Confira as notas de corte do ProUni 2018

Prouni — Escrito por

Para conseguir uma bolsa parcial ou integral pelo Programa Universidade para Todos, o ProUni, é preciso, antes de tudo, ter uma boa pontuação no Enem.

Na segunda edição do ProUni 2018, que acontece agora em junho, é muito provável que a concorrência venha com tudo.

Mas quem for esperto e souber dominar a lógica do sistema poderá conseguir sua bolsa sem grandes dores de cabeça.

Ficar por dentro das notas de corte dos principais cursos é o primeiro passo para o sucesso. Elas indicam quanto, em média, você precisa ter no Enem para conseguir o benefício.

Confira as notas de corte do ProUni 2018 e quais são as melhores faculdades para tentar vaga o quanto antes!

As notas de corte do ProUni 2018

Entender as notas de corte do ProUni é fundamental para se dar bem num processo seletivo tão concorrido.

Elas são a pontuação mínima que dá acesso a determinada vaga e mudam conforme a graduação escolhida, o turno, a instituição e a cidade onde a bolsa está disponível.

A gente separou abaixo exemplos de notas de corte registradas no ProUni para você ter ideia:

  • Mais de 700 pontos: Medicina
  • Entre 600 e 700 pontos: Direito, Odontologia, Biomedicina, Jornalismo, Engenharia Civil, Psicologia, Farmácia, Nutrição, Engenharia Elétrica, Fisioterapia, Arquitetura e Urbanismo, Pedagogia, Publicidade e Propaganda, Física, Enfermagem.
  • Entre 500 e 600 pontos: Comércio Exterior, Educação Física, Relações Internacionais, Logística, Gastronomia, Gestão Financeira, Turismo, Administração, Radiologia, Ciências Contábeis, Gestão de Recursos Humanos, Geografia, Ciências Biológicas, Gestão Financeira, Marketing.

Normalmente a pontuação exigida é maior entre os cursos mais procurados, como Medicina e Direito. É difícil conseguir bolsa com menos de 500 pontos, mas não impossível. As maiores chances de encontrar notas de corte mais baixas estão em cursos de licenciatura (como Geografia, Química, Biologia, História), superiores de tecnologia (Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Logística) e graduações a distância.

Durante a seleção é preciso dar uma olhada todos os dias no andamento das notas de corte. Os candidatos podem fazer isso por meio do site oficial ou pelo aplicativo que o MEC disponibiliza para celulares com sistema Android e iOS.

Faculdades que estarão presentes no Pro uni 2018

Para a segunda edição do ProUni 2018, o Ministério da Educação anunciou que irá distribuir bolsas em 1.460 instituições de ensino no por todo o Brasil.

São tantas faculdades e tantas vagas a disposição (mais de 174 mil), que muita gente acaba sem saber para qual lado seguir.

Para não correr o risco de dar aquele “branco” na hora da inscrição, a gente recomenda chegar com algumas faculdades em mente.

Na missão de ajudar você nesse processo, selecionamos algumas faculdades que são reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC e oferecem vagas no ProUni 2018 em cursos presenciais e a distância. Conheça:

As datas mais importantes do ProUni 2018

O sucesso no processo seletivo do ProUni depende muito do empenho do candidato e de sua atenção aos detalhes. Por isso é fundamental ficar de olho nas datas mais importantes:

  • Inscrições: 26 a 29 de junho
  • Divulgação dos aprovados em primeira chamada: 2 de julho
  • Prazo para os aprovados em primeira chamada levarem a documentação à faculdade: 2 a 10 de julho
  • Divulgação dos aprovados em segunda chamada: 16 de julho
  • Prazo para os aprovados em segunda chamada levarem a documentação à faculdade:16 a 23 de julho
  • Prazo para inscrição na lista de espera: 30 a 31 de julho
  • Prazo para os aprovados em lista de espera levarem a documentação à faculdade: 3 a 6 de agosto

A gente sabe que o Ministério da Educação é implacável com prazos, por isso qualquer deslize pode render uma desclassificação imediata.

Aí, para tentar uma nova bolsa, o candidato terá que esperar o próximo processo seletivo do ProUni, que acontece somente no início de 2019 (mas para isso ele terá de fazer o Enem 2018 e cumprir todos os requisitos de participação).

Quem pode participar do ProUni 2018

Para entrar na seleção principal do ProUni o candidato precisa, obrigatoriamente, ter feito o Enem mais recente (no caso, o de 2017) e obtido pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação.

Como o programa é destinado às pessoas que mais precisam, para participar é necessário ter renda familiar mensal bruta de até 1,5 salário mínimo por pessoa para concorrer a uma bolsa integral e de até três salários para entrar na disputa por uma bolsa parcial, que custeia metade do valor das mensalidades.

Os candidatos também precisam ter feito todo o ensino médio em escola pública ou ter estudado em escola particular como bolsista integral.

A exceção são os professores da rede pública de ensino e pessoas com deficiência, que podem concorrer sem necessariamente ter que cumprir todos esses requisitos.

Não pode participar do ProUni quem já tem diploma de nível superior.

Veja também:

Veja que nota precisa tirar no Enem 2018 para passar no Sisu

O que você achou das notas de corte do ProUni 2018? Dá para chegar tranquilo na seleção? Conte para gente!

Comente