo é fundamental para conseguir acertar o maior número de questões.

Outro detalhe importantíssimo é a interpretação de gráficos e tabelas. Muitas das questões utilizam esses recursos, especialmente nas provas de Matemática e de Ciências da Natureza.

Para se dar bem em meio a tudo isso, não tem segredo: é preciso ler muito, analisar e compreender o que está sendo pedido. As questões das provas são longas e vão exigir rapidez de raciocínio (lembre-se de que o tempo para fazer todas as provas é super curto).

Veja a seguir outras dicas de como melhorar seus estudos.

 

 

Dicas de como melhorar nos estudos para o Enem

Rever tanta matéria em tão pouco tempo requer uma boa dose de planejamento. Veja algumas dicas que preparamos para você melhorar sua rotina de estudos.

  • Primeiramente, saiba que você terá que estudar todo o conteúdo pedido no edital se quiser realmente se dar bem no Enem. A dica é redobrar a atenção nos tópicos que listamos acima.
  • Pratique com as provas das edições anteriores do Enem – especialmente a partir de 2010. Com isso você ganha familiaridade com o formato e o grau de dificuldade do Exame.
  • Não se esqueça de cronometrar o tempo que você leva para resolver todas as questões. Isso é importante para ganhar velocidade e chegar à maratona das provas bem afiado.
  • Mantenha-se sempre atualizado sobre grandes acontecimentos e questões que afetam o Brasil e o mundo – além de aparecerem com frequência nas questões objetivas, algum deles pode vir a ser tema da redação. Leia bastante, escreva, busque pontos de vistas diferentes.
  • Não perca tempo decorando fórmulas. O Enem quer analisar o seu grau de conhecimento geral a respeito das disciplinas. Concentre-se em aprender de verdade.
  • Alimente-se corretamente, faça exercícios físicos e não sobrecarregue seu cérebro com excesso de estudos. Um pouco de descanso e lazer faz bem!

 

Veja também:

Como usar a nota do Enem pra entrar na faculdade

 

Como está seu ritmo de estudos para o Enem? Compartilhe com a gente nos comentários!

Comente