Foi publicado no Diário Oficial da União a necessidade que se comprove limite de renda para aqueles que desejam ser beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para as pessoas que buscam 100% de financiamento, o valor da renda estabelecida é equivalente ao rendimento familiar bruto mensal de no máximo dez salários mínimos. Veja em outros casos:

  • Financiamento de 75% da mensalidade do curso: renda familiar máxima de 15 salários mínimos.
  • Financiamento de 50% da mensalidade do curso: renda familiar máximo de 20 salários mínimos.

Pessoas que possuam uma renda salarial familiar mensal maior que 20 salários mínimos não irão conseguir o financiamento.

O Fies é um programa do Governo Federal que financia as mensalidades de estudantes que não tem condições de pagar o valor total em Instituições particulares do ensino superior. Este financiamento pode ser solicitado em qualquer período do curso superior e o aluno só inicia o pagamento da dívida após a conclusão de seu curso.

A solicitação do financiamento deve ser feita pelo site do Fies. Os agentes financeiros são a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil. As inscrições foram abertas no dia 31 de Janeiro de 2012 e até a data desta notícia, aproximadamente, 43 mil contratos foram assinados e 25 mil estão em andamento. As vantagens do Fies estão relacionadas aos juros de 3,4% ao ano, maior prazo para o pagamento da divida e a criação do Fundo de Operações de Crédito Educativo.