MEC é contra a realização do ENEM duas vezes ao ano

Notícias — Escrito por

De acordo com o Ministério da Educação (MEC) a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) duas vezes ao ano estaria fora de cogitação, pois a sua realização tem alto custo para o Brasil. O ministro da educação, Aloízio Mercadante, acredita que a realização uma vez ao ano é o suficiente para atender a todos os estudantes concluintes do Ensino Médio, bem como a população que está em busca de uma vaga nas universidades públicas e privadas do país.

O ex-ministro Fernando Haddad já afirma o contrário, ele acredita que deve sim fazer duas ou mais edições do ENEM por ano, pois dessa forma iria diluir a tensão dos estudantes e diminuiria as falhas das organizações, visto que o número de inscritos seria menor.

Mais chances de fazer o ENEM

A ideia de realizar o exame por mais vezes ao ano estava nos planos do MEC desde a criação do novo ENEM no ano de 2009, ainda no governo Lula. Inclusive uma portaria foi divulgada, porém logo depois revogada pelo governo.

Custos do ENEM 2012

O custo estimado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em 2012 foi em torno de 271 milhões de reais, já descontando a receita da taxa de inscrição que foi no valor de R$35,00 (trinta e cinco reais). Taxa que é paga por menos de um terço dos número total de inscritos.

A edição de 2013 ainda não possui data marcada e nem valores, acredita-se que será em data próxima ao do ano passado que é no segundo semestre do ano.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]

Tags: , ,

Comente