Nota de corte do Sisu

Sisu — Escrito por

A grande inquietação dos alunos em relação ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é no que diz respeito à nota de corte, que representa a menor pontuação no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) que o aluno tem que alcançar para ficar entre os potencialmente selecionados para o curso por ele escolhido. Para conseguir um pouco de sossego, é preciso ter em mente como é feita a estimativa desta importante referência para o estudante que deseja uma das vagas proporcionadas pelo Sisu.

Como funciona o cálculo da nota de corte do Sisu

O que deve se saber desde já é que as notas de corte variam de acordo com os cursos e a disponibilidade de vagas para cada um deles nas Instituições de Ensino Superior que aderiram a participação. Como cada candidato seleciona, no ato da inscrição no programa, até duas opções de cursos entre aqueles ofertados pelas instituições participantes do Sisu, as notas de corte também variam de acordo com essa procura pelos alunos.

A nota de corte é uma relação entre a nota obtida no Enem, o número total de inscritos e o de vagas disponíveis no curso escolhido. Mas vale lembrar que, além destas vagas de maior afluxo (triagem pelas notas do Enem), o candidato também pode concorrer às vagas que atendem aos cotistas ou ainda às vagas destinadas às demais políticas afirmativas de cada uma das instituições participantes.

Para os candidatos de ampla concorrência, quase tudo depende da nota obtida no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Isso porque algumas instituições poderão acrescentar regras de pontuação específicas. Porém, na maior parte dos casos, se a pontuação obtida no Enem for maior do que a nota de corte indicada no portal do Sisu, o aluno estará apto a pleitear uma vaga no curso escolhido.

Por que a nota de corte se modifica?

A nota de corte se modifica com o tempo por causa das oscilações de procura de alunos por determinado curso oferecido. Como isso, os indicadores são atualizados e as notas de corte do Sisu, que têm relação direta com a procura pelo curso e a quantidade de vagas disponíveis, também se alteram.

A mudança é quase que diária, pois ela passa a aumentar à medida que mais alunos se inscrevem para as vagas oferecidas em certa graduação. Ao acessar o portal do Sisu, o aluno consegue se deparar com as várias parciais de notas de corte divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC). Para avaliar o nível da nota de corte de um dado curso, o aluno deve acessar o portal com sua senha e, em seguida, apontar a cidade e o curso que deseja consultar. Prontamente, a nota de corte pode ser visualizada.

Essa dinâmica serve como um conveniente indicador para que o estudante monitore suas possibilidades de garantir a vaga em determinado curso, oferecido por institutos ou universidades federais e estaduais parceiros do Sisu. Por isso, os candidatos podem alterar sua inscrição (e, principalmente, suas indicações de cursos escolhidos) até o prazo previamente determinado pelo programa.

Notas de corte de alguns cursos em 2013

Em janeiro de 2014, o MEC passou a divulgar as primeiras parciais das notas de corte dos cursos disponíveis. Neste ano, foram quase um milhão de candidatos inscritos, disputando 171.756 vagas disponíveis em centenas de instituições.

Por isso, é importante ter uma ideia de como as notas de corte ficaram posicionadas para cada curso e instituição. As referências a seguir são da última parcial do dia 10 de janeiro, último dia de prazo para inscrição. São também apenas exemplificativas e casuais, para que o aluno que pretende se organizar para o próximo Enem fique mais atento.

No Rio de Janeiro, por exemplo, a nota de corte para o Bacharelado em Engenharia Civil no CEFET (Unidade Maracanã) foi 751,62. Para Psicologia na UFF, a nota de corte foi 685,02. O Bacharelado em Direito, nesta mesma instituição, no período noturno, teve nota de corte de 742,08. Medicina, no Campus de Macaé da UFRJ, teve nota de corte de 801,69.

Já em São Paulo, o Bacharelado em Enfermagem da UFSCar apresentou nota de corte de 712,21. Ciências Econômicas na UNIFESP de Osasco teve nota de corte de 737,88. Fisioterapia, na Unidade de Santos da mesma instituição,  de 694,36.

Agora que você já sabe como funciona nota de corte do Sisu e tem uma ideia sobre a pontuação necessária para cursos mais concorridos, pondere as universidades de seu interesse e as opções que canditará. Não se esqueça de se preparar bem para o Enem, afinal, é a sua nota no Exame que contará para garantir a sua vaga!

Tags: , , , , ,

Comente