Descubra qual é a nota de corte do Sisu para Odontologia

Sisu — Escrito por

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) distribui vagas em universidades públicas de todo o Brasil, usando como critério de classificação as notas do Enem. Duas vezes por ano, quando abrem as inscrições, fica todo mundo de olho na nota de corte – a menor nota possível para passar no processo seletivo.

A gente sabe que o número de vagas disponíveis e a quantidade de concorrentes influenciam bastante na nota de corte. E como era de se esperar, para passar em Odontologia pelo Sisu é preciso ter um ótimo desempenho no Enem.

Descubra agora mesmo como funcionam as notas de corte no Sisu e quantos pontos você precisa ter no Enem para passar em Odontologia em uma universidade pública por esse sistema.

Como funcionam as notas de corte do Sisu?

Podemos dizer que a nota de corte é a nota obtida pelo último colocado aprovado para determinada vaga. Dessa nota para baixo, o Sisu faz um “corte” e ninguém mais entra.

Não existe uma nota de corte única para cada curso. Como a disputa no Sisu ocorre somente entre os candidatos que escolheram as mesmas opções de curso, universidade, campus, turno e modalidade de concorrência, as notas de corte também variam de acordo com esses fatores – inclusive na mesma edição do processo seletivo.

Por exemplo, se determinada faculdade abre 50 vagas para Odontologia para turno integral em uma de suas unidades na modalidade de livre concorrência e o candidato classificado em 50º lugar fez 650 pontos no Enem, isso significa que os concorrentes que fizeram 649 já não passariam. 650 seria a nota de corte – a nota do último que conseguiu passar.

Assim, dá para entender melhor todas as variáveis que vão influenciar a nota de corte.

Pensa só: se a universidade abrisse outras 10 vagas para a mesma unidade, turno, etc., a nota de corte poderia cair, não é mesmo? O concorrente que fez 649 pontos talvez conseguisse passar!

 

Por que as notas de corte do Sisu para Odontologia variam tanto?

Agora que você já está entendendo como funciona, vamos ver alguns itens que fazem as notas de corte flutuar tanto:

  • Relação candidato/vaga
  • Desempenho dos candidatos
  • Tradição da universidade

No Sisu, as universidades ficam livres para adotar pesos diferentes para as provas do Enem. Para a graduação em Odontologia, algumas delas podem dar peso maior às notas da prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, que inclui Biologia e Química, disciplinas fundamentais para o futuro dentista.

 

Dá para saber a nota de corte antes de fazer a inscrição?

Não dá para saber exatamente a nota de corte final para cada curso antes de o processo acabar, mas é possível ir monitorando a evolução das notas no período em que as inscrições para o Sisu estão ativas.

Isso permite que você mude a opção de curso dependendo dos dados que vai conferindo no site.

Por exemplo: se perceber que seu desempenho está muito abaixo das notas de corte para o curso de Odontologia em que você se inscreveu, pode alterar a sua inscrição para outra faculdade que esteja apresentando notas de corte mais baixas.

Essa é uma facilidade que o sistema oferece e você tem que aproveitar. Portanto, já sabe: na época das inscrições, fique ligado nas notas de corte para aumentar as suas chances de estudar Odontologia em uma universidade pública.

 

Notas de corte do Sisu para Odontologia

Vamos dividir a apresentação por faixas de notas, indo das menores às maiores. Os dados são de edições recentes do Sisu.

Notas de corte abaixo dos 730 pontos

  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul – período noturno (714)
  • Universidade de Pernambuco – Campus Arcoverde (716)
  • Universidade Estadual do Piauí (718)
  • Universidade de Pernambuco – Campus Camaragibe (722)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (722)
  • Universidade Estadual do Norte do Paraná (723)
  • Universidade Estadual da Paraíba – Campus Araruna (724)
  • Universidade Federal de Campina Grande (724)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul – período integral (724)
  • Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (725)
  • Universidade Federal de Alagoas (728)
  • Universidade Federal de Pelotas (729)

 

Notas de corte entre 730 e 740 pontos

  • Universidade Federal de Goiás (730)
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (731)
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (732)
  • Universidade Estadual da Paraíba – Campus Campina Grande (733)
  • Universidade Federal de Sergipe – Campus Lagarto (734)
  • Universidade Federal da Bahia (735)
  • Universidade Estadual de Montes Claros (736)
  • Universidade Federal da Paraíba (736)
  • Universidade Federal de Alfenas (736)
  • Universidade Federal de Santa Maria (736)
  • Universidade Federal Fluminense – Campus Nova Friburgo (737)
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná (738)
  • Universidade Federal de Uberlândia (738)
  • Universidade Federal do Piauí (740)

 

Notas de corte entre 741 e 760 pontos

Aqui, podemos perceber que quando uma mesma instituição oferece dois cursos de Odontologia pelo Sisu, as notas de corte costumam ser mais altas para o período integral do que para o noturno. E parece haver uma tendência de notas de corte maiores nas capitais e menores no interior.

  • Universidade Federal de Juiz de Fora – Campus Governador Valadares (741)
  • Universidade Federal de Pernambuco – período noturno (742)
  • Universidade Federal do Ceará – Campus Sobral (742)
  • Universidade Federal de Juiz de Fora – Campus Juiz de Fora (743)
  • Universidade Federal de Pernambuco – período integral (748)
  • Universidade Federal do Espírito Santo (748)
  • Universidade Federal de Sergipe – Campus Aracaju (749)
  • Universidade Federal do Ceará – Campus Fortaleza (750)
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (751)
  • Universidade Federal de Minas Gerais (751)
  • Universidade Federal do Maranhão (752)
  • Universidade Federal do Paraná (752)
  • Universidade Federal do Amazonas (757)

 

Notas de corte acima de 760 pontos

  • Universidade Federal de Santa Catarina (764)
  • Universidade de Brasília (769)
  • Universidade de São Paulo – Campus São Paulo, período noturno (770)
  • Universidade Federal Fluminense – Campus Niterói (777)
  • Universidade de São Paulo – Campus São Paulo, período integral (783)
  • Universidade de São Paulo – Campus Ribeirão Preto, período integral (790)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (796)
  • Universidade Federal do Pará – período matutino (818)
  • Universidade Federal do Pará – período vespertino (836)

Faculdades particulares de Odontologia que aceitam as notas do Enem

Caso suas notas do Enem não sejam suficientes para entrar pelo Sisu em Odontologia, não desanime. Algumas faculdades particulares dão boas oportunidades para alunos de baixa renda que não podem arcar com as mensalidades.

Além de programas privados de bolsas de estudo e financiamento, as instituições que vamos listar a seguir trabalham com as iniciativas governamentais ProUni e FIES. Vale a pena se informar melhor sobre elas e verificar suas chances de usar esses benefícios.

Todas as faculdades de Odontologia da lista são credenciadas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC).

 

Veja também:

Veja se você pode concorrer a uma vaga por cotas no Sisu 2018

 

Dá para encarar as notas de corte do Sisu para Odontologia? Conte para a gente aqui nos comentários!

Comente